Entenda a diferença entre rastreador, localizador e bloqueador

Quer entender a diferença entre rastreador, localizador e bloqueador veicular? Nesse artigo, você encontra as principais características de cada um. Confira!

GettyImages 1283998246 1 Entenda a diferença entre rastreador, localizador e bloqueador
driver using direction navigation on GPS map on the screen of mobile smartphone in the car

Com o alto índice de roubos de carros no Brasil, proteger o seu bem — para evitar transtornos e uma perda significativa no patrimônio — é tão necessário quanto indispensável. Nesse contexto, equipamentos como o rastreador, localizador e bloqueador, que auxiliam na busca pelo veículo roubado, são ferramentas essenciais, sendo comumente solicitadas pelas próprias seguradoras.

Cote, compare e economize no seguro

Receba grátis até 17 cotações e escolha o seguro que cabe no seu bolso.

Logo Reclame Aqui A Minuto é Bicampeã do Prêmio Reclame Aqui.


Embora não seja uma regra, instalar um rastreador, bloqueador ou localizador no carro pode, inclusive, reduzir o preço total do seguro. No entanto, ainda hoje muitas pessoas têm dúvidas sobre a real diferença entre esse tipo de equipamento de segurança. Pensando nisso, neste post explicaremos o funcionamento de cada um, diferenças e vantagens.

 

Qual a diferença entre rastreador, localizador e bloqueador?

Considerando algumas questões de segurança pública no Brasil, o aumento de roubos de carros faz com que o mercado de automóveis se atualize no sentido de proteger o patrimônio dos cidadãos.

Justamente por isso, hoje em dia é possível encontrar uma série de soluções para garantir a segurança dos veículos por meio de tecnologias de rastreamento veicular. Portanto, se você tem dúvidas sobre as diferenças entre as funções desse tipo de ferramenta, descubra, a seguir, o que significa cada um dos componentes.

Bloqueadores

O mais simples dos três equipamentos, o bloqueador para carros é um dispositivo que pode ser utilizado para travar o veículo e impedir que ele se movimente sem a permissão do proprietário, por exemplo. A principal diferença é que, neste caso, ele não disponibiliza detalhes sobre a localização do veículo.

Na prática, quando o indivíduo é vítima de roubo ou furto, as seguradoras emitem um comando de bloqueio por radiofrequência, fazendo com que o veículo seja imediatamente bloqueado através do corte de fornecimento de combustível. Para tanto, é necessário que o carro esteja dentro da área de cobertura da transmissão.

Localizador

Como o próprio nome sugere, o localizador de carros é um dispositivo cuja função é determinar a localização de um automóvel de forma tão precisa quanto possível, seja ele um carro, moto ou caminhão.

Porém, a localização fornecida pelo aparelho é normalmente menos precisa, pois o sistema utiliza técnicas de radiofrequência, o que limita as áreas de cobertura em regiões metropolitanas ou cidades pontuais.

Neste caso, portanto, o alcance é prejudicado, sendo os dados fornecidos de maneira imprecisa. Ademais, o localizador também pode contar com a função de bloqueio do veículo. Por isso, é um dispositivo útil e muito utilizado.

Rastreador

Diferentemente dos outros dispositivos, o rastreador é um equipamento mais sofisticado e oferece uma solução mais completa. Em geral, esse tipo de modelo mostra onde o veículo está de maneira mais precisa, além de todo o trajeto percorrido pelo carro.

Isso pode ser especialmente útil em casos de furto ou roubo, já que a central de rastreamento recebe o sinal de localização dos automóveis em tempo real e de maneira constante.

O rastreador utiliza receptores de sinais de rede de celulares (GPRS) e um modem de celular. A partir desse tipo de tecnologia, fica mais fácil a transmissão dos sinais do veículo, bem como a localização precisa do perímetro em que ele se encontra.

Como funciona o rastreador com seguro auto?

Ao contratar um seguro auto com serviço de rastreamento veicular, fica mais fácil a localização e recuperação do carro em caso de furto ou roubo. No entanto, além disso, em caso de eventualidades no trânsito, o segurado tem a segurança de que eventuais danos sofridos serão devidamente reparados.

Cabe destacar que, quando um veículo é roubado e não é possível fazer a recuperação do bem, o segurado tem direito a ser integralmente ressarcido no valor do bem. Prevista nas apólices de seguro, essa garantia tem como finalidade possibilitar a compra de um novo veículo em caso de furto ou roubo sem que ele seja devidamente localizado.

Por outro lado, quando há um seguro auto com rastreador, a taxa de sucesso de localização é bastante elevada, o que significa que os veículos normalmente são encontrados com facilidade. Neste caso, havendo danos no carro, o valor indenizatório devido corresponderá ao prejuízo registrado, mediante pagamento da taxa de franquia.

Vantagens do rastreador veicular

Utilizar um rastreador veicular pode oferecer tantas vantagens em situações específicas, que o seu uso é amplamente recomendado. Quer saber mais sobre algumas delas? Então, confira a seleção que preparamos sobre os benefícios do uso deste equipamento:

Suporte em casos de roubos e furtos

Como vimos, no caso de roubo ou furto de um carro, a seguradora é automaticamente acionada a fim de tentar localizar e recuperar o bem imediatamente. Em geral, veículos que possuem uma proteção com o serviço de rastreamento tem até 98% de chance de serem recuperados pela força de segurança pública.

Auxilia na segurança pessoal

Além de roubos de carros, a prática de sequestros relâmpagos cresceu de maneira significativa nos últimos anos. Nos grandes centros, esse tipo de crime é bastante comum e tem como alvo pessoas que podem se tornar vítimas de extorsão. Nesse sentido, o rastreador conta também com uma outra funcionalidade interessante para a segurança pessoal: o botão de pânico.

Além de rastrear mais rapidamente o bem, a central de monitoramento da seguradora recebe sinais silenciosos em caso de perigo. Outra tecnologia que também ajuda a garantir maior segurança pessoal é a chamada “cerca eletrônica”, que estabelece um perímetro mais seguro para o trânsito do veículo segurado. Ao ultrapassar a faixa de segurança, o condutor é alertado via e-mail ou SMS.

Permite ouvir o que acontece dentro do carro

Dependendo do modelo do rastreador e da tecnologia empregada nele, alguns equipamentos possibilitam às companhias de seguro monitorar o que está se passando dentro do carro. Em uma eventual circunstância de perigo, por exemplo, os profissionais identificam o risco e acionam o policiamento para agir, especialmente em caso de sequestros onde o consumidor ficou impossibilitado de acionar o botão do pânico.

Deixa o seguro auto mais barato

Como destacamos brevemente, o rastreador veicular com seguro auto é uma forma de deixar o valor do seguro menor. Isso acontece porque esse equipamento auxilia na busca e recuperação do bem furtado ou roubado. Justamente por isso, as empresas seguradoras oferecem descontos que, em geral, podem chegar até 30% do valor normal da proteção, já que há menor risco de roubos em que não é possível recuperar o bem.

Agora que você já sabe as principais diferenças entre rastreador, localizador e bloqueador, que tal fazer uma cotação de seguro auto? Assim, você evita situações de perigo e ainda protege o seu patrimônio contra acidentes de trânsito.

Preencha nosso formulário ou ligue gratuitamente para 0800 882 0656 e fale com um consultor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *