Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Seguro Aluguel: tudo o que você precisa saber

Guia sobre Seguro AluguelNo momento de alugar um imóvel, é preciso dar uma garantia ao proprietário que os pagamentos serão cumpridos, sem riscos de inadimplência. Para tanto, o processo exigia a presença de um fiador ou do deposito caução.

Com o tempo, outra modalidade surgiu e se tornou muito popular nos contratos de locação. O seguro aluguel (ou seguro fiança locatícia) é uma opção vantajosa, pois, além de cobrir a ausência do aluguel, oferece cobertura para outras obrigações como despesas de IPTU, condomínio, multas, encargos e até danos ao imóvel.

Desta forma, a escolha pelo seguro acaba sendo uma alternativa vantajosa para todos os envolvidos. Para você que ainda tem dúvidas sobre a modalidade, separamos algumas perguntas frequentes abaixo:

Por que escolher o seguro-fiança?

A escolha pelo seguro não é obrigatória, mas é preciso, sim, apresentar alguma garantia para alugar um imóvel. O seguro aluguel tem sido apontado pelas imobiliárias como a melhor alternativa para oferecer uma garantia ao proprietário. Alguns donos se mostram mais confortáveis com o seguro fiança, muito pelo seu retorno (de pagamento em caso de inadimplência) ser mais rápido e confiável.

Quais as vantagens para o inquilino?

– Fim do constrangimento de encontrar um fiador;
– Agilidade para aprovar o contrato de locação;
– Possibilidade de parcelamento do seguro em vários meses.

Quais as vantagens para o dono do imóvel?

– Garantia de recebimento dos encargos;
– Em caso de algum problema, o ressarcimento é mais rápido;
– Tranquilidade e segurança.

Quais as vantagens para a imobiliária?

– Redução de custos na operação;
– Evita a perda do negócio por conta da impossibilidade de encontrar um fiador;
– Agilidade, pois a análise é feita pelas seguradoras.

Existem coberturas adicionais?

As seguradoras oferecem coberturas adicionais para o proprietário, pensando justamente na proteção de seu imóvel e nas garantias do cumprimento do contrato de locação.

Danos ao imóvel, pintura completa, multa por rescisão, pagamento do IPTU e condomínio são algumas das coberturas que o dono do imóvel pode incluir na montagem do seguro-fiança.

Vale o alerta: muitas coberturas podem encarecer o seguro e dificultar o aluguel.

Qual o custo do seguro-fiança?

Como dissemos no item acima, existem algumas variáveis que podem influenciar no valor da apólice, mas, geralmente, o custo fica entre uma ou duas vezes o valor do aluguel. Tudo depende das coberturas e da avaliação de crédito de quem se interessa pela contratação do seguro.

Como é feita a avaliação e contratação?

O candidato precisa enviar documentos para a seguradora, que fará a análise de crédito e retornará com a resposta se é possível, ou não, fazer o seguro. Após a contratação, o processo de locação continua.

A importância do seguro

Fazer um seguro-fiança pode agilizar e facilitar muitas coisas, bem como proteger de situações desagradáveis. O mesmo vale para os demais seguros. Acesse e conheça o que a Minuto Seguros pode oferecer para você e faça uma cotação gratuita!

125 Respotas para “Seguro Aluguel: tudo o que você precisa saber”

  1. vera

    Boa noite

    gostaria de informações ,sobre o valor que deve ser pago a fiança de locação
    Por ex. um imovel de 1900,00 é cobrado os encargos ,condominio,IPTU, ou
    somenteo valor do imovel.
    E poderá ser dividido em quantas parcelas?

    Att.

    Responder
    • Minuto Seguros

      Vera, o cálculo do valor depende de outras variáveis alem do preço do aluguel (quais coberturas desejadas, por exemplo). Mas, em linhas gerais, como estimativa, o valor anual do seguro fica por volta de uma e meia a duas vezes o preço do aluguel.

      Responder
    • Rúbia Mara Silva

      É possível contratar seguro fiança para um locatário que está com seu CPF negativado?

      Responder
      • Minuto Seguros

        Se a pessoa está com CPF negativado é muito provável que não consiga ter o seguro aprovado. Esta análise é realizada pela Seguradora e não pela Corretora de Seguros (nós somos uma corretora).

        Responder
    • Marcia Marques

      Olá. Gostaria de saber se alguem pode me ajudar. Fui trazida por um empresario de santa catarina para porto alegre para gerenciar uma loja de moveis planejados aki. e como estava desempregada essa pessoa alugou um apartamento pra eu morar ate que a loja fosse aberta. Ele tinha plena consciência que eu não poderia pagar mesmo assim assumiu o compromisso que pagaria ate que a loja desse lucro e eu seguisse pagando. Foram contratados funcionários e começou a negociação para o aluguel então, da loja. Passando-se um dois meses na função de encaminhar documentos, ele voltou pra Santa Catrina pra providenciar o restante de documentação que faltava, e simplesmente sumiu, nos deixou aqui no aguardo e resolveu que não ia mais voltar. Agora esta exigindo que eu desocupe o apartamento na qual o contrato e de 24 meses, no caso venceria em outubro de 2018 e me deu uma semana pra sair, só que ele me deu um documento atestando que quem mora nesse endereço sou eu. Esse mes o aluguel não foi pago, estou com medo que me despejem pois partindo do principio que sta no nome dele, ele pode fazer o que quiser, só não sei o que vai alegar na imobiliária o fato de uma terceira pessoa esta ocupando o apartamento. Ele não mora aqui, mora em santa catarina. Não sei o que fazer…inclusive esta até ameaçando em por minhas coisas na rua. o que faço? Alguem me de uma luz. Ele deixou o aluguel vencer pra me informar que não me quer mais no imóvel.e quanto isso o juros estão correndo.

      Responder
      • Minuto Seguros

        Oi, Marcia, como vai? infelizmente não podemos ajudá-la, pois o objetivo do nosso blog é esclarecer dúvidas sobre seguros, que é a nossa a especialidade. O tema em questão foge um pouco dos nossos conhecimentos.

        Responder
    • Minuto Seguros

      Pedro, é possível, sim, contratar sem a intermediação. A diferença é que no caso da locadora, ela fica responsável em acompanhar os pagamentos e ajudar na elaboração do contrato, enquanto que sem ela o próprio proprietário deverá cumprir essas funções, além de cobrar o inquilino do pagamento do seguro.

      Responder
  2. rosaura therezinha costa baptista

    Gostaria de saber o que eu preciso para o seguro fiança, quero alugar um imovel até 500,00 reais.

    Responder
  3. nildeon

    Ola, tenho um imóvel e gostaria de alugar, porém nao tenho escritura, minha dúvida é se consigo contratar o seguro fiança.

    Responder
  4. EUSTAQUIO PEREIRA SOBRINHO

    Tenho um aparatamento para alugar no valor de 1800,00 já incluso IPTU E CONDOMÍNIO quais documentos meus e do imóvel preciso apresentar,e quanto custa para o inquilino o seguro fiança com e sem as coberturas extras já que o imóvel já possui cozinha e dormitório planejados. sem mais obrigado.

    Responder
  5. Eduardo

    Eu recomendaria, antes de cotar, que o locatário perguntasse quais as coberturas o locador deseja, pois isso sempre gera diferenças no preço, um exemplo: o futuro locatário solicita cálculo para Aluguel, mas no final o locador quer também o IPTU + Condomínio. O que era 500,00. por exemplo, vira 550,00. Já vi isso dezenas de vezes.
    Para saberem quais as diversas coberturas que existem podem ver no meu site

    Responder
    • Minuto Seguros

      Na verdade, o seguro é contratado via corretor de seguros. Procure um profissional dessa área para ajudá-lo, Junior!

      Responder
  6. Aldo Cursino

    Tive problemas após a assinatura do contrato de locação e desisti do imóvel, informei o ocorrido à corretora, pedi a suspensão e na fiz o pagamento do seguro. A imobiliária me acionou dizendo que vai acionar o seguro, eu questionei por não ter usado o imóvel . O seguro pode ser acionado neste caso? Mesmo sem pagamento?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Existe essa cobertura, se for incluída adicionalmente na apólice, Helbert. Mas só o proprietário pode usufruir da mesma.

      Responder
  7. ester

    Quero acionar o meu seguro fiança p cobrir as exigencias de reparo do imóvel no final do contrato. O q isso pode me prejudicar?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Ester, você não poderá fazer isso se for a inquilina. Só o proprietário pode acionar a seguradora, isso se a cobertura estiver na apólice!
      Se isso acontecer, ele será indenizado pela seguradora mas, depois, buscará ressarcimento com inquilino.

      Responder
  8. SABRINA DANTAS

    BIM DIA, O VALOR INVESTIDO NO SEGURO FIANÇA, NÃO HAVENDO RENOVAÇÃO DO CONTRATO , COMO É RESTITUÍDO ESTE VALOR?

    Responder
    • Ique Muniz

      Sabrina, pelo que sei, o seguro fiança não restitui. Uma vez pago, esse dinheiro é “perdido”

      Responder
      • WAGNER

        Verdade! e o inquilino não tem absolutamente nada de retorno! nem uma simples pintura a porcaria do seguro lhe oferece, paguei todos os meses adiantado, e agora terei que gastar mais com pintura.

        Responder
  9. Wagner Del Carlo

    Boa tarde, fui obrigado a contratar um seguro fiança da porto pois o tempo que tinha era curto, NUNCA atrasei pagamentos, e no fim quando pensei que poderia pedir para pintar o apartamento Não pode! ou seja, o inquilino não tem vantagem nenhuma!!! é dinheiro perdido! acho uma baita sacanagem isso!

    Responder
  10. jeniffer

    Olá gostaria de saber se é correto, cobrar o seguro fiança do inquilino em menos de um ano de locação .
    Pois paguei antes de entrar no imóvel, e irei fazer um ano de contrato e já estão me cobrando o seguro fiança novamente ??

    Responder
    • Minuto Seguros

      Jeniffer, o seguro tem vigência de um ano, após esse período, será cobrado novamente para renovação da apólice!

      Responder
  11. Jullieth

    A imobiliária pode exigir que o seguro fiança seja feito com uma seguradora ou posso escolher uma?

    Obrigada

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi Jullieth!
      Geralmente a imobiliária recomenda, sim, a seguradora ideal, pois o produto tende a ser mais completo. O que você pode escolher livremente é o corretor de seguros que fará essa contratação para você. Não precisa seguir o corretor oferecido pela imobiliária.

      Responder
  12. Sergio

    O seguro aluguel do tipo CAPITALIZAÇÃO é uma alternativa interessante? O valor do título de capitalização segue a mesma lógica do seguro, ou seja, até 2 meses de aluguel? É pago de uma vez só ou pode ser parcelado? Ao final de um ano o resgate/renovação são automáticos ou todo ano, a cada renovação, tem que refazer a capitalização, colocando mais dinheiro sobre o que já está acumulado?

    Responder
    • Elisabete

      Sérgio,
      * Capitalização é uma alternativa interessante para quem não tem fiador ou tem o nome com restrição ou ainda renda não compatível (geralmente 3 x o valor do aluguel).
      *O valor total aplicado na capitalização depende de cada Seguradora e não da Imobiliária (cobram um valor mínimo ou em valor de aluguel – 3 ou 4 vezes o valor do mesmo, depende).
      *É pago de uma só vez. Não é renovável a cada ano, pois corresponde ao tempo do contrato, portanto uma vez feita a aplicação, não é necessário renovar, a não ser que o Contrato de Locação seja de 12 meses e a pessoa queira continuar no imóvel.
      Portanto, capitalização ainda é melhor que Seguro Fiança, pois o inquilino não “perde” o dinheiro se ficar aplicado durante todo o tempo do contrato (se houver rescisão antecipada do contrato de locação, perde parte da aplicação). Seguro Fiança só é vantagem para quem não tem um bom fiador ou o valor total da caução, pois pode parcelar a fiança sem necessidade de desembolsar o valor de 3 aluguéis, porém o inquilino não restitui esse valor no final.
      Capitalização é mais vantagem para o Locador, pois no caso de uma ação de Despejo, a Seguradora cobre as custas judiciais do processo (geralmente de responsabilidade do proprietário e não da Imobiliária como se pensa), que no final será restituída pelo inquilino. Na minha opinião , o melhor ainda é a caução, pois o inquilino tem mais liberdade de negociar a saída antecipada do imóvel (pelo menos após 12 meses, se estiver em cláusula contratual) sem perda de dinheiro e ainda com os juros da poupança.

      Responder
      • Elisabete

        Só corrigindo: Capitalização não “é mais vantagem para o Locador” e sim “também vantagem para o Locador”….

        Responder
    • Minuto Seguros

      Para saber a partir de quantos aluguéis atrasados o seguro é acionado, é necessário que você consulte as Condições Gerais do seguro vinculado ao seu contrato de locação . Mas geralmente é um prazo bem curto (pode ser inclusive a partir de 1 mês de atraso).

      Responder
  13. Marcelo Soares

    Boa noite, perdi meu emprego em função do momento econômico do país e não possuo mais condições de morar no imóvel que atualmente alugo. Serei obrigado a devolver o apartamento,solicitando a rescisão antecipada de contrato. Neste caso poderei usar o seguro fiança para fazer a quitação dos valores?? Uma vez que o item está incluso em minha apólice. Entretanto, usando deste dispositivo correrei o risco de ser acionado judicialmente pela seguradora para o reembolso dos valores?

    Responder
    • Minuto Seguros

      O seguro de fiança é uma proteção para o LOCADOR em caso de inadimplência (e descumprimento de outras obrigações) por parte do LOCATÁRIO. Apesar do Locatário pagar o seguro, é o Locador que é o segurado.

      Portanto, você como locatário não possui qualquer tipo de cobertura em caso de inadimplência, multa por rescisão contratual.

      Ou seja, se você deixar de pagar o aluguel ou sair do imóvel devendo algum valor (de aluguel, multa, etc) o proprietário irá acionar o seguro e ele receberá da seguradora os valores pendentes e a seguradora imediatamente irá iniciar o processo de cobrança judicial ao inquilino. Ao indenizar o proprietário a seguradora passa a ter o direito legal de cobrar o inquilino (o termo jurídico é “sub-rogação de direitos).

      Responder
  14. tiago passos

    Meu contrato termina daqui a 6 meses e preciso renovar o seguro fiança, ou seja teria que ser proporcional a 6 meses e não 12 meses correto? se por acaso não renovar o seguro tenho que pagar a multa se rescindir o contrato ?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Tiago. Infelizmente não temos condições de responder as suas dúvidas, pois não fomos a corretora que realizou o seu seguro fiança e nem temos acesso ao seu contrato de locação. Sugerimos que procure o corretor que intermediou o seu contrato e certamente ele poderá esclarecer os seus questionamentos. Obrigado por comentar no blog! Continue nos acompanhando.

      Responder
  15. Thayla

    Olá, gostaria de saber assim: após entregue os documentos na porto seguro, em quanto tempo posso começar a morar na casa?(aluguel)

    Responder
    • Minuto Seguros

      Thayla, tudo bem? isso varia, pois você precisa contar com o tempo da imobiliária em realizar o processo do contrato de locação. Não depende apenas da seguradora. Mas, a partir do momento em que a apólice é emitida, o restante do trâmite fica por conta da imobiliária.

      Responder
  16. Isabela

    Ao final de 12 meses, teremos que fazer a renovação e pagar o valor integral de uma nova apólice, ou seja, dois aluguéis e meio? E nesse mesmo mês teremos que pagar o aluguel norma… Caso o inquilino não atrase o aluguel, arque com suas responsabilidades, não fazendo uso do seguro, mesmo assim a renovação será no valor total e não há restituição do valor pago anteriormente a seguradora?

    Responder
    • Minuto Seguros

      O seguro de fiança locatícia deve ser renovado anualmente, enquanto o contrato de aluguel estiver vigente, sem restituições de valores.

      Todos os seguros possuem como princípio fundamental o mutualismo: várias pessoas formam um grupo (os segurados) e contribuem com um valor (preço do seguro) para suportar os prejuízos que uma parcela deste grupo possa sofrer.

      Portanto é natural e esperado que uma parte considerável do grupo não tenha “acionado o seguro” durante a sua vigência, entretanto os valores que cada um contribuiu será utilizado para cobrir as perdas de parte do grupo.

      Os seguros de uma forma geral possuem o princípio do “mutualismo”

      Responder
  17. Karine

    Boa noite! Meu inquilino fez a renovação anual no mês de abril do seguro aluguel, mas pagou apenas 2 parcelas de 4, e esta com o aluguel atrasado e a 3a parcela do seguro também. Poderia acionar o seguro mesmo assim?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Karine, tudo bem?

      Para para que você tenha direito a acionar o seguro, obrigatoriamente você deve continuar pagando, no lugar do inquilino, as parcelas pendentes do seguro.

      Cada contrato de seguro estabelece regras/condições próprias em relação à inadimplência. Consulte as suas condições gerais ou peça ajuda ao corretor de seguros que intermediou a contratação deste seguro fiança locatícia.

      Responder
  18. Giselle Bento

    Boa tarde!! Estou alugando um apartamento, e acordamos com seguro fiança Fiança Fácil, que será divido em 10 x. Porém a mulher da imobiliária que está intermediando quer cobrar a 1º parcela do seguro antes da nossa mudança. Gostaria de saber se está correto, se ela pode cobrar esta parcela antecipado, uma vez que as demais parcelas serão pagas juntamente com o aluguel e demais contas.
    GRata.

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Giselle, tudo bem?

      Nós não conhecemos detalhes do Seguro Fiança Fácil, pois ele é comercializado com exclusividade por uma única corretora. Recomendamos que você entre no site http://www.fiancafacil.com.br e entre em contato com os responsáveis.

      Responder
  19. Monique

    Depois de ter pago o seguro aluguel, e por ventura o dono do imóvel desistir de fazer o aluguel… existe procedimento para isso?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Monique, tudo bem? Se a decisão pela não continuidade da locação foi unilateral do proprietário, nos parece razoável que o valor do seguro seja ressarcido ao inquilino pelo locador.

      Responder
  20. Orlando Junior

    Olá tudo bom? Gostaria de uma informação, eu e meus amigos estamos querendo alugar uma casa no valor de R$ 1.500,00, porem somos em 5 pessoas e nossa renda juntando todo o valor bruto da em torno de R$ 6.000,00. A a possibilidade de contratar o seguro fiança com 5 inquilinos em um único contrato? Obrigado.

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Orlando, tudo certo? Acreditamos que vocês não conseguirão apresentar a renda conjunta dos 5 amigos para contratar o seguro, somente daqueles que figurarem formalmente como inquilinos no contrato de locação.

      Responder
    • Minuto Seguros

      A forma de pagamento varia um pouco em cada seguradora, mas há várias opções, tais como:

      À vista em cheque, débito em conta ou boleto;
      Em até 6 x sem juros no cartão de crédito;
      Em até 4x sem juros, no cheque, débito em conta corrente;
      Em até 10 x com juros no cartão de crédito.
      Em até 12x com juros, no cheque ou débito em conta.

      Responder
  21. Laisa

    Boa tarde, gostaria de saber se há a possibilidade do seguro fiança ser negado por hipótese de score baixo, mesmo não havendo negativação no cpf.

    Responder
    • Minuto Seguros

      No Seguro Fiança, a seguradora analisa se o futuro inquilino tem capacidade de pagar o aluguel e encargos em dia, ou seja, é feita das condições financeiras. Por exemplo, mesmo que o CPF não esteja negativado, se a pessoa não tiver renda comprovada para assumir o aluguel o seguro não será aprovado. Normalmente, as seguradoras exigem que o valor do aluguel não possa ultrapassar um determinado percentual da renda comprovada do locatário.

      Responder
  22. Luciana

    Boa noite,
    O iptu em geral é parcelado em 10x. E o seguro é anual. É correto cobrar o seguro de acordo com o valor da parcela cobrada pela prefeitura? Ou o correto seria pegar o valor total do iptu e parcelar em 12x? Obrigada

    Responder
    • Minuto Seguros

      Luciana, tudo bem? Entendemos o seu raciocínio, faz todo sentido.

      Entretanto, ao definir o valor do seguro, a seguradora faz todos os cálculos considerando pagamento à vista e só depois define qual será a taxa de juros cobrada ao parcelar o seguro (normalmente permitem pagar em até 4 vezes sem juros. A partir de 5 parcelas há juros).

      Ou seja, cobrar mensalmente o seguro (em 12 vezes) juntamente com o aluguel traz comodidade aos envolvidos, mas fique atenta pois financeiramente pode não ser vantajoso pelos juros cobrados.

      Responder
  23. Sandro de Oliveira

    Aluguei uma casa com periodo de 30 meses, com seguro fiança com renovação anual,porém no ultimo periodo que vou permanecer na residência que é de 6 meses o seguro esta sendo cobrado como periodo integral (12 MESES). Ao entrar em contato com a seguradora fui informado que no término do contrato me devolvem o valor pago a mais,isto é uma prática comum???

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Sandro, tudo bem? Sim, isso ocorre mesmo. Ao fim do contrato, o seu dinheiro será ressarcido.

      Responder
      • Ricardo Terra

        Olá. Eu estou tendo exatamente esse mesmo problema. Eu paguei o IPTU cota única (todo 2016), mas devolvi o imóvel em agosto/2016, logo teria que receber um terço de volta, correto? Qual a lei que estabelece isso? Pois a imobiliária me disseram que “eu paguei mais porque eu quis” e realmente fiquei furioso com isso. Obrigado desde já, R. Terra

        Responder
        • Minuto Seguros

          Oi, Ricardo, tudo bem? Seu seguro foi contratado por meio de um corretor de seguros. Solicite a este profissional uma cópia das Condições Gerais do seguro. Neste documento está descrito as regras para cancelamento do seguro e devolução dos valores pagos. Provavelmente você também deve localizar estas Condições Gerais no próprio site da seguradora.

          Com relação a devolução de valores pagos pelo IPTU, não é uma questão diretamente relacionada ao seguro de fiança locatícia. Nos parece razoável conversar com o proprietário e negociar esta devolução, mas como somos especialistas em seguros, mas não somos especialistas em Direito Imobiliário, nossa recomendação é que você procure um advogado especializado em questões imobiliárias.

          Responder
  24. Flaviane

    Boa noite!
    Estou tentando alugar uma casa, e o valor ficou exorbitante pela corretora de imóveis.
    Entrei em contato direto com a Porto e ficou um valor mais acessível. No entanto eles informam que não aceitam o seguro fiança direto, que tem que passar pela corretora! Está correto? Como devo proceder?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Flaviane, como vai? Realmente o seguro de fiança locatícia é contratado por meio da intermediação de um corretor de seguros. Neste sentido, solicite a um corretor de seguros da sua confiança uma cotação deste seguro para que você possa comparar com a cotação já realizada.

      Responder
  25. vilma ferreira de sousa

    boa noite tenho um casa com 2quarto sendo um suite,cozinha grande,um banheiro social,uma area de entrada com lavanderia, boa localizaçao,rua .com coduçao na porta,,,eu queria que me escraresece .quais sao as garantia que tenho com esse seguro fiaça .o valor e de 1.300.00 agua 90.00reais relogio idividual. minha procura e porque tenho tido muito problema com os inquilinos .me responda .pois estou com o imovel vazio .e estou precisando alugar.grata

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Vilma, tudo bem? Essa modalidade de seguro garante ao proprietário do imóvel garante o recebimento dos aluguéis e encargos vencidos e não pagos pelos inquilinos.

      Responder
  26. Helena

    Sou inquilina de um imóvel comercial
    Dei 3 meses de depósitos
    Ó proprietário fez seguro incêndio e aluguel
    O seguro incêndio eu sei que tenho que pagar
    A minha dívida é o seguro aluguel
    É meu dever pagar mesmo eu tenho dado 3 meses de depósitos?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Helena, como vai? Normalmente o seguro de fiança locatícia é uma opção alternativa para outras formas de garantia (ex: fiador, fiança bancária, depósito caução, título de capitalização, etc.). Não é comum proprietários exigirem 2 formas de garantia.

      Responder
  27. Laura araujo

    Aluguéis um apto no nome do meu filho e fiz o seguro fiança no valor de 6.500 reais mas a seguradora/imobiliária me cobra uma taxa de 6% referente ao valor total do Miguel/condomínio a titulo de reajuste de inflação. Isso durante 30 meses da um valor mensal de 92,00 reais. Gostaria que alguem me esclarecesse se isso é legal e como faco pra pedir ressarcimento desse valor. Essa cláusula esta no contrato da seguradora. Desde já agradeço a quem puder me orientar

    Responder
    • Minuto Seguros

      A Lei do Inquilinato prevê a obrigação do inquilino quanto à apresentação da garantia. Se a opção de garantia foi o “Seguro Aluguel/Seguro Fiança”, tal garantia fará parte do Contrato de Locação e o inquilino deverá cumprir as obrigações do contrato de locação e consequentemente do Seguro Aluguel,

      Portanto nossa recomendação é que você leia atentamente as CONDIÇÕES GERAIS do seu seguro, em especial a parte que trata do reajuste do preço do seguro. Verifique se neste documento está expresso algum percentual pré-definido de reajuste do seguro.

      Oi, Laura, tudo bem? Normalmente o preço do seguro na renovação não tem um percentual pré-definido, a seguradora pode cobrar um valor igual, menor ou maior que do ano anterior (é feita uma nova avaliação do risco). Mas cada caso é um caso, você deve ler as Condições Gerais do seu seguro e reler as cláusulas do seu contrato de locação.

      Outra possibilidade é que reajuste de 6% possa ser uma cláusula específica de reajuste dos honorários da imobiliária para administrar a cobrança do aluguel e do seguro que independe do reajuste do valor do seguro. Ai não temos como opinar, você teria que consultar um advogado para entender sobre a legalidade deste reajuste.

      Responder
  28. Valdir

    Geralmente o candidato a locatário deve comprovar renda mensal equivalente a três ou quatro vezes o valor do aluguel.
    Só pode ser piada isso,como é que uma pessoa que vai alugar um salão comercial vai comprovar isso se nem começou a trabalhar ainda.
    Quer dizer que se um jovem quiser ingressar no ramo comercial ele não poderá alugar?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Valdir, como vai? O seguro fiança é uma interessante opção para substituição do fiador nos contratos de locação. Mas para que a seguradora possa aceitar a contratação do seguro ela exige a comprovação de renda por parte do inquilino. Esta análise feita pela seguradora é semelhante a análise de crédito que bancos e financeiras realizam quando alguém tem interesse em obter um empréstimo, financiar um veículo, etc. O negócio só será aceito se for comprovado que a pessoa terá condições de realizar os pagamentos em dia, neste caso, do aluguel e dos encargos..

      Sem a comprovação de renda, o risco de uma eventual inadimplência aumenta consideravelmente e a segurada não tem interesse em assumir tal risco junto ao proprietário do imóvel.

      Neste sentido, quando o potencial inquilino não tem como comprovar renda suficiente para arcar com o valor do aluguel, cabe ao proprietário do imóvel avaliar se quer aceitar outras modalidades de garantia para não perder o interessado em alugar o imóvel.

      Portanto, para pessoas sem comprovação de renda, é possível alugar um imóvel apresentando como garantia um fiador, depósito caução, fiança bancária e até um título de capitalização. Ou seja, o seguro fiança é apenas uma alternativa, mas não a única opção.

      Responder
  29. Maykel Ferreira dos Santos

    Boa tarde

    Estou alugando um imovel atraves do seguro fiança, consegui um valor ótimo fazendo o seguro pelo Bradesco porém a imobiliaria não quer aceitar, alega que só aceita da porto seguros. Eles podem exigir isso?

    Responder
    • Minuto Seguros

      No seguro fiança, apesar do pagamento ser feito pelo inquilino, é o proprietário do imóvel que é o segurado.

      Cabe portanto ao proprietário definir com quais seguradoras ele deseja contratar o seguro. .

      Oi, Maykel, como vai? Se a exigência for por parte da imobiliária (em função de uma parceria com determinada seguradora) é muito provável que o proprietário do imóvel estava ciente e concordou com esta condição ao escolher esta imobiliária para representá-lo.

      Nossa sugestão é que você converse com os representantes da imobiliária e, se possível, com o proprietário e explique a situação. Todos os envolvidos possuem interesse em concretizar a locação e talvez vocês consigam chegar a um acordo.

      Responder
  30. Re. Souza

    Olá, podes me explicar como procede a fiança bancária, qual o custo beneficio ? Eh mais vantajoso que o seguro fiança ? Desde já agradeço o retorno

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Renata, tudo bem? Na fiança bancária, o banco é o fiador das responsabilidades financeiras do contrato de aluguel. Como são os bancos que comercializam este produto, não temos detalhes dos custos envolvidos, mas tem relação direta com o seu relacionamento com a instituição, por exemplo, montante que o cliente tem aplicado.

      Responder
  31. Danielle

    Boa tarde!!
    Meu seguro e anual, esse ano a validade vai até 02.08.17 só que meu contrato da casa vence em 02.02.17, eu tenho algum estorno em dinheiro?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Danielle, como vai? Não conhecemos os detalhes do seguro que você contratou, mas com certeza você terá direito a devolução de parte do valor pago pelo seguro.

      Responder
  32. Juliana

    Boa noite,

    Sou inquilina e paguei o seguro fiança. Vou sair da casa antes do contrato com a imobiliaria acabar.Não devo alugueis, porém tem multa por rescisão . É o locatario que aciona o seguro para receber esse valor ? Eu apenas tenho que avisar a imobiliaria que estou entregando a casa ? Eu não serei cobrada depois, ja que paguei o seguro fiança?

    Obrigado

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Juliana, tudo bem? Muitos inquilinos entendem de forma equivocada que, por pagarem o seguro fiança, não serão cobrados por eventual inadimplência.

      Na realidade o seguro fiança é uma proteção para proprietário e não para o inquilino, isto é, se o inquilino deixar de pagar o aluguel (e outros encargos), o proprietário é indenizado pela seguradora dos valores devidos e a seguradora é que vai cobrar o inquilino, seja de forma amigável ou judicialmente.

      No seguros de danos (caso do seguro fiança) há a chamada sub-rogação de direitos: após ter sido paga a indenização pela seguradora, esta substitui o segurado nos direitos e ações que o mesmo tem de demandar ao terceiro responsável pelo sinistro. No caso do seguro fiança, o “sinistro” é a inadimplência do inquilino, ou seja, você será cobrada sim, só que pela seguradora.

      Responder
  33. guillermo

    eu devo 2 meses de aluguel e a inmobiliaria me informo pra negociar com a asegurador ja q foi dado entrada como ciniztro , e a aseguradora me falo q devia pagar os dois mese de aluguel a vista para nao ter a necesidad de ter q parcela o q tava devendo ou eles pagaban o tercer mes tamben y eu tinah q parcelar os 3 meses , cendo q o tercer meis ainda nao venceo a data . minah pergunta eé se ela pode fazer isso meio q obligando a pagar 3 meses

    Responder
    • Minuto Seguros

      Olá, Guillermo. O seu relato não está muito claro, pode tentar nos explicar novamente, por favor? Mas do que entendemos, o ideal é pagar o quanto antes os aluguéis atrasados, mas não parece correto a cobrança de aluguéis que ainda não venceram.

      Responder
  34. Daniel

    Olá.

    Esse tipo de seguro pode ser usado para a locação de veículos pesados por uma microempresa? Pois a concessionária exige 35 mil reais como caução e esse tipo de seguro pode ser interessante, se sim, vcs fazem para uma pessoa de 18 anos que tem bom score e renda comprovada, além de indicações? Se não, sabem alguma empresa que faz esse tipo de seguro?
    Abraço

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Daniel, tudo bem? O Seguro Fiança Locatícia é um produto exclusivo para garantia de contratos de locação de imóveis. O que você procura se encaixaria mais nos chamados “Seguros de Crédito”, mas não conhecemos nenhuma seguradora especializada em seguro de crédito que trabalhe com seguros para o seu tipo de necessidade, infelizmente. Mas, espero que tenhamos ajudado.

      Responder
  35. Flavia

    Olá!
    Gostaria de saber se a seguradora ao cobrar do inquilino os aluguéis em atraso, não seria obrigada a abater do total o valor pago pela apólice do locatário. E se um inquilino saiu devendo 5 meses, ele deveria ter abatido do total esse valor?
    Grata.

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Flavia, como vai? É um direito legítimo da seguradora em reter todo o valor do seguro, isto é, ao cobrar do inquilino os aluguéis em atraso, não há qualquer abatimento do valor do seguro. O mesmo vale se o inquilino saiu devendo aluguéis, encargos, multas, etc. Na cobrança não haverá nenhum abatimento do valor pago pelo seguro.

      Responder
      • Flavia

        Olá Daniel. Obrigada pelo esclarecimento. Mas isso nao deveria constar do contrato do seguro? Se nao constar?
        Grata.

        Responder
        • Minuto Seguros

          Oi, Flavia. Fomos nós, a Minuto, que respondeu a sua questão rs =)

          Mas, então esta questão é tratada no próprio Código Civil: “Pelo contrato de seguro, o segurador se obriga, mediante o pagamento do prêmio, a garantir interesse legítimo do segurado, relativo a pessoa ou a coisa, contra riscos predeterminados”. Isto é, a seguradora só irá assumir o risco perante ao segurado, mediante o pagamento do seguro. Ou seja, a seguradora tem o direito ao recebimento integral do valor do seguro.

          Não temos detalhes do seu contrato de seguro e não poderíamos dar um parecer específico pois não somos o corretor da sua apólice, mas é muito provável que esta questão do “Pagamento do Prêmio” conste sim das Condições Gerais do Seguro. Solicite esclarecimentos ao corretor de seguros que intermediou a contratação.

          Isto vale, para todos os tipos de seguros. Por exemplo, se um seguro de automóvel for parcelado em 10 vezes e logo no inicio de vigência o veículo for roubado, a seguradora irá indenizar o segurado mas irá descontar da indenização todas as parcelas ainda não pagas e, com o pagamento da indenização, o contrato é cancelado.

          Responder
  36. Rubem

    Olá, tudo bem?
    Será que o Seguro Fiança/Aluguel pode ser realizado em nome de terceiros?
    Ex.: Meu neto pretende alugar um imóvel, mas não possui renda para tal. É possível que eu faça o seguro aluguel e ele faça o contrato de locação?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Rubem, tudo bem? Não é permitido realizar o seguro fiança em nome de uma pessoa que não seja o inquilino.

      Responder
  37. Flavia

    Obrigada a Minuto Seguros pelo esclarecimento. Mas meu seguro foi pago a vista. E do ano foram só 7 meses no imóvel. Grata.

    Responder
  38. SILVIA SCHICH RODRIGUES

    Gostaria de saber, se já tendo o seguro fiança, findando o contrato, posso renovar meu seguro para outro imóvel que desejo locar?
    Obrigada

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Silvia, tudo bem? Para cada contrato de locação é necessário um novo seguro fiança. Ou seja, para um novo proprietário (segurado) e/ou um novo imóvel, será um novo seguro.

      Responder
  39. Ana

    Gostaria de saber se:caso tenha feito um seguro fiança aluguel,o inquilino ficar inadimplente por mais de três meses,se o seguro reembolsa o proprietário,e cobra do inquilino ,ou ele cobre as despesas e pede o imóvel para devolução ao proprietário?Obrigada no aguardo de uma resposta.

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Ana, como vai? O objetivo é sempre restabelecer a normalidade do contrato. Se ocorrer a inadimplência do inquilino, a seguradora indeniza o proprietário/segurado e inicia o processo de cobrança do inquilino – se ressarcimento ocorrer de forma ágil, não há motivo para iniciar o processo de despejo.

      Responder
  40. Amanda

    Boa tarde,

    Possuo um seguro-fiança ativo na porto seguro. Quero ir para outro imóvel que também exige o seguro porto seguro. Como fazer?
    Quando fiz o contrato estava sem restrições no cpf, porém agora estou com uma. Poderia não ser aceito ?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Amanda, tudo bem? Para um novo contrato de locação é necessário contratar um novo seguro. O atual seguro será encerrado e um novo seguro deve ser contratado. E por se tratar de um seguro novo, a seguradora fará uma nova análise de crédito considerando a sua condição financeira atual.

      Responder
  41. paulo vanin

    A imobiliária pediu a rescisão do contrato de aluguel, dando 30 dias para desocupação, O imóvel foi desocupado no prazo, mas a imobiliária está cobrando dias a mais do que ficou ocupado e ainda outros reparos que já existiam quando entrei no imóvel. A pintura foi acertada com eles e é o único valor correto na conta final. Tenho o seguro fiança. Como fica pois a imobiliária se nega a refazer a conta final com os dias corretos e descontando os reparos que não são de minha responsabilidade?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Paulo, tudo bem? Caso o proprietário entenda que você está inadimplente, ele irá acionar a seguradora para receber a indenização. A seguradora irá analisar a situação e se entender que o proprietário/segurado tem razão, irá indenizá-lo (conforme as coberturas contratadas) e a seguradora passa a ter o direito de cobrar o ressarcimento junto ao inquilino e você terá que se defender judicialmente provando que não descumpriu o contrato.

      Por outro lado, caso a seguradora entenda que o segurado/proprietário não tem razão, a seguradora irá informá-lo que não irá indenizá-lo pois não houve a caracterização de um “sinistro coberto”.

      Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Miguel, como vai? No final do seguro fiança não é devolvido nenhum valor. Por outro lado, há uma outra modalidade de garantia de locação que ocorre através de um Título de Capitalização onde, ao término do contrato de locação o inquilino, recebe 100% do valor constituído na reserva de capitalização.

      Responder
      • lazaro cezar mesquita santana

        A corretora imobiliária responsável pelo imóvel, diz que será cobrado 3 vezes o valor do aluguel mais taxas para a contratação do seguro. Isso é abusivo?

        Responder
        • Minuto Seguros

          Oi, Cezar, como vai? O valor do seguro fiança é calculado considerando os valores envolvidos bem como quais coberturas serão contratadas, portanto não podemos generalizar e dizer que o seguro irá custar “x” vezes o valor do aluguel.

          Por exemplo, um seguro que contemple a cobertura de “danos ao imóvel” obviamente custará mais que um seguro que não tem tal cobertura.

          Responder
  42. Lucas

    O seguro aluguel é feito exclusivamenteno nome do inquilino?
    Pois eu queria contratar o seguro, mas o imóvel fica em outro estado e ainda não estou presente nele no momento, logo, ainda não tenho um emprego para passar pela análise de crédito!

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Lucas, como vai? As partes envolvidas na contratação do seguro são obrigatoriamente o locador e o locatário. Se você será o inquilino e não tem comprovação de renda, não conseguirá contratar o seguro fiança.

      Responder
  43. Pedro

    Boa noite. Tenho uma propriedade e estou disponibilizando para locação. Estou solicitando do interessado um fiador OU seguro fiança. No caso do interessado escolher o seguro fiança, qual o valor que ele deverá contratar para o seguro ? Já lí que depende do Locador dizer quais são os valores que ele quer que faça parte do seguro, mas como posso informar um valor com pagamentos de taxas (luz, água, condomínio, etc…) se esses valores não são fixos ? Ainda, os contratos de locação residencial que devem seguir a lei do inquilinato, prevê o prazo de 30 meses de locação enquanto que o seguro é anual. Neste caso, caso o locatário não apresente a renovação do seguro fiança, deve o Locador rescindir o contrato antes dos 30 meses, e como cobrar a multa pela rescisão ? obrigado.

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Pedro, tudo bem? Para cálculo dos valores a considerar de água, luz, condomínio deve ser ter como base os valores médios dos últimos meses ou realizar cálculos considerando imóveis similares já ocupados. Vale a pena considerar uma margem de segurança neste valores para contratação destas coberturas.

      No contrato de locação deve constar cláusula sobre a obrigatoriedade da renovação do seguro de fiança locatícia e a não renovação é considerada descumprimento contratual, passível de multas e outras penalidades.

      Na eventualidade do inquilino não pagar uma parcela ou não pagar pela renovação do seguro, o locador (que é o segurado) deverá assumir o pagamento do prêmio do seguro para ter garantida a manutenção da cobertura do seguro.

      Responder
  44. Gabrielle Larissa

    Olá, boa tarde. Estou querendo alugar uma casa pelo seguro fiança da Porto seguro. Porém o análise de crédito da Porto seguro me parece que a pessoa que vai contratar a apólice tem que receber 3 vezes o valor do aluguel. Enfim, se eu fazer no nome de uma tia minha o seguro na porto seguros, sendo eu que vou alugar a casa e não ela. Ela só está emprestando o nome dela para contratar o seguro. Mais quem vai alugar a casa na Imobiliaria sou eu. A Porto seguro aceita ? Isso pode ter alguma chance ou não ? Ou o seguro fiança tem que está no nome da pessoa que vai alugar o imóvel ?! Grata e aguardo retorno !

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Gabrielle, como vai? Não é permitido realizar o seguro fiança em nome de uma pessoa que não seja o inquilino.

      Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Fabio, tudo bem? Quem contrata o seguro sempre é o Locador, ou seja, o locador é sempre o segurado, mas quem paga o seguro é o inquilino.

      O locador/segurado pode pagar o seguro sem problema algum, mas para aceitação do seguro a seguradora sempre irá analisar a capacidade financeira do potencial inquilino de pagar os aluguéis durante todo o contrato de locação.

      Ou seja, se o proprietário decidir pagar o seguro, não há qualquer alteração na análise que a seguradora faz das condições financeiras do locatário.

      Responder
  45. Luciano Alcanfor

    Olá, tenho uma dúvida!
    Se eu fizer o seguro fianca e por algum motivo eu decidir mudar do apartamento para qual eu fiz o seguro, eu consigo alugar outro apartamento de mesmo valor do aluguel utilizado o mesmo seguro? Ou é preciso iniciar todo o processo de documentação novamente para um seguro fiança de um novo apartamento?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Luciano, tudo bem? No seguro fiança, o segurado é o proprietário do imóvel, ou seja, o seguro é contratado para proteger o locador de uma eventual inadimplência do locatário. E quem paga o seguro é o locatário.

      Ou seja, num novo imóvel que você irá alugar, o segurado será o novo proprietário. Portanto o seguro atual não pode ser transferido para um outro segurado. Obrigatoriamente será um novo seguro para este novo contrato de locação e será feita uma nova análise de crédito do locatário (você neste caso).

      Responder
  46. Juliana

    Olá, normalmente o que é preciso para realizar essa apólice de seguro? Preciso de bens no meu nome, qual a renda que preciso ter?

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Juliana, tudo bem? Para contratar um seguro fiança locatícia, a seguradora faz a análise cadastral do potencial inquilino onde basicamente a seguradora irá verificar se o interessado possui fontes de rendas comprovadas que permitam ele arcar com o pagamento do aluguel e demais obrigações (geralmente o valor do aluguel deve corresponder, no máximo, de 25 a 30% da renda mensal da pessoa). Ou seja, o que realmente importa é comprovar fonte de renda.

      Responder
  47. Lucineia Fukuzaki

    Boa noite. Estou devendo 2 alugueis e a imobiliaria me informou que irá acionar o seguro. Acionando o seguro eu sou despejada! Meu nome sera registrado no SPC? E nao tendo como pagar a vista o seguro parceka o valor devido? Ha alguma cobrança de taxas alem dos alugueis? Obrigada pela atençao

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Lucineia, como vai? Com a inadimplência do inquilino, o proprietário do imóvel (que é o segurado) comunica o fato à seguradora que irá efetuar os pagamentos dos valores pendentes.

      Ao pagar o segurado, a seguradora passa a ter o direito de cobrar o inquilino para que regularize a situação (este direito da seguradora é chamado de sub-rogação de direitos). Inicialmente, a seguradora tentará fazer a cobrança amigável, mas não sendo possível será feita a cobrança judicial juntamente com o pedido de despejo. E num processo judicial o inquilino está realmente sujeito ao pagamento de outros valores envolvidos neste tipo de processo.

      Ainda durante o processo de cobrança amigável, como próprio nome diz, existe sim a possibilidade da seguradora aceitar eventualmente o pagamento de forma parcelada, mas é uma decisão da seguradora.

      Responder
  48. Andre Mendes

    Não tenho mais como efetuar os pagamentos de aluguel, li que após 2 meses de atraso a imobiliária aciona o seguro, mais após isso eu serrei imediatamente despejado? Se não houver um modo de eu efetuar os pagamentos em uma negociação amigavel, eu tenho que sair do imóvel em quando tempo.

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Andre, como vai? Essa é uma dúvida mais voltada para o âmbito jurídico, por isso, não conseguiremos te ajudar. Indicamos que você consulte um advogado para sanar as suas dúvidas.

      Responder
  49. Dayane

    Boa tarde!

    Fiz um seguro de fiança locaticia e tive sinistro por em relação a aluguel atrasado, a Porto Seguro entrou em contato comigo e me aconselhou a entregar o imóvel pois não estava conseguindo manter o aluguel , enfim a mesma me de um prazo para entregar as chaves, fez a pintura e pequenos reparos.
    Agora a Porto Seguro está me cobrando os aluguéis que ela pagou e a pintura, se e um seguro e a apólice foi paga por vários anos eu sou obrigada a arcar com esse valores.
    E o pior as condições de negociações São inviáveis.
    Obrigada

    Responder
    • Minuto Seguros

      Oi, Dayane, como vai? Um ponto que precisa ficar muito claro na contratação do seguro fiança é que trata-se de uma proteção para o proprietário em caso de inadimplência do inquilino. O segurado é proprietário e não o inquilino. O fato do inquilino ser o responsável pelo pagamento do seguro, não o isenta de todas as suas responsabilidades assumidas.

      Nesta modalidade de seguro, em caso de falta de pagamento de aluguel, a seguradora indeniza o proprietário e passa ter o direito de cobrar o inquilino (sub-rogação de direitos) conforme coberturas contratadas (aluguéis atrasados, danos ao imóvel, pintura, etc.)

      O procedimento adotado pela seguradora está correto.

      Responder

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS