Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Honda aposta em motor turbo e novas tecnologias com o novo Civic

Surpreendente. Essa é a palavra que melhor pode definir o novo Civic. Lançado no Brasil em meados de julho de 2016, o modelo veio para revolucionar o mercado nacional com muita tecnologia e um design matador.

A Honda aposta tanto nesse modelo que, nos Estados Unidos, um protótipo do Civic Si está em fase de finalização e promete revolucionar o mercado automotivo.

O motivo? A versão esportiva de um dos carros mais vendidos da marca será equipada com o mesmo  motor turbo 1.5 que equipa o modelo vendido no Brasil, mas dessa vez com câmbio manual de 6 velocidades e tem tudo para ser o mais rápido da história do modelo. Sim, é isso mesmo que você leu! O novo Civic Si pode ser a versão mais rápida já feita para o modelo.

Ele foi apresentado na véspera do Salão de Los Angeles com uma arquitetura renovada, dando base para o lançamento da 10ª geração, aquela lançada no Brasil em meados de julho. A escolha do motor 1.5 turbo também para a versão Si tem causado alguma  controvérsia e desconfiança por parte dos entusiastas, já que a versão anterior do esportivo era equipada com um motor 2.4 aspirado, com 206 cavalos de potência.

Porém, com o uso do turbo e de toda a tecnologia que a Honda empregou no modelo, a promessa é que o motor menor seja ainda mais potente que o antigo 2.4. Não entende muito bem a diferença entre motores turbo e aspirados? Não se preocupe, explicamos neste texto.

O que esperar da família Novo Civic?

Já que a Honda não quis abrir detalhes técnicos do Si, resta-nos especular.  Com essa informação, pode-se prever que o novo Civic Si terá muito mais que os 176 cavalos da versão nacional. O detalhe do câmbio manual de seis marchas é outro ponto a favor, que também só estará disponível na versão esportiva.

Quem está ansioso pelo lançamento, a Honda prometeu que o esportivo será lançado nos EUA em 2017, com as carrocerias sedã e cupê. O posicionamento do novo Civic SI ficará abaixo do Type-R, considerado o Civic mais hardcore da família. Mesmo sendo um protótipo, o novo Civic é bem próximo da versão final, inclusive com as rodas de 19 polegadas e o kit aerodinâmico. Apenas a cor vermelha não é garantia que estará nos veículos finalizados.

Atualmente, a versão do novo Civic SI é vendida no Brasil, na versão cupê, com um motor 2.4 de 206 cavalos, com transmissão manual. O preço sugerido para a comercialização gira em torno de R$132 mil. Não sabe identificar os diferentes modelos do Civic? Não se preocupe, ao final deste texto você será um grande conhecedor do modelo mais icônico da Honda!

Tão importante quanto conhecer os carros e os modelos do novo Civic é fazer um seguro para ele. Andar com tranquilidade pelas ruas, protegido contra furtos, roubos e batidas dá uma segurança muito maior ao motorista. Na Minuto Seguros você pode fazer a sua cotação online e receber diversos planos e preços de acordo com o seu perfil. É rápido, descomplicado e transparente. Cote agora!

O Novo Civic Nacional

Ficou animado com o novo Civic Si? Bom, você pode ter um gostinho do que vem por aí já com o novo Civic comercializado no Brasil. Os carros compartilham a mesma carroceria, chassis e mecânica. As diferenças ficarão no mapeamento e comportamento mais esportivo do Si.

Comercializado desde 25 de agosto, o novo Civic pode ser adquirido por preços a partir de R$87,9 mil podendo chegar até a R$124,9 mil, dependendo do modelo escolhido. É a primeira vez na história que um Honda Civic ultrapassa R$100 mil, algo que alguns concorrentes, como o Corolla já havia feito. Aproveite e confira um pouco sobre a rivalidade entre Civic x Corolla.

O Civic mais recheado de equipamentos e opcionais

O modelo do novo Civic mais básico, vendido por R$87,9 mil, conta com os seguintes itens de série:

  • ar-condicionado digital;
    assistente de partida em rampa (HSA);
    câmera de ré e controles ao volante;
    central multimídia com Bluetooth;
    controle de velocidade de cruzeiro;
    controles de tração e estabilidade;
    direção elétrica;
    entrada USB;
    faróis de neblina;
    sistema Isofix para fixação de cadeirinhas;
    freio de estacionamento eletrônico;
    luzes diurnas de LED (DRL);
    vidros elétricos com função “um toque” para subida/descida em todas as posições;
    velocímetro digital;
    6 airbags.

Bastante completo, não é mesmo? O motor 2.0 flex faz parte de quase todas as versões: Sport, Sport com câmbio CVT, EX e EXL. A única que destoa é a versão Touring, que terá o motor 1.5 turbo – o mesmo que será usado no modelo Si.

As versões que estão entre a mais barata e a mais cara podem incluir equipamentos como: um câmbio CVT com paddle-shifts para mudanças de marcha; bancos de couro; painel de instrumentos digital; retrovisores rebatíveis com repetidores de seta; acabamento cromado; tela multimídia de 7 polegadas sensível ao toque, com navegador e compatibilidade com CarPlay, da Apple, e Android Auto, do Google, que reproduzem os recursos dos smartphones com esses sistemas; painel de instrumentos totalmente digital e com tela de TFT.

Já a versão considerada topo de linha, conhecida como EXL, contêm todos os itens citados acima, mais:

  • câmera abaixo do retrovisor direito que mostra as imagens na tela central, para auxiliar em mudanças de faixa;
    partida por botão e entrada sem necessidade de chave;
    sensor de estacionamento dianteiro e traseiro;
    8 opções de ajuste elétrico para os bancos dianteiros;
    sensor de chuva (para o limpador de para-brisa);
    retrovisor que escurece à noite; teto solar elétrico;
    detalhes em alumínio nas portas e no painel e maçanetas externas cromadas;
    faróis full LED.

O preço final dessa versão pode chegar a custar mais de R$ 124 mil. Um preço que pode assustar no começo, mas que certamente faz jus a todas as características do carro. Um novo Civic totalmente repaginado e com potencial para figurar de vez na preferência dos motoristas e começar a disputar o mercado antes ocupado pelos modelos de entrada da Audi, BMW e Mercedes.

O novo Civic é um carro que chegou para revolucionar

Principalmente por causa do motor turbo 1.5 de 4 cilindros que desenvolve 173 cavalos, três a menos do que o modelo dos Estados Unidos, o novo modelo do Civic é uma aposta alta da Honda. O câmbio do tipo CVT, para a versão mais cara, é mais um chamariz, pois foi desenvolvido especialmente para este motor.

Se nos atermos aos números de desempenho do veículo, eles podem surpreender. Com o torque podendo chegar ao máximo de 22,4 kgfm, um pouco menor do que a primeira versão Si, que atingia o máximo de 23,9 kgfm, mas consideravelmente maior que a versão brasileira 2.0, que chega a 19,3 kgfm.

Faça um seguro para o seu novo Civic

Andar com um carro como esse desprotegido é muito arriscado. Mesmo que você seja um motorista experiente e garanta que tem totais habilidades para guiar o carro, nunca se sabe quando um imprevisto pode acontecer. Para isso, é melhor garantir e contratar um seguro auto.

Na Minuto Seguros podemos fazer um plano de acordo com as suas necessidades e que atendam o seu bolso. Faça uma cotação agora mesmo e receba opções de diversas seguradoras, em um processo on-line, muito mais rápido, principalmente para quem não tem tempo.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS