Home » Institucional

Minuto Seguros marca presença no maior evento de inovação em seguros da América Latina

A Minuto Seguros, uma das principais insurtechs do país, esteve presente no CQCS Insurtech & Inovação, o maior evento de inovação em seguros da América Latina. Fundador e CEO da Minuto Seguros, Marcelo Blay foi uma das atrações do primeiro dia de atividades.

Marcelo participou de dois painéis: no primeiro, o empreendedor apresentou o tema “Em busca da nova fronteira no mercado de seguros – Para onde estamos indo?”, trazendo análises interessantes sobre os rumos que o ramo de seguros podem tomar nos próximos anos.

“Tentei mostrar para onde o mercado está indo. Na minha visão, a tecnologia é importantíssima, sim, mas não se pode perder a centralidade do cliente. Os produtos serão cada vez mais feitos sob medida para o cliente, com uma melhor precificação, um sinistro humanizado e um atendimento personalizado. Mas não acredito que o computador vai substituir o calor humano”, relatou Marcelo em contato com o CQCS.

minuto seguros marcelo blay cqcs insurtech inovação

Além desse painel, Marcelo também esteve presente em um debate com André Gregori, da Thinkseg, e Henrique Volpi, da Kakau Seguros, sobre os desafios e aprendizagens de montar uma grande insurtech. Entre os pontos abordados, Marcelo comentou a importância de falar o que aprendeu durante esse processo.

“Acredito que mostrar a experiência vivida para a criação de uma insurtech pode ajudar as pessoas a antecipar os pontos que precisam se atentar para evitar problemas e verificar os acertos, além de dar importância para o que vai fazer a real diferença e o que não é tão fundamental assim. Penso que, para pessoas que estão começando, são ideais importantes, que ajudam na caminhada. Mais do que chegar ao destino final, a trajetória é o que vai fazer a diferença”, disse Blay.

Sobre os temas abordados durante o debate, Blay falou brevemente quais foram os tópicos principais da apresentação no CQCS Insurtech & Inovação.

“Falei um pouco sobre a filosofia de montar uma insurtech e o que é necessário para alcançar os objetivos, sobre a governança, estruturação e gestão de pessoas e processos. Também mencionei questões relacionadas a parte societária e captações de recursos e, não menos importante, é claro, ao que se refere às partes que mexem com as nossas emoções: decepções, saúde física e mental etc. É uma montanha russa de emoções. Foi bastante proveitoso e um debate rico”, finalizou.

4.92 / 13 votos

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *