Home » Carro » Notícias

Robô estaciona carros em aeroporto na Alemanha

Já mostramos aqui no Blog da Minuto que a tecnologia vem, cada vez mais, ganhando espaço, ajudando motoristas e revolucionando a indústria de carros.

Conheça o robô manobrista

Mencionamos o carro sem motorista do Google, e o XchangE – o protótipo do futuro, como exemplos. Mas o que existe na Alemanha é real e está funcionando.

O aeroporto da cidade de Dusseldorf implementou um modelo de estacionamento para lá de moderno. Você tem à disposição um robô manobrista para colocar seu carro na vaga enquanto você ruma para o setor de embarque.

Chamado de PremiumPLUS-Parken, o estacionamento funciona de forma simples. Você estaciona no local marcado e marca em um painel quando o carro já estiver pronto para ser “guardado”.

Entra em ação o robô manobrista apelidado de Ray, que vai medir o veículo para encontrar a melhor vaga. Em forma de empilhadeira, a máquina encaixa e carrega o automóvel para uma das 249 vagas disponíveis no sistema.

Veja o funcionamento no vídeo abaixo, em alemão:

Com um cadastro no site do aeroporto, o usuário pode informar exatamente quando voltará de viagem. Integrado ao sistema, o robô vai identificar a data e a hora da chegada e pode deixar o carro esperando para uso em minutos.

O motorista também pode baixar um aplicativo para smartphone e informar ao robô de sua chegada, acionando a retirada do veículo antes mesmo de chegar ao estacionamento.

A grande vantagem, além de não se preocupar em procurar um local para parar, está na otimização do espaço. Por ser altamente preciso, Ray consegue colocar mais carros em uma mesma área.

Fabricado pela Serva Transport Systems, Ray consegue estacionar até 60% mais veículos no mesmo espaço. A empresa espera ainda oferecer o mesmo sistema para shoppings e outros estabelecimentos de grande movimento.

O valor para usar o PremiumPLUS-Parken no Aeroporto de Dusseldorf não chega a ser tão elevado, se compararmos com os preços que temos aqui no Brasil. Estacionar com Ray custa 4 euros por hora (cerca de R$ 12) e a diária sai por 29 euros (R$ 88, aproximadamente).

É bom que Ray seja mesmo um funcionário eficiente, uma vez que o aeroporto deve ter investido em um bom seguro auto em caso de alguma “barbeiragem” do robô.

Fonte: Exame

Comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *