1. Home
  2. »
  3. Manutenção

Reparo de parabrisa: vale a pena fazer e quanto custa

Quer saber mais sobre reparo de parabrisa? Então você está no lugar certo. Nesta matéria, você encontra como ele é feito, suas vantagens, seu valor, quando pode ser feito e muito mais sobre o conserto de prabrisa trincado.

Quando você é proprietário de um automóvel, sabe que algumas avarias ao longo da sua utilização fazem parte do processo. Como vidro que está à frente do carro, as chances do parabrisa sofrer com rachaduras é considerável. Afinal, ao pegar uma estrada de terra, por exemplo, é possível que ele receba o impacto de pedregulhos. Durante uma chuva de granizos, as pedras de gelo também podem causar estragos dependendo do tamanho e intensidade.

Independentemente da situação que cause avarias no vidro, você logo pensa no prejuízo que pode ter se tiver que realizar a troca.  Neste momento, você se questiona: vale a pena fazer o reparo de parabrisa? É isso que vamos ajudar você a entender. 

Ainda sem seguro para seu carro?
Cote grátis seu seguro auto com a Minuto Seguros, a maior corretora online do Brasil, e receba cotações de até 16 seguradoras de uma só vez.
COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Como é feito o reparo de parabrisa

reparo de para-brisa

Em primeiro lugar, para que o reparo de parabrisa seja bem sucedido, é importante que você coloque uma fita adesiva sobre a rachadura, pois se acumular sujeira ou entrar água no local, o serviço será dificultado. Também é essencial levar o seu veículo para os profissionais especializados o quanto antes, pois se as trincas aumentarem, o conserto pode ser inviabilizado.

Uma vez que o carro está com os profissionais, o reparo é feito da seguinte maneira:

  • Seu início se dá com a limpeza na região da rachadura;
  • Na sequência, é aplicada uma resina no local danificado, que vai preencher e causar um efeito semelhante ao da cicatrização;
  • Após isso é necessário aguardar esperar a secagem do material que conta com auxílio de uma luz ultravioleta.

Todo o processo de restauração leva de 40 minutos a 1h30.

Vantagens do reparo de parabrisa

Caso o seu parabrisa sofra danos que sejam passíveis de restauração, conforme citado acima, o reparo leva vantagem sobre a troca do vidro em diversos quesitos.

Além de ser mais barato, o reparo também é mais rápido, já que o tempo médio é de 40 minutos a 1h30, enquanto a troca do parabrisa pode durar cerca de 4 horas. É bom lembrar também que a restauração mantém o vidro original e suas características, o que é outra vantagem de realizar este tipo de serviço.

Outro ponto que conta a favor do reparo é a preservação do meio ambiente. Isso porque se você realizar a troca, o parabrisa danificado é descartado, o que gera resíduos que podem se acumular e prejudicar a natureza.

Quanto custa um reparo de parabrisa

Um dos benefícios está no preço. Enquanto o reparo de parabrisa pode custar entre R$ 50 e R$ 250, dependendo do modelo do veículo, um vidro novo chega a ser quatro vezes mais caro.

Além disso, o seguro pode cobrir os custos deste tipo de conserto se esta cobertura constar na sua apólice. Por sinal, é importante contratar a cobertura de danos a vidros, de modo que a proteção seja garantida.

Quando o reparo do parabrisa pode ser feito

Nem todos os prejuízos são evitáveis, pois imprevistos podem acontecer, como uma pedra da estrada que cause estrago no vidro dianteiro. Sendo assim, a primeira coisa que vem a mente é fazer o reparo, mas  não é sempre que um reparo de parabrisa pode ser feito.

Um dos fatores que condiciona essa possibilidade é o tamanho da rachadura. Para que o conserto possa ser realizado, ela deve ter, no máximo, 10 cm de comprimento e 4 cm de diâmetro, caso seja circular. Se a trinca for maior do que os tamanhos citados, o profissional não tem como garantir de forma segura que o vidro fique com as condições ideais.

Além dos tamanhos de rachadura serem determinantes para a definição de haver reparo ou não, é importante citar que, dos vidros que fazem parte do carro, apenas o parabrisa pode ser restaurado. Os laterais e o traseiro não são passíveis de conserto por serem temperados. Dessa forma, eles podem estilhaçar quando recebem impactos fortes. Ou seja, somente a troca soluciona o problema.

Quando se deve trocar o parabrisa?

Em geral, o reparo pode ser feito enquanto a trinca não exceder 10 cm de comprimento e 4 cm de diâmetro.  A região do parabrisa onde ocorreu a avaria também é relevante para saber se é possível fazer um reparo. Caso os danos seja, mais extensos será preciso fazer a troca completa.

É importante ter cuidado com as condições do parabrisa, afinal circular com ele trincado diminui a segurança na condução e ainda pode render uma multa.

Parabrisa quebrado pode render multa?

Sim! Além do risco a sua segurança e a de outros ocupantes do carro que andar com o vidro dianteiro nessas condições pode representar, as multas são mais um problema que tornam o reparo de parabrisa tão importante.

A Resolução 216/2006 do Código Nacional de Trânsito (Contran) determina que as rachaduras no parabrisa não podem ter mais de 10 cm de comprimento e 4 cm de diâmetro. Além disso, as fissuras não podem estar de forma alguma em uma região do vidro que possa atrapalhar a visualização do motorista.

Caso você seja flagrado com o parabrisa do seu automóvel em alguma das condições descritas acima, pode levar uma multa grave. Como sanção, são 5 pontos aplicados na carteira de habilitação, além do pagamento de R$ 195,23 e a apreensão do veículo até que o problema seja solucionado.

Ficou com alguma dúvida sobre o reparo de parabrisa e todas as questões envolvidas no assunto? Mande pra gente nos comentários!

3.8 / 5 votos

[addtoany]

Comentários

  1. Bom dia. Gostaria de saber se vocês podem me ajudar com uma dúvida. Meu sogro contatou o seguro PORTO SEGURO para fazer troca do vidro dianteiro do carro do meu marido, devido a uma chuva de granizo (vidro ficou todo trincado). Gostaria de saber se é normal o carro ficar há mais de 3 semanas na oficina da seguradora. Estou mandando esse e-mail pra vocês, porque não tenho o número do sinistro pra contatar a seguradora. Poderiam me ajudar a tirar essa dúvida? Agradeço desde já.

    1. Flavia, como vai? O mais recomendado é você entrar em contato com seu corretor para ele lhe auxiliar nesse processo. Mas as seguradoras possuem o prazo de até 30 dias para fazer a indenização ou conserto do veículo em caso de sinistro. O prazo passa a valer a partir do momento em que o segurado entrega todos os documentos necessários.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.