Alternador do carro: o que é e como funciona o alternador

alternador do veículo -

Quer tirar suas dúvidas sobre alternador do carro? Então você está no lugar certo. Nesta matéria, você irá entender o que elas são e quais as vantagens e desvantagens e se vale a pena investir nelas.

A mecânica dos automóveis é um sistema bem complexo, mas muitos entendem apenas sobre o básico desse conjunto. Sabemos que para o funcionamento do veículo é necessário energia, afinal, muitos equipamentos elétricos precisam dela. Existem duas peças responsáveis por gerar a carga: a bateria e o alternador do veículo.

Cote, compare e economize no seguro

Receba grátis até 17 cotações e escolha o seguro que cabe no seu bolso.

Logo Reclame Aqui A Minuto é Bicampeã do Prêmio Reclame Aqui.


Abaixo vamos explicar tudo que você precisa saber sobre o alternador.

O que é o alternador do carro

Quem não sabe sobre a existência do alternador do veículo, e muito menos qual a sua função, chegou a hora de desmistificar o tema. Para aqueles que são leigos no assunto, a bateria vem com uma carga praticamente infinita, que dura muito tempo no uso do automóvel.

Mas, na realidade existe uma peça por trás do seu funcionamento: o alternador. Ele tem a função de gerar energia própria por meio da rotação do motor e recarregar a mesma.

A distribuição de carga é tecnicamente dividida em duas partes por essas peças. Quando o veículo está desligado, a bateria cuida de equipamentos sofisticados do carro, como: multimídia, vidro elétrico, sensores, lanternas, entre outros. Mas, como ela possui apenas 12 volts, isso não é suficiente para suportar sozinha o papel de sustentar a eletricidade dos equipamentos, além das diversas partes do motor do veículo quando está em funcionamento.

Assim, o alternador do veículo é a peça responsável pela mecânica funcionar. Ele sustenta a bateria para que seja possível que todas as peças trabalhem com a energia necessária, sem que haja o descarregamento da bateria.

Como funciona o alternador do veículo

O alternador do veículo repõe a energia que é consumida da bateria por diversas peças. A reposição é feita da seguinte maneira: no motor do veículo há uma correia que faz a conexão entre as duas peças, essa é a correia do alternador, que não deve ser confundida com a correia dentada, pois suas funções são totalmente diferentes. Ao dar partida no veículo, o motor entra em rotação movimentando a correia e gerando uma corrente alternada que depois é transformada em corrente contínua.

É nesse ponto que entra outra peça muito importante: o regulador de tensão. Com aceleração e redução de velocidade, o RPM (Rotação por minuto) do motor varia constantemente, gerando mais ou menos corrente alternada. E para que os equipamentos do automóvel não recebam uma carga maior do que a necessária, é preciso ter a peça para regular a quantidade de energia.

O que acontece quando o alternador para de funcionar?

Assim como centenas de outras peças dos carros, o alternador também pode ter defeito e quebrar ao longo do tempo.

O principal problema aqui é que seu mau funcionamento pode ser muitas vezes confundido com problemas na bateria, por isso é importante ficar atento aos sinais de defeito no alternador para evitar uma grande dor de cabeça.

Para identificar danos, confira abaixo os principais alguns sinais do funcionamento incorreto do alternador:

  • Carro não dá partida – esse problema pode ser identificado por alguns sinais como se seu carro não consegue dar partida, descarrega a bateria com frequência, os faróis estão variando a luminosidade ou está com a luz da bateria acesa.
  • Regulador de voltagem do alternador – essa peça é outra que pode apresentar problemas. Para saber se o regulador está com problema você precisa usar multímetro e, com o motor ligado, medir a carga do alternador na bateria. Se a medida chegar a 15 Volts ou mais, ele muito provavelmente estará com defeito.

Se você estiver com algum dos problemas acima é importante levar o carro para ser avaliado um mecânico de confiança.

O que causa defeito no alternador?

Existem diversas questões que podem causar problema no alternador, por isso é muito importante que você conheça os itens mais comuns que podem gerar dano a peça:

  • Sobrecarga por uso de equipamentos que geram alto consumo como som automotivo e acessórios;
  • Baterias com defeito;
  • Uso de equipamentos não originais;
  • Utilização de alternadores que não são específicos para o veículo;
  • Sobreaquecimento devido a refrigeração insuficiente;
  • Contaminação por resíduos externos;
  • Ajuste inadequado da correia.

Como explicado acima, são diversos problemas que podem afetar seu alternador, por isso é importante ficar atento. 

Como identificar sinais de que o alternador tem problemas

alternador do veículo - Sinalização de problema no alternador

A principal forma de identificar sinais de problema no alternador é apresentando atenção ao painel do carro. Nele existem diversas luzes que acendem quando há algum problema que possa prejudicar a mecânica do automóvel.

E uma das mais conhecidas e de fácil reconhecimento é a da bateria. Mas, pelo contrário do que muitos imaginam, essa luz quando acesa serve para indicar um problema no alternador do veículo, pois, provavelmente não está gerando energia.

Qual o preço de um alternador de carro? 

Esse preço pode variar bastante de acordo com o modelo do veículo e as especificações do fabricante.

Em uma busca em lojas confiáveis é possível ver que o preço do alternador varia entre R$ 299,00 para o Mobi até R$ 2.390,00 para o Citroen Jumpy.

Lembre-se de sempre comprar peças em lojas oficiais para evitar problemas no seu veículo. 

Agora você já sabe como funciona e qual a importância do alternador do veículo. Se houver mais alguma dúvida, deixa um comentário abaixo e avalie nosso conteúdo.

4 comentários sobre “Alternador do carro: o que é e como funciona o alternador

    1. Gilson, não existe um praxo determinado para a troca do rolamento, isso depende uso com o veículo. Apenas é preciso atentar-se aos ruídos vindos da peça.

    1. Jonathan, o Uno é um bom veículo e por anos foi um grande veículo da Fiat no mercado. Para a sua categoria, o veículo se encaixa nos gastos e benefícios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *