Entenda como o chicote elétrico do carro funciona

mulher-realizando-reparo-no-carro

Quer saber tudo sobre o chicote elétrico do veículo? Então veio ao lugar certo. preparamos este artigo para explicar seu funcionamento e esclarecer alguns problemas que ele pode apresentar. Confira!  

Já parou para pensar em quanta tecnologia há no seu carro? Enquanto você dirige, centenas de dispositivos trabalham em perfeita harmonia para que o seu veículo consiga rodar sem problemas na estrada. Sabia que o chicote elétrico está entre os mais importantes?

Cote, compare e economize no seguro

Receba grátis até 17 cotações e escolha o seguro que cabe no seu bolso.

Logo Reclame Aqui A Minuto é Bicampeã do Prêmio Reclame Aqui.


Afinal, sua função é justamente garantir que os sistemas do automóvel trabalhem corretamente e com a sintonia necessária, conduzindo energia elétrica e informações para todos os componentes elétricos automotivos

 

O que é o chicote elétrico? 

O chicote elétrico automotivo funciona como um condutor energético. Ele é composto por diversos cabos, que juntos desempenham a função de gerenciar o sistema elétrico do carro e distribuir as informações que conectam seus componentes.

Esses fios automotivos que formam o chicote ficam escondidos no veículo e são interconectados por módulos. Veja abaixo quais são as suas principais funções e como ocorre o seu funcionamento: 

Qual sua função no veículo?

Como você pôde ver, a função principal do chicote elétrico é interligar e gerir toda a parte elétrica automotiva. Ou seja, ele é responsável pelo funcionamento e pela conexão de todos os dispositivos que compõem o seu carro. 

Basicamente, ele gerencia os grupos de componentes do automóvel. Isso inclui o sistema de transmissão, injeção, controle de tração, luzes de freio, central multimídia, painel de instrumentos e assim por diante. 

Um carro só funciona conforme o esperado se todas as suas tecnologias estiverem trabalhando em pleno alinhamento e conforme o esperado. O papel do chicote é emitir os comandos e distribuir a energia que tornam isso possível.

Como ele funciona?

A variedade de cabos no chicote elétrico é imensa. Para você ter ideia, um veículo tem a média de 700 metros de fios. Tudo varia conforme a complexidade dos itens do sistema elétrico. Um carro popular pode ter 400 metros, enquanto um top de linha, 800, por exemplo.

Cada grupo de fios para chicote automotivo gerencia as informações e a energia de componentes específicos. Essa conectividade é garantida pelos módulos eletrônicos, que conectam os fios e atuam integradamente em todo o automóvel.

Para facilitar as manutenções, todo o chicote de corrente é separado por cores. Elas são definidas pelos padrões das próprias montadoras e indicam qual função cada conjunto de cabos exerce nos módulos. 

Quais problemas o chicote elétrico pode apresentar? 

Considerando que os chicotes automotivos são responsáveis diretos pela conexão e funcionamento dos sistemas eletrônicos, eles podem estar relacionados a muitos defeitos que surgem nos veículos. 

Evidentemente, você deverá contar com ajuda especializada para resolver esses contratempos que prejudicam o funcionamento do automóvel. Contudo, é fundamental saber mais sobre esses componentes do veículo, pois isso lhe dá mais consciência sobre os serviços que precisa contratar. 

Se você perceber que algum item do seu carro não está funcionando como deveria ou que há falhas no sistema elétrico automotivo na totalidade, considere a presença de falhas no chicote. Veja as mais comuns e como resolvê-las: 

Cabos desconectados

Um dos problemas mais recorrentes do chicote elétrico também está entre os mais simples. Trata-se da desconexão dos cabos. Para resolver, basta reconectar os fios. Contudo, a correção deve ser feita com o apoio de um serviço especializado, porque, nesses casos, será necessário identificar onde as conexões são interrompidas. Além disso, é preciso elevar o veículo com o auxílio de um equipamento específico e remover algumas peças para chegar até os fios desconectados. 

Problemas no cabo transmissor

Em algumas situações, o chicote do motor pode apresentar falhas por conta de problemas nos cabos transmissores. Nessas situações, a única solução é substituir os componentes defeituosos por modelos novos. 

Como no caso anterior, será necessário procurar um mecânico para efetuar essa troca, pois, além de toda a parte técnica da troca, ainda há o diagnóstico para encontrar quais cabos transmissores estão com problemas.  

Rompimento dos cabos

Como os cabos do chicote elétrico são feitos de cobre e revestidos por uma película plástica, pode ser que sua proteção se rompa e o fio se quebre. A correção desse problema é a mesma do caso anterior: será necessário procurar um mecânico para realizar a troca. 

Um ponto de atenção é que cabos rompidos indicam excesso de desgaste. Por isso, é recomendado fazer uma manutenção preventiva nos demais fios, mesmo que eles ainda não estejam apresentando defeitos. 

Problemas eletromagnéticos

Problemas eletromagnéticos também podem gerar defeitos no chicote elétrico. Normalmente, eles ocorrem por conta de interferências na conexão dos sistemas. Elas são ocasionadas por cabos desencapados ou mal conectados. 

Nessas situações, a solução mais comum também é a substituição das peças. Entretanto, alguns casos também exigem a remoção de todo o chicote para verificar o que está impedindo o trabalho de cada peça. 

Excesso de contato entre os fios

Da mesma forma que ocorrem as interferências eletromagnéticas, também podem surgir problemas de desempenho nos itens eletrônicos por conta do excesso de contato entre os cabos. Se isso ocorrer, será necessário trocá-los.

Evite imprevistos: cote seu seguro na Minuto Seguros

Conhecer o funcionamento dos componentes do seu veículo é fundamental para ter mais segurança na estrada. O mesmo vale para o Seguro Auto, que pode lhe ressarcir em caso de sinistros e ainda oferecer assistência 24 horas para diferentes tipos de problemas técnicos.

A Minuto Seguros é referência no assunto e oferece cotações de 16 seguradoras, para você garantir um plano realmente alinhado às suas necessidades. Clique aqui e preencha o formulário para começar a cotar. Se preferir, ligue grátis para 0800 882 0656!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *