1. Home
  2. »
  3. Residencial

Danos elétricos no seguro residencial: como funciona essa cobertura?

Quem contrata seguro residencial sabe que o produto vai lhe ajudar em diversas situações – das mais simples, como uma pia entupida, até as mais complicadas, como problemas relacionados à eletricidade. Mas, para prevenir-se deste último exemplo que mencionamos é extremamente importante contratar a cobertura de danos elétricos no seguro residencial. Essa proteção é muito popular e também essencial no plano do seguro. Por isso, falaremos sobre este tema a seguir. 

danos elétricos no seguro residencial

A cobertura de danos elétricos no seguro residencial mostra-se muito relevante quando levada em consideração a complexidade dos problemas que podem surgir dessa natureza na residência. Quando envolve eletricidade, é fundamental ter um técnico especializado para ajudar na resolução do problema.

Por que contratar esta cobertura?

danos elétricos no seguro residencial - Qual a necessidade de contratar está cobertura?

Para alguns, esses problemas podem parecer improváveis, porém, segundo estatísticas das próprias seguradoras, os danos causados por eletricidade e quedas de raios são os mais comuns. Ou seja, é ideal aprender sobre os danos elétricos no seguro residencial. Ainda mais que, no início de ano, as chuvas fortes tendem a gerar muito mais descargas elétricas e a probabilidade desses sinistros são maiores.

Se tem alguém que ainda não está convencido dessa informação – e por isso ainda não contratou esta cobertura – é bom saber que o Brasil é o país que mais sofre com quedas de raios no mundo! Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), não existe nenhuma outra nação que receba tantos raios. E o número é assustador: são cerca de 100 milhões por ano.

 E não acaba aí, ainda há outro problema: os raios que caem em território brasileiro são de carga positiva. Isso significa que eles são mais destrutivos e perigosos. Então, para garantir sua segurança caso sua casa seja atingida, faça um seguro residencial e certifique-se que ele cobre danos elétricos.

Contratação do seguro residencial

Na Minuto Seguros, a maior corretora online de seguros do Brasil, você pode montar um plano de acordo com as suas necessidades e, claramente, com as coberturas que você quiser. Temos um time de consultores prontos para te atender e auxiliar no processo do seguro residencial.

Preencha o formulário agora mesmo clicando no botão abaixo ou, se preferir, entre em contato imediatamente pelo número 0800 773 3000 e fale com o nosso time de consultores.

COTE SEGURO RESIDENCIAL

Agora que você já está ciente da relevância da cobertura de danos elétricos no seguro residencial, veja a seguir como ela funciona neste produto.

Dúvidas comuns sobre os danos elétricos no seguro residencial

Queimou algum eletrodoméstico ou eletrônico, tenho cobertura?

danos ele´tricos no seguro residencial - Queimou algum eletrodoméstico ou eletrônico, tenho cobertura?

 

Essa, provavelmente, é a dúvida mais recorrente em relação aos danos elétricos no seguro residencial. Afinal, ao cair um raio e a fiação da residência receber uma descarga elétrica, isso pode afetar os aparelhos que estiverem conectados tomadas.

Por isso, no momento de contratar o seguro residencial, faça a inclusão da cobertura adicional contra danos elétricos. Dessa forma, além de amparar toda a parte elétrica da casa de forma geral, essa cobertura vai garantir o reembolso no caso de eventuais problemas ocorridos a aparelhos elétricos causados por curto-circuito de raios e trovões.

A casa também está protegida contra os danos elétricos?

A casa também está protegida contra os danos elétricos?

Sim, claramente a residência também tem proteção caso haja queda de raios. Mas muitos se perguntam qual a diferença deste tópico para o anterior. Neste caso, a proteção é referente à estrutura da casa, e não aos itens que estejam em seu interior.

Para exemplificar e facilitar no entendimento, imagine que um raio atinga a casa e destrua parte da construção, como parede, o telhado ou simplesmente as telhas, o proprietário receberá até 100% do valor contratado, previsto na apólice, para reparar os danos causados no imóvel.

Indenização de danos elétricos no seguro residencial

Indenização de danos elétricos no seguro residencial

 

Uma questão que pode gerar dúvida a muitos proprietários está relacionada à indenização de danos elétricos no seguro residencial. Afinal, como ele comprovará o sinistro de descarga elétrica que queimou seus aparelhos, por exemplo?

Em primeiro lugar, é essencial que o segurado sempre deixe sua relação de bens protegidos atualizada. Assim, o proprietário deve informar à seguradora a presença de todos itens, como: TV, microondas, máquina de lavar etc.

Para identificar se realmente os fatos ocorreram de acordo com o que está previsto na apólice, a seguradora faz uma perícia procurando por sinais do sinistro informado. Dessa forma, ela verifica se houve muitos raios que caíram em regiões próximas, além da análise técnica nos aparelhos danificados.

O passo a passo para o segurado ser ressarcido é o seguinte:

  1. Entrar em contato com a seguradora ou corretora de seguros para  abrir o processo de sinistro;
  2. Após entregar todos os documentos que a seguradora solicitar, a companhia terá o prazo de até 30 dias para fazer a restituição dos prejuízos sofridos.

Existe algo para minimizar a probabilidade da queima de eletroeletrônicos?

Existe algo para minimizar a probabilidade da queima de eletroeletrônicos?

Algumas seguradoras do mercado oferecem algumas coberturas e assistências, no seguro residencial, que fazem até a checagem das instalações para verificar os riscos. Esse pode ser uma alternativa para você que ainda não está 100% certo da qualidade da fiação da sua casa e tem medo que algo queime durante uma tempestade.

Além disso, você pode, em caso de chuvas mais fortes e muitos raios, retirar os seus aparelhos da tomada. Em caso de queda de energia na sua residência, espere alguns minutos após o retorno para voltar a liga-los. Isso evita que haja novas quedas de energia bruscas.

Para pessoas ainda mais prevenidas, há também os estabilizadores ou filtros de linha. Essas peças auxiliam no combate das temidas “piscadas” de energia.

Pronto, agora você já sabe como funciona a cobertura de danos elétricos no seguro residencial. Caso houver dúvidas ou sugestões, deixe nos comentários abaixo!

4 / 1 voto

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *