Mão inglesa: paises em que os carros andam pela esquerda

mulher dirigindo carro na mão inglesa

Quer saber quais países que conduzem pela esquerda? Então você está no lugar certo. Nesta matéria, você encontra tudo sobre os países que utilizam esse sentido de circulação de tráfego.

Para quem está acostumado com o trânsito no Brasil, observar carros que têm o volante do lado direito e trafegam pelo lado esquerdo da via, pode ser muito estranho. O lugar mais conhecido por ter essa diferença de lado é o Reino Unido, mas você sabia que outros 55 países também adotam a direção desta forma?

Cote, compare e economize no seguro

Receba grátis até 17 cotações e escolha o seguro que cabe no seu bolso.

Logo Reclame Aqui A Minuto é Bicampeã do Prêmio Reclame Aqui.


Como essa prática surgiu?

Segundo Stephen Laing, curador do British Motor Museum, detentor da maior coleção de carros britânicos históricos do mundo, essa tradição é baseada em características da Roma Antiga. À época, os cavaleiros cavalgavam utilizando a mão esquerda, enquanto a direita ficava livre para as lutas. Os exércitos romanos também tinham como hábito marchar pelo lado esquerdo.

À medida que as cidades foram se desenvolvendo no Reino Unido, as carruagens e os cavalos continuam a serem conduzidos pelo lado esquerdo, característica que permaneceu com surgimento dos carros. No ano de 1835, o British Roads Act, que foi um tipo de Código de Trânsito da época, tornou lei esse hábito de tráfego.

Como citado acima, outros países que não haviam sido colonizados pelos ingleses também aderiram a essa tradição. No caso do Japão, por exemplo, isso aconteceu pelo fato de suas ferrovias, nos primórdios, terem sido projetadas por engenheiros britânicos. Eles planejaram de modo que passassem pelo lado esquerdo, o que acabou tornando-se uma regra também para os carros.

Quer saber mais sobre a mão inglesa? Então assista o vídeo abaixo do canal Guri in London que explica de forma descontraída essa história.

Mão inglesa x mão francesa: entenda a diferença

Hoje é difícil imaginar, mas nos anos 1.700, a maioria dos países tinha como hábito trafegar pela mão esquerda. Na Europa, isso começou a mudar a partir da Revolução Francesa, que fez com que diversas nações quisessem estar mais próximas das classes mais baixas. Por isso, o tráfego pelo lado direito ficou conhecido como mão francesa, enquanto o do lado esquerdo recebeu a alcunha de mão inglesa.

Nos Estados Unidos, uma ex-colônia britânica, a adoção do tráfego pela mão direita teve início também em 1.700. Neste período, carroças que eram puxadas por vários cavalos tornaram-se abundantes no país e costumavam andar por esse lado.

Como não havia um assento específico para o condutor deste tipo de transporte, ele se sentava no último dos cavalos que ficava do lado esquerdo e preferia que outras carroças passassem por esse mesmo lado para ter segurança que elas passariam a uma distância que não oferecesse perigo.  A partir daí, o hábito de circular pela mão direita permaneceu até a chegada dos carros.

Quais países  se dirige do lado esquerdo?

Além dos britânicos, nações como Índia, Austrália, África do Sul, Tailândia, Guiana e Zimbábue, por exemplo, também dirigem na mão esquerda e com o volante à direita no veículo. Todos estes países citados foram colônias inglesas, o que explica essa herança cultural.

Veja abaixo a lista completa de países que andam na mão inglesa e fizeram parte do Império Britânico ou da Commonwealth:

  • Reino Unido
  • Irlanda
  • Ilha de Man
  • Guernsey
  • Jersey
  • Malta
  • Chipre
  • Austrália
  • Barbados
  • Hong Kong
  • Guiana
  • Singapura
  • Nova Zelândia
  • Bangladesh
  • Índia
  • Samoa
  • Paquistão
  • Sri Lanka
  • Malásia
  • África do Sul
  • Trinidad e Tobago

Porém, isso não é exclusividade dos colonizados pela Inglaterra. Em Moçambique e no Japão, só para citar alguns, o trânsito segue esse padrão. Veja abaixo uma lista desses países que dirigem pela esquerda, mas não tem relação com os britânicos:

  • Tailândia
  • Indonésia
  • Butão
  • Nepal
  • Timor-Leste
  • Japão
  • Suriname

Aqui estão os 28 principais paises que diregem na mão inglesa, mas você pode conferir aqui todos os países que dirigem dessa forma.

Alguns países seguiram esse modelo e mudaram ao longo da história, em Portugal, trafegava-se pelo lado esquerdo até 1928. Na Itália, até o ano de 1920, enquanto a Argentina permaneceu com o sistema britânico até 1945. Já a Suécia adotou a prática ainda por mais tempo, abandonando-a apenas em 1967.

De acordo com um estudo da Universidade de Frankfurt, na Alemanha, cerca de 25% de todas as estradas no mundo foram projetadas para carros que tem o volante à direita e trafegam ao lado esquerdo da via.

Tire suas dúvidas

Veja abaixo as respostas para as principais dúvidas sobre a mão inglesa.

Porque o Japão adota a mão inglesa?

O Japão nunca foi colonizado pela Inglaterra, mas também conduz seus veículos pela mão inglesa. Isso pode estar ligado aos samurais, que, assim como os cavaleiros ingleses, portavam suas espadas do lado esquerdo da cintura e caminhavam pela esquerda nas vias. Existem registros que o Japão já circulava pela esquerda desde o Período Edo (1603-1869).

Existem ruas na mão inglesa no Brasil? 

A instalação da mão inglesa em sistema convencional de rodagem é inadequada, mas a legislação permite exceções se isso trouxer mais segurança para o motorista. Um exemplo são os cruzamentos muito movimentos onde é inevitável fazer a conversão à esquerda. 

Várias cidades do Brasil como Natal, Curitiba, São Paulo e Belo Horizonte adotam a mão inglesa em situações pontuais, mas a mais famosa das ruas na mão inglesa no Brasil fica localizada em Volta Redonda, no Rio de Janeiro. 

No bairro Jardim Amália, em Volta Redonda, é utilizada mão inglesa em parte da Rua Cel. Camilo de Assis Pereira – mais precisamente o trecho entre a Praça Dona Santinha até a Rua Senador Alfredo Ellis. Antes um trecho que causava acidentes e gerava muito trânsito, agora é uma rua sem acidentes como afirma Renato de Almeida, gerente de projetos da SMTU (Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana) de Volta Redonda em entrevista para a Superinteressante. 

Tirou suas dúvidas sobre os países que dirigem do lado esquerdo? Se ainda tiver dúvidas, deixe seu comentário e teremos prazer em responder.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *