Home » Carro » Dicas

Bobina de ignição com defeito: como isso afeta o carro?

A mecânica do carro é bastante complexa e, por menor que seja a peça, a falha no funcionamento pode gerar grandes problemas. A bobina de ignição com defeito é um exemplo emblemático disso.

bobina de ignição

Imagem: www.canaldapeca.com.br

Os sintomas mais comuns perceptíveis são: carro gastando além do normal, com falhas ou ruídos agudos e com desempenho abaixo do esperado – esse último motivo também pode ser por conta do combustível adulterado.

Por ser uma peça bem delicada, qualquer trinca ou leve quebrado nas torres, especialmente nos pontos que fazem a conexão dos cabos, provocam a fuga de corrente e prejudicam a bobina de ignição.

Essa peça foi passando por alguns aperfeiçoamentos no decorrer dos anos. Uma das principais foi a de que nos modelos mais novos, a bobina perdeu o formato cilíndrico, que quase sempre foi na cor laranja.

Recentemente, a peça passou por algumas modificações e, atualmente, tem variados tamanhos e formatos. O que ela não pode apresentar são falhas e defeitos.

Entender quando a bobina de ignição está com defeito é importante, mas, mais do que isso, saber exatamente como proteger o carro é fundamental.

Para isso, nada melhor do que o seguro auto. Com ele, o veículo estará protegido contra diversos acontecimentos, como batidas, roubos, furtos e contará com diversas assistências, como guincho 24 horas, proteção aos vidros e muito mais.

Faça o seu seguro auto com a Minuto Seguros, a maior corretora de seguro auto do país. Para cotar o seguro preencha o formulário no site, clique no botão abaixo ou, se quiser, ligue agora mesmo gratuitamente para o número 0800 773 3000 e fale com um consultor. Ele irá montar um plano de seguro adequado às suas necessidades.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

O assunto das bobinas de ignição com defeito precisa ser entendido pelas pessoas, afinal, é uma peça delicada e, por menor que seja o defeito, os danos causados são grandes.

Entender o que é a bobina, qual a sua função, os principais sintomas etc é super importante e garante a segurança do carro e a tranquilidade do motorista.

O que é e qual a função da bobina de ignição?

bobina de ignição - O que é e qual a função da bobina de ignição?

A função da bobina de ignição é transformar a tensão da bateria na alta tensão necessária para formação da centelha. Ao criar essa tensão, ela é transferida para as velas de ignição, onde são produzidas as faíscas que realizam a combustão e, consequentemente, o funcionamento do motor.

Essa peça, mesmo que fundamental, pode gerar algumas dúvidas quanto ao funcionamento. Mas, como você pode ler acima, é um sistema bem simples.

De forma mais detalhada, o funcionamento ocorre da seguinte maneira: ela explode o combustível e a mistura do ar, empurrando o pistão para baixo e movimentando o carro.

Como você pode notar, a bobina de ignição com defeito pode ser mais grave do que o imaginado, afinal, é uma peça fundamental para o funcionamento do carro.

É importante lembrar que as velas de ignição trabalham em condições extremas, por isso fique atento para saber quando trocá-las.

Quando trocar a bobina de ignição?

bobina de ignição - Quando trocar a bobina de ignição?

A bobina de ignição não é uma peça que costuma dar problemas com facilidade. O item original pode durar mais de 200 mil quilômetros. Entretanto como qualquer outra peça do carro, ela também necessita de manutenções preventivas.

A vida útil da bobina de ignição pode ser reduzida devido às más condições de uso do veículo e da falta de revisões nas velas de ignição, cabos supressores e alternador.

Durante essas manutenções preventivas, é indicado que as velas sejam trocadas a cada 20 mil quilômetros. Além disso uma análise sobre os cabos de vela e dos bicos injetores é recomendada. Isso ajuda a prolongar o tempo de vida útil da peça, mesmo que ele seja grande.

Bobina de Ignição com defeito: principais sintomas

bobina de ignição - Bobina de Ignição com defeito: principais sintomas

Atenção, bobina de ignição com defeito não é algo simples e o problema precisa ser resolvido o quanto antes.

Praticamente todos os carros contam com uma bobina de ignição, peça responsável por distribuir a corrente para as quatro velas. No entanto, quando a corrente chega com irregularidade às velas, você deve se atentar, pois esse é um grande sinal de que a vela está com defeito.

Essa situação certamente levará a sérios problemas na combustão do carro. Alguns dos sintomas mais comuns podem ser facilmente identificados, a começar pelos tiros no escapamento, quando o veículo está contrabalançando.

Esse problema acontece quando o combustível que não é utilizado passa a ser emitido por meio do sistema de escape, e é facilmente identificado pela presença de fumaça preta saindo do escapamento e cheiro forte da gasolina.

Outro sintoma de defeitos na bobina de ignição são as falhas na partida do carro, principalmente quando o veículo está frio pela manhã. Esse defeito acontece entre o distribuidor e as velas de ignição. O motor começa a falhar por causa de uma ou mais velas que não recebem a quantidade necessária de carga. Diante disso, o carro não pega de primeira.

Motor engasgado? Outro sintoma de que as bobinas podem estar com problemas. Caso o veículo comece a engasgar regularmente no momento da partida ou em altas velocidades é um indicativo bem forte de que você precisa levar o carro para revisão. Além disso, ele também pode apresentar vibração quando está em ponto morto ou simplesmente parado no farol.

O que verificar além da bobina de ignição com defeito?

bobina de ignição - O que verificar além da bobina de ignição com defeito?

Caso você precise encostar o seu carro no mecânico para trocar as bobinas de ignição, lembre-se de verificar outros itens, como:

  • tensão alta do alternador;
  • potencial de massa ineficiente;
  • velas de ignição com desgastes;
  • cabos supressores;
  • conexões com zinabre;
  • módulo de ignição;
  • curto circuito nos enrolamentos da bobina;
  • trincas na peça.

Tudo isso é fundamental para que o veículo não volte a apresentar problemas em um curto espaço de tempo após a manutenção.

Quanto custa a troca da bobina de ignição?

bobina de ignição - Quanto custa a troca da bobina de ignição?

O preço para realizar a troca da bobina varia bastante dependendo do tipo de veículo e da marca da bobina utilizada. Já o custo da mão-de-obra tem pouca variação, pois, em média, não passa de R$40 a R$80. Já o preço médio da peça pode ser de, mais ou menos, R$160 para um Renault Logan 1.6, chegando a R$420, em média, para um Kia Picanto 1.0.

E então? Entendeu como funciona a bobina de ignição? Se você ainda tiver dúvidas, deixe nos comentários, vamos ficar felizes em ajudá-lo! E não se esqueça de proteger seu veículo para evitar dores de cabeça!

5 / 1 voto

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *