Home » Carro » Dicas

Entenda como funciona o refinanciamento de veículo

Comprar um automóvel é um sonho para muitas pessoas. Porém, com os altos preços praticados no mercado automobilístico, a saída para conseguir essa realização é por meio do financiamento, parcelando o valor total para que o pagamento seja feito a longo prazo. Com essa divisão em prestações, muitas vezes as taxas de juros são pesadas e, na busca por diminuir esses encargos, é possível buscar o refinanciamento de veículo.

refinanciamento de veículo

Ao refinanciar um veículo, você o coloca como garantia do empréstimo feito pela instituição financeira com a qual está tratando do assunto. Ao longo do texto, explicaremos quais são os detalhes e como funciona este tipo de negociação. O que você precisa sempre ter em mente é a importância de contratar um seguro auto para proteger o seu carro.

Seja para fazer o seguro de um carro financiado ou de um que já esteja quitado, é preciso contar com uma empresa reconhecida no mercado, como a Minuto Seguros. Trabalhamos com mais de 10 seguradoras, que estão entre as melhores do Brasil. Assim, garantimos uma proposta que seja adequada ao seu perfil.

Contratando o seguro, você fica protegido contra imprevistos indesejáveis que podem acontecer no dia a dia. Roubo e furto, colisões com outros automóveis e outros tipos de sinistro são situações em que você recebe auxílio, seja financeiro, por meio de indenização para perda total, por exemplo, ou de suporte, como em casos de necessidade da assistência 24 horas.

Para cotar o seu seguro com a Minuto, basta preencher o formulário clicando no botão abaixo. Se preferir, ligue para 0800 773 3000 e fale diretamente com um de nossos consultores.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

O que é o refinanciamento de veículo?

Você já ouviu falar de uma modalidade de empréstimo que exige garantia de bens? Pois é deste tipo de contrato que o refinanciamento de veículo faz parte.

o que é refinanciamento de veículo

Neste modelo de negociação, o automóvel funciona como garantia de pagamento. Ou seja, se o cliente não arcar com as suas obrigações e deixar de quitar parcelas, a instituição financeira recebe o veículo como compensação pela dívida. Além de carros, os bens colocados no contrato podem ser um imóvel ou um terreno, por exemplo.   

Como funciona o refinanciamento?

Para realizar esse tipo de empréstimo, a instituição financeira toma como base o preço do automóvel de acordo com a tabela FIPE.

No caso da Caixa Econômica Federal, por exemplo, o máximo liberado para empréstimo é 70% do valor do veículo que consta na tabela. Já se o carro tiver de três a cinco anos desde que foi fabricado, a Caixa não concede mais do que 60%. Outras instituições podem refinanciar automóveis com até 10 anos de existência.

Para solicitar o refinanciamento de veículo, você precisa levar, no mínimo, os seus documentos pessoais mais os do veículo, além de comprovante de residência. Pode ser ainda que a instituição financeira peça para trazer outros papéis, como extrato bancário e holerite, para fazer uma consulta de renda. É importante ressaltar que alguém que esteja com o nome negativado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou Serasa, dificilmente conseguirá a aprovação.

Caso as condições de negociação fiquem acertadas entre você e o banco, ainda será necessário fazer uma vistoria no automóvel. Caso o veículo não esteja em boas condições, o refinanciamento poderá ser negado.

Posso refinanciar um veículo que não está quitado?

Sim. O refinanciamento de veículo não tem quaisquer restrições quanto a isso. Tanto se o seu carro estiver quitado quanto se ainda houver parcelas do financiamento em aberto, você pode solicitar esse tipo de empréstimo.

O que muda, é que caso você deseje refinanciar um carro que ainda não tenha sido totalmente pago, será necessário seguir algumas regras. Entre elas, você deve usar parte do valor obtido na transação para quitar sua dívida original.  

Imagine que você conseguiu um refinanciamento de veículo no valor de R$ 30 mil. Porém, ainda deve R$ 5 mil somando todas as parcelas que ainda não foram pagas do financiamento do seu carro. Neste caso, você receberá R$ 25 mil da instituição financeira para utilizar como bem entender, mas o restante será utilizado para finalizar a dívida inicial.

Por esse motivo, geralmente os bancos não aceitam fazer o refinanciamento de veículo que tenha muitas parcelas a serem pagas. Portanto, se você não está próximo de finalizar a sua primeira dívida, provavelmente não conseguirá o empréstimo.  

Em qual nome fica o veículo durante o refinanciamento?

Quando compra um automóvel por meio de financiamento de leasing, ele fica em nome da instituição com a qual você negociou até o término do pagamento. Caso você tenha feito um parcelamento em 64 vezes, o carro pertencerá ao banco até que você quite o total da dívida. Após isso, ele passa, de fato a ser seu.

Já no caso do refinanciamento de veículo, o seu carro fica em alienação fiduciária. Isso significa que, no período em que o empréstimo durar, ele fica em nome da instituição financeira, porém continua em sua posse direta.  

Quais são as principais vantagens?

Um dos maiores atrativos para o refinanciamento de veículos é a sua baixa taxa de juros. Neste caso, a opção pode ser boa para quem tem um veículo financiado que está mais próximo de ser quitado, e busca encargos menores para a sequência do pagamento.

Como quem coloca um bem como garantia de pagamento tem menor risco de inadimplência na avaliação das instituições, conseguir melhores condições no empréstimo torna-se mais fácil. Parcelar por um período mais extenso, por exemplo, é uma das oportunidades que podem aparecer.

Outro ponto positivo é que você pode refinanciar o veículo por meio de uma instituição financeira diferente. Ou seja, se você tem seu carro financiado com o banco de uma montadora, por exemplo, nada impede que opte por realizar o refinanciamento pelo Banco do Brasil. Dá mais flexibilidade para buscar as melhores condições possíveis do empréstimo.

Ficou com alguma dúvida sobre como funciona o refinanciamento de veículo? Tem alguma sugestão de pauta para nos enviar? É só entrar em contato com a gente por meio dos comentários abaixo!

5 / 1 voto

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *