Home » Carro » Dicas

Manutenção corretiva: aprenda a solucionar problemas no seu carro

Já falamos sobre manutenção preventiva e manutenção preditiva, mas o assunto da vez é manutenção corretiva, talvez, um dos maiores tormentos dos motoristas.

manutenção corretiva -

O porquê disso? Simples, esse tipo de manutenção é realizada quando o proprietário do veículo é obrigado a passar na oficina para consertar o automóvel, sem ter escapatória, pois o problema já tomou conta do carro.

Além disso, é aquele tipo de manutenção em que o veículo, possivelmente, terá que ficar mais de um dia na oficina. Quer saber mais sobre a manutenção corretiva? Então siga lendo nosso artigo!

Quando ocorre um caso de manutenção corretiva, na maioria das vezes, é porque o automóvel não passou por uma inspeção preventiva e o problema que, em tese, poderia ter sido resolvido de forma simples agravou-se.

Esses problemas mais sérios que necessitam do reparo imediato, geralmente são mais custosos devido às trocas imediatas e reparos urgentes nas peças danificadas.

A urgência para realizar uma manutenção corretiva, quase sempre, resulta em uma mão-de-obra mais cara.

Por isso, evite a manutenção corretiva e realize, sempre que possível, revisões e manutenções preventivas, que são, em geral, mais baratas e ajudam com que o carro possa rodar com mais qualidade por muito tempo.

manutenção corretiva

Na hora de revendê-lo, por exemplo, é simples identificar modelos que passaram por manutenções preventivas e os que passaram por uma manutenção corretiva.

E, para se prevenir, nada melhor do que um seguro auto. Com ele, você garante a proteção em diversos acontecimentos corriqueiros do dia a dia, como batidas, roubos, furtos etc. Além de contar com assistências 24 horas e inúmeros benefícios concedidos pelas seguradoras.

Contrate agora mesmo o seu seguro auto com a Minuto Seguros, a maior corretora de seguro online do país, com cotações em mais de 10 seguradoras.

Dessa forma, é muito mais simples encontrar um plano que atenda às suas necessidades. Clique no botão abaixo, preencha o formulário ou, se preferir, ligue grátis para 0800 773 3000 e fale com um de nossos consultores.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Saber um pouco mais sobre manutenção corretiva é importante, pois o motorista começa a ter noção de que, na maioria dos casos, ela é desnecessária e poderia ter sido evitada.

O simples ato de calibrar os pneus regularmente pode salvar os veículos de diversos problemas, entre eles, os gastos excessivos.

Alguns estudos apontam que quem não realiza a calibragem de pneus corretamente dentro do prazo pode gastar até R$600 a mais no ano por conta dos pneus baixos.

Isso se deve à dificuldade que os carros terão para obter um desempenho melhor, fazendo com que o motorista precise acelerar mais para obter o mesmo resultado. Se o veículo estiver mais pesado e for habitual andar com mais pessoas e o porta-malas cheio, o gasto pode ser ainda maior.

O que é a manutenção corretiva?

manutenção corretiva - O que é a manutenção corretiva?

A manutenção corretiva funciona da seguinte maneira: o reparo só é feito após a ocorrência do problema, ou seja, quando alguma peça quebrou ou está com mau funcionamento, comprometendo a utilização em perfeitas condições do carro.

Não realizar a manutenção corretiva pode causar a parada do carro, uma pane elétrica ou ainda causar redução do tempo de vida útil do veículo, influenciando diretamente na performance e aumento do consumo.

Mas, por que os veículos precisam passar por manutenções corretivas? Isso acontece, porque, em geral, a manutenção preventiva não foi feita da maneira adequada, houve má qualidade nas peças colocadas durante as revisões ou uso indevido do carro.

Quem tem um automóvel deve saber que a manutenção corretiva deve ser evitada ao máximo com a correta conservação do veículo e revisões periódicas, de acordo com a indicação da montadora.

E o que é a manutenção preventiva?

manutenção corretiva - E o que é a manutenção preventiva?

Depois de abordar o assunto da manutenção corretiva, entender, ao menos brevemente, o que é a manutenção preventiva, lhe ajudará a fazer com que o carro esteja sempre em ótimo funcionamento.

A manutenção preventiva tem como objetivo principal reparar os problemas e falhas antes deles acontecerem, principalmente quando isto está em vias de ocorrer. Esse ganho na manutenção preventiva é extremamente positivo para a vida útil do carro, além de ser uma economia para o bolso dos motoristas.

A manutenção preventiva auxilia na redução de custos e aumenta a eficiência da manutenção efetiva, que nem sempre é algo muito complicado, como uma troca de óleo ou a troca da correia dentada. Um simples reparo, normalmente, é bem barato de ser feito e previne contra inúmeros problemas.

Quem está pensando em economizar na hora de realizar a manutenção preventiva do carro precisa parar fazer uma pesquisa assertiva com o cuidado de não pagar a mais por algo que nem é tão complexo assim.

Uma revisão básica em uma concessionária pode custar 25% a mais do a feita em uma mecânica tradicional, mas com a mesma eficiência.

Vá atrás de profissionais e empresas que realizem as manutenções por preços justos, afinal, de nada adianta fazer manutenções preventivas e pagar pelo mesmo preço que uma manutenção corretiva.

E a manutenção preditiva?

manutenção corretiva - E a manutenção preditiva?

A manutenção preditiva, diferente da manutenção corretiva e da preventiva, baseia-se em quatro pontos que precisam ser analisados nos mínimos detalhes.

Nessa inspeção, será possível identificar exatamente o que o carro pode estar apresentando ou tem probabilidade de apresentar num futuro breve. Esses estudos e análises feitas na manutenção preditiva seguem os seguintes critérios: análise de vibrações, análise de óleo, análise estrutural e análise do estado das superfícies.

As análises de vibrações precisam entender possíveis anomalias. É natural que algumas vibrações sejam emitidas por conta de válvulas e engrenagens, mas não é normal que elas causem impactos graves no carro, como vibrações no arranque do carro ou na caixa de direção.

Já a análise dos óleos é fundamental e processo necessário para a saúde mecânica do veículo. Como em qualquer outra máquina, os óleos do carro precisam estar em perfeito funcionamento, pois as engrenagens necessitam de lubrificação. Trocar periodicamente o óleo, de acordo com as indicações da montadora, faz parte das manutenções preditivas.

Agora, as análises do estado das superfícies é mais uma olhada geral, já que pode ser feita visualmente. Nessa análise com os olhos, veja se nenhuma peça está apresentando algum desgaste ou algum tipo de anomalia, seja de corrosão, coloração diferente, etc.

Por fim, a análise estrutural tem por base observar possíveis trincas, vazamentos, problemas de rachaduras, ressecamentos e afins.

Entendeu como funciona a manutenção corretiva e quando optar por ela? Então não se esqueça de manter seu carro seguro e protegido para evitar dores de cabeça!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *