Direção assistida: saiba o que é e qual sua importância

Direção assistida - na imagem pessoa dirigindo um carro com direção elétrica.

Quer saber o que é direção assistida? Então você está no lugar certo. Nesta matéria, você vai entender tudo sobre ela, os tipos existentes e sua importância. Confira!

Já parou para pensar quantos componentes do seu carro você não conhece ou nem faz ideia de como funciona? Nós pensamos e trouxemos um artigo completo sobre a direção assistida, você sabe o que é?

Economize até 30% no seguro auto

Proteja seu carro e seu tempo de descanso com um seguro auto que cabe no seu bolso.

Logo Reclame Aqui A Minuto é Bicampeã do Prêmio Reclame Aqui.


O sistema de direção conta com esse elemento desde os anos 80, mas nem pensamos muito sobre sua importância, porque muitos motoristas conduziram carros sem essa assistência. 

O que é direção assistida?

Vista como um sistema simplificado, a direção assistida auxilia o motorista com o manejo do volante. Ela torna a ação de esterçar, ou girar o volante, mais leve, exigindo menos força do condutor.

O esforço reduzido é resultado de uma comunicação mais clara entre o veículo e quem o dirige, pois há um controle maior. Desse modo, o condutor consegue fazer manobras e direcionar a tração das rodas em equilíbrio com o peso do carro.

As direções mais antigas costumam ser pesadas e o motorista sente dificuldade em girar o volante. Nesses casos, ele precisa aplicar muita força na ação e isso não é uma tarefa segura.

Qual a função da direção assistida? 

Simplificando, a direção assistida foi criada para amenizar o esforço do condutor na hora de aplicar força para fazer o veículo manobrar. Sem a direção assistida seria muito mais complexo fazer qualquer manobra. 

Para entender melhor como ela faz isso, consulte o tópico abaixo.

Como ela funciona?

O propósito da direção assistida é diminuir os esforços do motorista durante a condução, utilizando a pressão hidráulica no movimento. Assim, situações em que é exigida uma força maior para girar o volante se tornam mais seguras.

O sistema faz uma compensação da força exercida ao volante, facilitando seu manuseio. Não importa o quão grande ou pesado seja o veículo, essa assistência vai oferecer conforto e leveza enquanto o motorista dirige. 

Em relação à manutenção, há um custo mais baixo que nas direções manuais, por conta do fácil acesso aos seus componentes. O custo-benefício desse tipo de sistema evoluiu com a tecnologia e surgiram novos modelos, como direção hidráulica, elétrica, etc.

Veja abaixo o funcionamento da direção assistida em um automóvel.

Quais são os três tipos de direção assistida existentes?

Apesar de inicialmente ser associada com a direção hidráulica, essa é apenas um dos tipos de direção existentes. Por isso, vamos mostrar todas as variações e explicar suas características distintas.

Lembrando que, quanto mais moderno for o veículo, mais o volante tende a ser confortável e fácil de girar. Confira abaixo um pouco mais sobre as direções mecânica, hidráulica, eletro-hidráulica e elétrica:

Direção Hidráulica

A tecnologia de direção assistida hidráulica é o modelo mais comum presente no mercado automotivo e também foi o primeiro a surgir. Seu funcionamento se dá a partir de uma bomba de água (fluido hidráulico) ativada pelo motor do carro. 

Assim, o óleo que compõe o sistema do veículo é conduzido até as partes necessárias, permitindo a movimentação do volante sem muito esforço. Por conta do seu envolvimento com o motor, ela rouba um pouco de potência e exige um consumo maior de combustível.

Também é importante estar atento quanto à manutenção periódica, pois a bomba precisa ser trocada para evitar rompimentos e vazamentos. Mesmo tendo algumas desvantagens, a direção hidráulica possui um custo muito baixo de produção, favorecendo sua escolha.

Direção Eletro-hidráulica

As direções desse tipo atuam de forma similar às do sistema hidráulico, contudo, não é o motor do carro o responsável por sua ativação. Carros com direção eletro-hidráulica possuem um motor elétrico para executar a ação.

Desse modo, uma das principais características dessa direção é o não comprometimento da potência do motor. Em relação ao conforto, leveza e praticidade para o manuseio do volante seguem o mesmo padrão.

Contudo, um sistema como esse pode elevar o custo de aquisição do carro em até três vezes mais que a direção hidráulica. Vale ressaltar que, por conter as mangueiras hidráulicas e o fluido, também necessita de manutenção periódica.

Direção elétrica

Os avanços tecnológicos em relação aos componentes veiculares chegaram à direção elétrica, modelo mais moderno. Seu funcionamento também não depende do motor, tendo um próprio para seu uso comandado por uma central eletrônica. 

O volante emite um alerta para esse módulo e ele é responsável pela ativação do motor elétrico. Esse tipo de direção assistida é muito utilizado em automóveis compactos ou que possuem motores com menos potência.

Diferentemente da eletro-hidráulica, o custo é menor, porque se trata de um sistema mais leve e simplificado. E, ainda, não possui necessidade de manutenção contínua como os demais tipos de direção.

Qual a diferença entre direção assistida e hidráulica?

Mesmo a direção hidráulica sendo um tipo de direção assistida, ela possui alguns pontos que a diferem das demais. 

Basicamente, ela utiliza vários componentes para auxiliar no controle do volante durante a movimentação. E, nesse processo, é utilizada parte da potência do motor para a ação do sistema.

Enquanto isso, outros modelos de direção não utilizam tantos componentes assim. As demais direções assistidas nem sequer “roubam” a força do motor durante a execução da tarefa.

Os custos também diferem entre eles. O sistema hidráulico é mais barato que o eletro-hidráulico e o elétrico.

Para mais detalhes, leia nosso artigo sobre direção hidráulica e elétrica e descubra qual é a melhor.

O que quer dizer direção não assistida?

A direção não assistida é a manual ou mecânica. Nela a força aplicada para o sistema funcionar e o volante girar parte toda do motorista. Esse tipo de direção é o modelo mais antigo, pois não conta com nenhum auxílio

O sistema é composto pela coluna de direção, árvore de direção, caixa de direção, barras de direção e braços de direção. A maior característica desse modelo é a rigidez e a sensação de estar lidando com algo pesado enquanto dirige.

Quais os principais problemas na caixa de direção?

Quando você começa a sentir dificuldades para fazer manobras pelo volante estar duro, talvez possa haver problemas na direção assistida. Esse componente diminui o esforço necessário para realizar a movimentação das rodas e do carro.

Entre as principais situações que podem requerer sua atenção, estão:

  • Barulhos estranhos no motor;
  • Engrenagens desajustadas;
  • Direção com muita resistência;
  • Trepidação no volante.

Entenda um pouco mais sobre esses problemas lendo nosso guia sobre problemas na caixa de direção e não deixe de procurar uma oficina para continuar dirigindo com segurança.

Tire suas dúvidas

Veja abaixo as respostas para as principais dúvidas sobre direção assistida. 

O que compõe a caixa de direção?

A caixa de direção é composta pelo volante, o pinhão e a cremalheira e a direção assistida. É nesse local que são determinados os direcionamentos das rodas e do veículo. Essa peça também é considerada uma das mais importantes em relação à segurança para dirigir.

Sua função é atuar em conjunto com as engrenagens para proporcionar a rotação do volante e, consequentemente, do carro.

Como já explicamos sobre a direção assistida, abaixo falaremos brevemente sobre os outros componentes, confira:

  • Volante – Não há uma conexão direta entre o volante e a caixa de direção, eles são ligados a partir de uma coluna. Assim, para iniciar o processo de direção do veículo é preciso girar essa peça.  Quando isso acontece, é desenvolvido um trabalho em conjunto com outros componentes necessários para a movimentação do carro.  No momento em que o volante é girado, a coluna na qual está ligado faz a mesma ação e passa adiante a tarefa.
  • Pinhão e cremalheira – o pinhão é uma peça que liga a coluna com a caixa de direção através de seus dentes para mudar o direcionamento do volante.  Por outro lado, a cremalheira, que possui semelhança com um trilho, vai enviar a força obtida no giro do pinhão para as rodas.

Entenda um pouco mais sobre ela lendo nosso guia sobre a caixa de direção .

Gostou de entender tudo sobre a direção assistida? Então compartilhe este conteúdo com pessoas que você gostaria que entendesse mais sobre esse assunto.

Um comentário em “Direção assistida: saiba o que é e qual sua importância

  1. Possuo um Fiat cronos e ascendeu a luz no painel referente a direção assistida. Logo após a roda dianteira ter um “pequeno atrito com o meio fio”.

    Obs: a direção continua funcionando perfeitamente. Porém, a falha não aparece no computador e devido a isso não consigo apagar essa falha apagando essa luz acessa no painel… Se alguém souber como me ajudar agradeço. Abraços

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *