Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Minuto Seguros está entre as 5 empresas mais disruptivas do Brasil

A Minuto Seguros, uma das maiores corretoras do Brasil e líder no segmento online, recebeu um marco extremamente relevante para sua história. Em um estudo produzido pela revista Consumidor Moderno, chamado MVP (Mais Valor Produzido), a Minuto Seguros ficou em 5º lugar, atrás apenas da Netflix, 99 Táxi, Adama e Reserva. Neste ranking, a Minuto está a frente de empresas como Nubank, Movile, Dr. Consulta, Bullguer, Banco Neon, entre outras.

 

Por que a Minuto Seguros está no MVP?

A revista neste ano, além de produzir o ranking tradicional MVP, separado por áreas e segmentos, destacou também as empresas disruptivas que mais geram e protegem valor para os stakeholders. Na opinião da revista, as empresas disruptivas são aquelas que vão mudar a lógica do mercado – e isso pode estar relacionado tanto à tecnologia quanto ao modelo de negócio implementado. A Minuto, neste caso, entra como uma corretora que faz venda de seguros online, mas oferece um atendimento humano, que faz parte do processo, além de oferecer uma variedade enorme de seguradoras que incluem os principais players do mercado.

minuto seguros

Dentro desse contexto disruptivo, essas empresas poderão criar novos mercados, identificar demandas não atendidas e ainda contestar modelos tradicionais de negócio. Mesmo sendo inovadoras, essas empresas têm algo essencial: a ideia de que a inovação precisa gerar resultados, não necessariamente financeiros, mas com uma importante mudança de cultura. Basicamente o que a Minuto idealiza desde a sua fundação: facilitar a vida daqueles que buscam um seguro.

Quem desenvolve o MVP?

O estudo é desenvolvido pela DOM Strategy Partners em parceria com o Grupo Padrão  e identifica quais empresas mais apresentam capacidade de proteger e gerar valor em um horizonte de 18 meses (os últimos 12 e os próximos 6). Esse é o único estudo do mercado que não se baseia apenas na análise de números ou resultados para expressar a qualidade da gestão das empresas em mais de 20 segmentos. Isso acontece, pois o estudo MVP entende que critérios financeiros não são suficientes para avaliar a qualidade da gestão de uma organização., tampouco o alinhamento de seus recursos e ativos no sentido de obter melhor performance na construção de imagem e credibilidade.

Como é feito o MVP?

Para chegar aos resultados, o estudo parte de uma amostra das mil maiores empresas do país, somada a um recorte de cerca de 200 empresas chamadas “transformadoras”, identificadas pela própria consultoria. Cada empresa apresenta um balanceamento diferente dos 62 direcionadores (causas e bandeiras, modernidade digital solidez, tamanho e modelo de negócio, por exemplo) e é o equilíbrio entre essas questões que determina quais são as companhias que mais geram valor para os diferentes públicos.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS