1. Home
  2. »
  3. Carro
  4. »
  5. Dicas

Em época de chuva, atenção com as palhetas dos limpadores

Um dos acessórios de segurança mais importantes do carro, ainda mais quando há fortes épocas de chuva. Para que a visibilidade dos motoristas esteja nas melhores condições, as palhetas dos limpadores precisam estar em perfeito funcionamento. Caso as do seu carro não estejam, atente-se! A má visibilidade em estradas é um dos principais causadores de acidentes.

palhetas dos limpadores

Para mantê-las com o funcionamento adequado, assim com qualquer parte do carro, elas precisam de manutenções e, é claro, revisões constantes. Isso é ainda mais necessário para quem for cair na estrada. As palhetas dos limpadores precisam estar em perfeito funcionamento para evitar problemas e acidentes. É importante entender quando elas estão gastas e precisam de troca ou quando estão apenas sujas e precisam da manutenção.

Mais do que atentar-se com esse item, fazer um seguro auto é outra maneira de proteger-se contra qualquer imprevista. A Minuto Seguros, uma das maiores corretoras de seguro auto do Brasil trabalha com 13 seguradoras, que estão entre as maiores do país. Para cotar um seguro para o seu veículo e garantir proteção de perda parcial, perda total ou diversos imprevistos, preencha o formulário. Se preferir, ligue grátis para 0800 773 3000 e fale com um de nossos consultores.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Veja abaixo como manter as palhetas dos limpadores sempre em bom funcionamento e evite qualquer tipo de problema na direção do carro. Não é um exagero dizer que este é um dos itens essenciais para que você possa dirigir com segurança.

Palhetas dos limpadores dão sinais que estão gastas

Não somente as palhetas dos limpadores, mas todas as peças do sistema que compõe os limpadores dão algumas amostras que precisam ser trocadas. Isso vai melhorar a limpeza, principalmente em dias de chuva, onde a visibilidade fica prejudicada.

Alguns dos principais sinais são os riscos no vidro do carro ou um tipo de nevoa que forma, também, no para-brisa. Ruídos e vibrações, obviamente, são outros sinais – estes mais comuns – de que as palhetas precisam ser trocadas o quanto antes. São sinalizadores claros de que há problemas nessas peças e o funcionamento não está adequado.

Quem tiver um pouco mais de experiência, pode observar, a olho nu mesmo, que as peças estão tortas, quebradiças ou ressecadas. Todas essas opções anteriores influenciam diretamente na ineficiência da peça.

Substituição das palhetas dos limpadores é simples

troca de palhetas dos limpadores

Se sentir que há a necessidade da troca, fique tranquilo, pois esse é um processo fácil e que, em tese, não gera um alto custo se comparador a outras manutenções. Alinhamento e balanceamento, troca de óleo e troca de pneus, por exemplo, são revisões mais caras.

A substituição é simples e rápida, o que já é um atrativo para não deixá-las com problema, ainda mais em épocas de chuva. Inclusive, essa troca pode ser feita pelo próprio motorista, sem que haja necessidade de levar em algum lugar específico. Para trocar, basta soltar a presilha no centro da haste da palheta do limpador e encaixar a nova peça.

O preço médio de cada palheta é de, aproximadamente, R$70. Isso levando em consideração modelos populares. Para as palhetas dos limpadores traseiras, o preço cai um pouco: R$30. No entanto, para evitar – ou retardar – um pouco a troca das palhetas, uma boa manutenção pode ser fundamental.

Limpeza das palhetas dos limpadores é essencial

Para limpar as palhetas com eficiência, em primeiro lugar, é preciso remover todo o acúmulo de sujeira das palhetas. Para isso, levante-as, de modo que fiquem afastadas do vidro para facilitar a extração de sujeiras.

Use uma folha de papel toalha umedecida com água morna e sabão para iniciar o processo de limpeza. Esfregue a folha de papel toalha até perceber que a sujeira está saindo. Será simples de perceber, pois o papel ficará bem escuro.

Na hora que estiver limpando, passe o papel toalha no braço articulado e também nas dobradiças. Esse acúmulo de sujeira nessas partes pode causar o enrijecimento, o que impacta nos rangidos.

Se as palhetas estiverem muito sujas, utilize mais folhas de papel toalha para garantir uma limpeza mais efetiva. Se ainda assim o papel não estiver dando conta, passe para um paninho, também umedecido com água morna e sabão neutro.

Não deixe que as palhetas fiquem rangendo

O rangido das palhetas podem ser um sinal de que algo não está muito bom por ali. Mas isso pode ser revertido com uma limpeza simples. Lenços umedecidos com álcool são ótimos para minimizar essas rangidos e ajudam na preservação das palhetas. Não use-os recorrentemente, pois, como há álcool na composição, eles pode contribuir para o ressecamento. Isso deve ser feito somente quando os rangidos estiverem muito fortes, mesmo após uma limpeza.

Outra manutenção que pode ajudar na minimização dos rangidos é colocar um pouco de sabão neutro no reservatório do limpador. Isso ajuda a “destravar” as palhetas e dar fluidez a limpeza do vidro.

Palhetas novas têm tendência aos rangidos 

Por conta de as palhetas dos limpadores serem novas, há a tendência de elas serem duras demais. Para evitar esses rangidos, utilize um pouco de limpador de pneus, álcool isopropílico ou óleo de penetração. Esses produtos ajudam a amaciar a borracha e evitar os barulhos incômodos.

Lembre-se de não fazer esses processos e nem usar esses produtos recorrentemente, pois eles têm impacto direto no ressecamento da borracha.

Limpar o para-brisa ajuda na preservação das palhetas

O fato das palhetas se desgastarem mais facilmente é devido ao vidro do para-brisa muito sujo. Para isso, só há uma solução: limpeza adequada. A primeira indicação de limpeza é com produto próprio, como um limpa-vidros. Borrife uma boa quantidade do produto e faça a limpeza com um pano de microfibra, que não soltará pelos. Não se esqueça de usar sempre movimentos verticais.

Caso não tenha limpa-vidros, borrife um pouco de vinagre branco. Só tome cuidado com a quantidade e para que o produto não toque nas fuselagens do carro.

Se notar que o para-brisa está muito sujo, recorra ao bicarbonato de sódio. Espalhe uma quantidade razoável sobre um pano umedecido e esfregue diretamente no vidro. Mantenha os movimentos verticais e, depois, faça o enxague com água morna. Isso ajudará muito na limpeza das sujeiras mais profundas.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *