1. Home
  2. »
  3. Carro
  4. »
  5. Dicas

Qual a melhor hora de vender o carro? Veja como saber

Saber qual é a melhor hora de vender o carro é uma dúvida bastante comum entre os donos dos automóveis. A revenda de carro pode ser motivada por diversas razões, como: visitas frequentes ao mecânico, alta depreciação, insatisfação pessoal, entre outros fatores. Independentemente de qual seja o motivo, sempre há pontos que devem ser analisados entre a relação do proprietário com o veículo antes de colocá-lo à venda.

hora de vender o carro

No Brasil, o mercado de revenda de carros é bem movimentado. Isso ocorre, principalmente pelo hábito dos brasileiros de trocar de carro com poucos anos de uso. De acordo com estudos da “Connected Car Industry Report”, o brasileiro fica em média 1,7 ano com o mesmo carro. Com isso, o país fica à frente de Reino Unido e Estados Unidos, onde os motoristas levam, em média, três anos para fazer a troca.

Outro ponto importante que deve ser considerado na hora de trocar de carro, é o seu estado de preservação. Afinal, quanto melhores as suas condições, maiores são as chances de fazer um bom negócio. Portanto, tente sempre manter o máximo de cuidado com o seu veículo, fazendo as revisões corretamente.

Para deixar o seu carro sempre bem-cuidado, é preciso contratar um seguro auto. Afinal, esse é o único serviço que oferece proteção contra riscos que não podemos prever quando acontecerão, como roubo e furto.

Garanta a sua tranquilidade e faça uma cotação com a Minuto Seguros, trabalhamos com mais de 10 seguradoras do mercado para oferecer o plano ideal para o seu perfil.

Para cotar, basta preencher o formulário clicando no botão abaixo. Se preferir, ligue grátis para 0800 773 3000 e fale diretamente com um consultor.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Está na hora de vender o carro?

Quando o carro vai muito para a oficina

hora de vender o carro - O carro vai muito para oficina

Esse fator pode ser considerado como um dos principais que motivam a revenda de um automóvel no país. Afinal, manter um veículo exige o pagamento do IPVA, gastar com combustível etc. Portanto, arcar com os custos de manutenção frequentemente acaba pesando muito na balança.

Para deduzir se é a hora de vender o carro por esse motivo, é preciso analisar determinados pontos. Dessa forma, é recomendado que o proprietário identifique o que está causando tantos problemas na mecânica. Muitas vezes, realmente existe a necessidade de trocar peças de desgaste que ficam inviáveis para uso ao longo do tempo. Portanto, não deixe de checar no manual para saber quais são as peças que com o tempo ou quilometragem devem ser trocadas.

Porém, além do desgaste natural da mecânica, existem problemas maiores que podem ser gerados por outros motivos, como: colisão, cair em um buraco, passar por áreas alagadas etc. De qualquer maneira, é importante fazer um cálculo do quanto está sendo gasto no mês com a manutenção.

Quando está acima de 60 mil quilômetros rodados

hora de vender o carro - Acima de 60 mil quilômetros

A quilometragem indica a distância percorrida pelo automóvel desde sua fabricação. Portanto, quanto maior for esse número, consequentemente as peças do veículo estarão mais gastas.

Mesmo que o proprietário tenha muito apego pelo carro, é necessário reconhecer quando será necessário realizar muitas manutenções por conta do desgaste. Embora não seja totalmente correto, muitas pessoas estipulam uma determinada quilometragem para considerar a hora de vender o carro.

Quando um automóvel atinge os 60 mil quilômetros, é presumido que precisará receber mais manutenções a partir desse momento. Porém, não é um fator 100% determinante, pois pode variar de acordo com o modelo do carro, além do modo como o motorista o conduz.

Quando o proprietário não está satisfeito com o carro 

hora de vender o carro - Satisfação do dono

O nível de satisfação do proprietário com o seu automóvel é determinante para decidir se está na hora de vendê-lo. Basta analisar em que o veículo está agregando ou não em seu uso. Muitas vezes, o dono acaba decepcionando-se com determinados pontos sobre o carro ou a montadora.

O atendimento oferecido nas concessionárias ou a falta de peças, por exemplo, é algo que incomoda muitos proprietários. Afinal, esses são detalhes que podem acabar dando muitas dores de cabeça e prejuízo.

Considere as dicas que passamos para definir a hora de vender o carro. Assim, poderá ter certeza de que fará uma boa revenda. Se houver dúvidas, deixe nos comentários abaixo!

167805.57 / 115 votos

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *