1. Home
  2. »
  3. Carro

É seguro comprar carros de leilão? Veja se vale a pena

Investir na aquisição de um automóvel requer um planejamento bem detalhado. Afinal, trata-se de um bem que custa um alto valor no ato da compra e também na sua manutenção ao longo do tempo. Por isso, é importante se preocupar não só com o preço do veículo, mas com diversos outros fatores envolvidos, como seu consumo de combustível, índice de depreciação, o desgaste de suas peças, entre outros fatores. Mas será que é possível analisar tudo isso quando se compra carros de leilão? 

carros de leilão

Os leilões de automóveis são motivo de certa polêmica por conta da dúvida sobre a origem dos carros, possibilidade de vir com dívidas de proprietários anteriores, entre outros temas. Muito comuns no meio automotivo, eles acontecem tanto em eventos tradicionais quanto na internet. Antes com a maioria de participação de lojistas, a presença de compradores comuns, que desejam adquirir o carro para utilizá-lo no dia a dia, tem sido cada vez maior. Por isso, ao longo do texto, vamos abordar os prós e contras desse tipo de compra, além de trazer mais informações sobre o tema. 

Importância do seguro auto

Antes de falar sobre carros de leilão, outro fator importantíssimo a se pensar ao comprar o seu automóvel é contratar um seguro auto. Afinal, o seguro protege o seu veículo dos riscos aos quais ele está exposto no dia a dia, como roubo e furto. Além disso, outros sinistros como colisão que resulte em perda total ou parcial e o auxílio por meio da assistência 24 horas estão entre os benefícios. 

Por isso, faça a sua cotação com a Minuto Seguros, a maior corretora de seguro auto do Brasil.Trabalhamos com mais de 10 seguradoras, que estão entre as melhores do País. Dessa forma, garantimos uma proposta ideal que esteja de acordo com o seu perfil.

Para cotar, basta preencher o formulário clicando no botão abaixo. Se preferir, ligue grátis para 0800 773 3000 e fale diretamente com um consultor.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Carros de leilão

Quais são os tipos de leilão de automóveis?

carros de leilão, pátio
Crédito:  Gabriel Jabur/Agência Brasília

Quando se fala em comprar carros de leilão, talvez você imagine que eles sejam todos iguais. Mas, na verdade, existem tipos distintos desses eventos cujo objetivo é vender automóveis. E as diferenças entre eles impactam, inclusive, na indicação de que se vale a pena ou não adquirir um veículo dessa forma. Por isso, separamos quatro tipos de leilão que estão entre os principais. Confira abaixo. 

Leilão do governo

Neste tipo de leilão, entram carros que foram apreendidos pelos Detran de cada estado. Ou seja, automóveis cujos proprietários estavam em débito com IPVA e licenciamento do veículo, por exemplo, são encaminhados para serem arrematados por outros compradores. Nesta modalidade, os veículos disponíveis não foram regularizados ou não foram buscados por seus antigos donos dentro de um determinado prazo. A fim de liberar seus pátios e quitar as dívidas, eles são comercializados dessa maneira. 

Leilão de bancos

Assim como os leilões do Detran, o leilão dos bancos tem como objetivo a recuperação financeira. Isto é, carros cujos donos não quitaram o seu financiamento e voltaram para a instituição que havia intermediado a compra. Para reaver seu investimento, ela coloca estes automóveis à venda desta forma.  

Leilão de seguradoras

Carros de leilão realizados por seguradoras são, geralmente, aqueles recuperados de roubo e furto, ou que passaram por outros sinistros. Por isso, neste tipo de leilão, a chance de encontrar danos nos veículos é maior. 

Leilão de montadoras

Neste tipo de leilão, entram veículos que estão passando por uma renovação de frota ou mesmo que sofreram algum tipo de dano no transporte. Por isso, como as montadoras não pretendem mais utilizá-los em suas concessionárias, colocam os carros para serem vendidos por meio do arremate de compradores. 

É bom negócio comprar carros de leilão?

carros de leilão, negócio

Antes de pensar em comprar carros de leilão, é preciso analisar com bastante cautela os prós e contras. Afinal, trata-se de um investimento para adquirir um bem de valor considerável e, obviamente, ninguém deseja sair no prejuízo. Por isso, antes de afirmar se é bom negócio ou não, o ideal é avaliar suas vantagens e desvantagens, as quais listamos abaixo. 

Vantagens de comprar carros de leilão

O maior atrativo para se comprar carros de leilão está, sem dúvidas, no seu preço. Afinal, é possível adquirir veículos dessa forma com até 30% de desconto com relação à Tabela Fipe. Então, pensando apenas nos valores gastos com a compra do automóvel naquele momento, financeiramente pode ser vantajoso.  

Desvantagens de comprar carros de leilão

A lista de desvantagens de comprar carros de leilão é mais extensa que a de vantagens. Isso porque a compra do automóvel é cercada de desconfiança, especialmente por conta das possíveis avarias que o veículo pode apresentar. E por essa desconfiança, há uma depreciação maior que faz com que a revenda do veículo possa ser dificultada no futuro, já que lojistas, por exemplo, evitam fazer esse tipo de compra.

Além disso, outra desvantagem de comprar carros de leilão está relacionada ao seguro. Para veículos adquiridos desta maneira, é comum encontrar seguradoras que não aceitem realizar a cobertura. Ainda assim, se aceitam, o mais provável é que haja uma elevação no preço do seguro. Afinal, pode se tratar de um automóvel já sinistrado e que tenha defeitos desconhecidos. 

Independentemente do tipo de leilão de origem do veículo, é provável que ele tenha ficado em pátios abertos, exposto às variações climáticas. Ou seja, tomando sol e chuva, por exemplo, o que também não é o ideal para que o carro se encontre em boas condições.  

Dicas para comprar veículos em leilão

compra carro

Se você achar que vale a pena comprar carros de leilão por conta do preço mais barato, existem maneiras de minimizar os riscos tomando algumas decisões. Uma delas é pesquisar a procedência do leilão que você vai participar, seja ele um evento em local físico ou feito por meio da internet. Verifique se o organizador tem histórico no ramo e se há reclamações de outras pessoas que já participaram. 

Verifique o tipo de leilão que se trata. Se for um leilão de montadoras, por exemplo, o risco é menor. Isso porque, em geral, se trata da venda de automóveis da própria fabricante. Já leilões de seguradoras, cujos veículos sofreram sinistros, tendem a ter carros com maior probabilidade de dar problemas no futuro.

Outra fator importante é levar um mecânico de confiança para avaliar as condições do carro. As organizadoras de leilão costumam deixar os veículos expostos alguns dias antes do arremate. Dessa forma, é possível avaliar em quais condições o carro se encontra e se vale a pena fazer o investimento nessa aquisição.

Possui alguma dúvida ou dúvida sobre a compra de carros de leilão? Mande pra gente por meio dos comentários abaixo! 

2.18 / 17 votos

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *