Qual a diferença entre a pintura sólida, metálica e perolizada?

 

pintura em carro automotivo

 

Quer saber qual é a diferença entre pintura sólida, metálica ou perolizada? Então você está no lugar certo. Nesta matéria, conheça as características e vantagens de cada uma.

Na hora de comprar um carro zero, principalmente, uma pergunta deixa os motoristas um tanto quanto em dúvida: pintura sólida ou metálica? Para quem pensa que não há grandes diferenças, se engana. Visivelmente diferente e com preços distintos, as tinturas têm bons motivos para serem ou não preferências de algumas pessoas.

Economize até 30% no seguro auto

Proteja seu carro e seu tempo de descanso com um seguro auto que cabe no seu bolso.

Logo Reclame Aqui A Minuto é Bicampeã do Prêmio Reclame Aqui.


Por isso, se você estiver com algum questionamento, analise bem os dois tipos de colorações. As variações para escolher a melhor opção podem mudar de acordo com o uso do carro e o zelo que os motoristas irão ter. No entanto, de qualquer maneira, é importante que alguns cuidados essenciais sejam tomados para prevenir a pintura do carro, independente da escolha.

Mas, para diferenciar, vamos mostrar os prós e os contras de cada um, porque a pintura metálica é mais cara que a sólida, as vantagens em escolher cada uma delas e etc. Confira:

Pintura sólida

Bem tradicional, a pintura sólida também é conhecida como pintura lisa. Ela é mais em conta, pois utiliza apenas pigmento de cores. Uma camada de laca ou esmalte é utilizada para finalização no carro. Essa opção, geralmente, é oferecida nas cores branca, vermelha e preta.

Ela é incluída sem custos pela maioria das montadoras, com exceção, em alguns casos, da cor branca, que devido a grande procura e valorização, está sendo cobrada à parte, mesmo sendo sólida.

Pintura metálica

Esse tipo de pintura já é considerada um adicional no carro devido a carga de efeito que a tinta recebe, formada por uma camada de laca e flocos de alumínio. A grande vantagem dessa opção é que ela reflete mais a luz e sempre passa a impressão de um carro mais brilhante e limpo, mesmo que, de fato, ele não esteja.

Por ser um item adicional, a pintura metálica tem um custo. Dependendo da montadora, os valores podem chegar até R$2 mil.

E a pintura perolizada?

Imagine ter pó de pérola na pintura do seu carro? Essa é exatamente a técnica utilizada nas pinturas perolizadas. Ao misturar uma quantidade de partículas de pérola e mica, um elemento mineral, na tinta, o carro ganha um acabamento diferenciado e muito bonito. Além de proporcionar a ilusão de profundidade, a principal característica dessa pintura é a mudança de tonalidade dependendo do ângulo e da iluminação. Se observada de perto, é possível ver os fragmentos de brilho que compõem essa pintura. Outra característica fundamental que justifica o seu preço mais elevado é a aplicação de uma camada extra de resina contendo as partículas de pérola entre as duas camadas de tinta.

No vídeo a seguir, do canal Pintura Automotiva Passo a Passo, saiba mais sobre os diferentes tipos de pintura para o seu carro:

Como aumentar a durabilidade e conservação da pintura do carro?

Após escolher a cor da pintura do seu carro, é importante lembrar que alguns cuidados são necessários para garantir sua durabilidade e estado de conservação. Evite, sempre que possível, estacionar o veículo em locais descobertos, onde estará exposto às intempéries como sol forte, chuvas e poluição. Não deixe o carro sem lavar por longos períodos, especialmente se for atingido por fezes de aves ou outras sujeiras desagradáveis. Uma boa prática é utilizar cera automotiva e polimento, mas evite exageros! Polir o carro sem necessidade pode ter o efeito contrário ao desejado, resultando em desgaste da pintura.

Gostou deste conteúdo? Acompanhe o blog da Minuto Seguros para saber mais dicas de cuidados com seu carro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *