1. Home
  2. »
  3. Seguros

Apólice de seguro: tudo o que você precisa saber!

Provavelmente você já ouviu falar em apólice do seguro. Principalmente se estiver buscando a melhor opção de seguro neste momento, é imprescindível conhecer esse documento e saber o que ele representa.

Não raramente, aliás, quando algo acontece com o bem que temos segurado, como o carro, as perguntas nos são feitas em relação a ela. Quem nunca ouviu a frase: “você está com sua apólice em mãos?”

Por isso, se ainda tem dúvidas sobre o que é isso, preparamos este post! Ele te ajudará também a entender o que é preciso observar na contratação.

Veja a seguir definitivamente o que é apólice do seguro e por que você deve se atentar bastante a ela:

A apólice do seguro é a mesma coisa que contrato?

O termo é comum, mas, na prática, o que ele significa? Quando falamos em apólice, estamos nos referindo ao contrato do seguro?

Para esclarecer essa questão, se considerarmos que é no contrato em que todas as condições estão estabelecidas, sim; neste caso, ele e a apólice do seguro podem ser considerados a mesma coisa.

Ela é um documento que o segurado retém, em que toda a responsabilidade pelos sinistros ali previstos passa a ser da companhia, para fins de ressarcimento. 

É claro que em determinadas situações, auditorias podem ser feitas para saber se o segurado provocou os danos intencionalmente — casos em que seguro pode não oferecer cobertura.

Mas, em geral, nos demais casos, os mais comuns, fica definido na apólice tudo com o que a seguradora arcará — em caso de imprevistos e acidentes — dentro das coberturas mencionadas. 

Se alguma cobertura não estiver constando, ela não faz parte do contrato. 

O que deve constar na apólice?

De modo a que você entenda melhor como funciona sua apólice do seguro, explicaremos algumas coisas que devem constar nela…

É preciso que a apólice do seguro tenha todos os dados do segurado (a pessoa que contratou o seguro). Ou seja:

  • nome completo;
  • data de nascimento;
  • número do RG;
  • CPF;
  • endereço de residência.

 

Mais algumas informações pessoais também podem ser solicitadas.

Além disso, se a apólice for do seguro de um veículo, ela precisa conter todos os principais dados referentes ao bem segurado, tais quais: 

  • modelo do automóvel;
  • número do Renavam;
  • ano de fabricação;
  • ano do modelo;
  • número do chassi.  

 

Os dados do veículo e do segurado também são acompanhados, claro, das informações referentes ao seguro contratado. Isto significa que também constam na apólice a data de início e de término do seguro (vigência), tipo de franquia escolhida pelo segurado (em caso de Seguro Auto), além da listagem das coberturas inclusas e os valores estipulados para elas. 

Na apólice, também é discriminado o valor do prêmio do seguro, que nada mais é do que o preço que o segurado deverá pagar para contar com as proteções contratadas. Ademais, são informados também os canais pelos quais o cliente pode entrar em contato com a seguradora.  

Ao que você deve se atentar na apólice?

Sabendo de tudo isso, é importante que você se atente exatamente ao que contratou. 

Se não entender direito ou não tratar com uma corretora confiável, a pessoa pode ficar com a falsa sensação de que está segura contra riscos não cobertos.

Além disso, é bom verificar se o documento foi emitido corretamente. Ao pegar sua apólice do seguro, procure checar se os dados do veículo batem com o seu. Veja também se as informações pessoais estão certas.

Se houver indicação de condutor adicional no seguro, caso seja de automóvel, é necessário que os dados relacionados a esta pessoa também constem na apólice, pois a seguradora só irá ressarcir eventuais problemas que ocorram com ele se tudo estiver previsto no documento. 

Por isso, é necessário ficar atento também a este fator. 

Quando devo fazer alterações na minha apólice?

Alterações na apólice do seguro podem ocorrer e para isso é feito o que se conhece como endosso. 

Ele é um documento em que constam as modificações da apólice original. As mudanças podem ser tanto de dados pessoais ou de condutor, como de veículo — é o caso de quando você troca de carro, mas irá permanecer com a mesma seguradora.

Sendo assim, você apenas comunica essa troca e o endosso do seguro é feito, com possíveis reajustes de valores em decorrência. 

Para tanto, é necessário avisar a companhia, o que pode ser intermediado pela corretora de seguros. 

Todas as instruções essenciais serão passadas no momento dessa movimentação.

Fazendo dessa maneira, é possível ter o contrato (ou apólice) totalmente atualizado, o que evita problemas com a seguradora se algo acontecer. 

Se essas atualizações não tiverem sido feitas, a recusa de pagamento do seguro pode ocorrer. Por isso, para não ser pego desprevenido, esteja sempre atento.

Todas as apólices são iguais?

Como você pode imaginar, após conferir essas explicações, a apólice do seguro não é sempre igual. Ela varia conforme o tipo de seguro, as coberturas previstas e as informações do segurado. 

Procurar clareza e facilidade na hora de contratar é muito relevante, para que você não fique um minuto sem seguro ou sem entender o que contratou. 

Além disso, é importante se relacionar com uma corretora de confiança, como a Minuto Seguros, que lhe ajude na hora de tomar as melhores decisões para cada caso. 

Entre os motivos para fazer isso, cabe lembrar, está a integração com seguradoras de renome, a transparência e a agilidade no atendimento.

Conseguiu entender melhor agora o que é a apólice do seguro e como escolher a opção mais adequada? Comece a cotar o seu agora!

COTE SEU SEGURO NA MINUTO

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile