• Fale conosco

O que é perda parcial?

O que é a perda parcial?


Perda parcial é quando o veículo sofre danos em que os custos de reparação não atingem 75% do valor indicado na Tabela FipeVamos exemplificar para deixar uma situação mais clara: você tem um carro que vale R$100 mil na Tabela Fipe e ele sofre um acidente com alguns danos que precisam passar por uma vistoria para identificação da situação do carro. Ao levar para o conserto, o preço para arrumar os danos do veículo foi de R$ 50 mil. Isso significa que o carro sofreu uma perda parcial, pois o valor atingido não superou os 75% da Tabela Fipe de Carros.


No entanto, caso o valor ultrapasse R$75 mil, o veículo entrará em outra categoria, a de perda total. Imagine a mesma situação descrita no parágrafo acima: se o seu carro de R$100 mil, segundo a Tabela Fipe de Carros, sofre um acidente, mas, ao levá-lo para o conserto, os valores de reparo superam R$75 mil, significa que os estragos foram muito grandes e não compensaria mais arrumá-lo. Neste caso, a seguradora considera que o carro não tem mais conserto e devolve o preço Fipe integral.


Há algum lugar certo para fazer o conserto do carro após uma perda parcial?


No caso de uma batida com perda parcial, é você quem vai decidir se quer utilizar uma oficina credenciada da seguradora ou uma oficina de sua confiança. Mas, caso opte por uma oficina já conhecida por ter realizado outros serviços para você, é necessário que a seguradora aprove o orçamento proposto e que o local trabalhe com a sua seguradora, independentemente de qual for. Na Minuto Seguros, para facilitar esse processo, trabalhamos com mais de 10: AIG Seguros, Allianz Seguros, Azul Seguros, Bradesco Seguros, Chubb Seguros, HDI Seguros, Itaú Seguros, Liberty Seguros, Mapfre Seguros, Mitsui Seguros, Porto Seguro, Sompo Seguros, SulAmérica Seguros e Tokio Marine Seguros.


Mas, como sua corretora, a Minuto Seguros indica utilizar a rede credenciada das seguradoras por diversos motivos, que, obviamente, trarão benefícios para você: as oficinas credenciadas passam por um controle de qualidade da companhia que garante um serviço de qualidade. Além disso, tanto a vistoria do veículo quanto a liberação dos reparos são mais rápidas na rede de oficinas credenciadas. Incluindo mais alguns benefícios, diferente desses pontos, as seguradoras dão algumas vantagens para quem opta por usar a sua rede de oficinas. Alguns exemplos são: desconto na franquia, ou seja, você pode pagar menos do que está descrito na apólice, mais dias de carro reserva, etc. Vale ressaltar que cada benefício depende, também, da seguradora do seu carro e até mesmo qual o tipo de seguro que você contratou no início da apólice.


Na perda parcial, eu tenho que pagar alguma coisa?


Sim, se você acionar o seguro para consertar o seu carro em caso de perda parcial, você precisará custear uma parte, a da franquia do carro, prevista na apólice de seguro.


Franquia, para quem ainda não está familiarizado com o tema, é o valor fixado na apólice que representa a participação do segurado nos prejuízos resultantes de cada sinistro de perda parcial.


As franquias aplicadas no seu seguro do carro são “dedutíveis”, ou seja, significa que a indenização a ser paga pela seguradora corresponde ao valor total dos prejuízos, deduzindo-se o valor da franquia.


Não entendeu ainda?  A gente explica de uma maneira mais objetiva: você fez um seguro para o seu Chevrolet Onix e pagou R$2.000 por ele. Na apólice, está descrito o valor da franquia de R$2.300. Esse valor só precisará ser pago caso ocorra algum sinistro com perda parcial no carro.


Para saber mais sobre franquia, leia este texto.


Entenda sobre os termos do seguro


Se franquia ainda é um termo nebuloso e que você ainda não entende, assista ao vídeo abaixo e conheça esse e outros termos do seguro, como: sinistro, franquia, endosso, bônus e etc.