1. Home
  2. »
  3. Carro
  4. »
  5. Seguro

Chassi remarcado: seguradoras aceitam fazer o seguro?

Remarcar o chassi é algo que pode ser necessário quando há uma colisão muito grave que prejudique a estrutura do veículo. Com isso, mesmo que o carro ainda seja o mesmo, um monte de dados serão diferentes, pois é necessário fazer uma documentação nova. Além disso, há outras questões sobre a desvalorização e também a aceitação do seguro com o chassi remarcado. Para saber mais sobre este assunto, continue lendo.

chassi remarcado

Se tem algo que muitos proprietários sabem, é a existência de regras e questões para aceitação das seguradoras. Dessa forma, para alguns carros específicos, não existe tanta facilidade para conseguir fazer uma cotação de seguro, dependendo de alguns pontos. Quando o veículo possui modificações, por exemplo, as companhias preferem não segurar aquele automóvel, porém, isso pode variar entre as seguradoras. Mas, há como ter carros tunados obedecendo às leis.

Seguro auto

Se você está em busca de um seguro de carro, aproveite para falar com nós da Minuto Seguros! Somos a maior corretora de seguros online do Brasil e trabalhamos com mais de 10 seguradoras que estão entre as melhores do país. Isso, traz garantia para um seguro de qualidade e dentro de todas as normas.

Para cotar, basta preencher o formulário clicando no botão abaixo ou, se preferir, ligue grátis para 0800 773 3000 e fale diretamente com um consultor.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Agora, veja tudo o que você precisa saber sobre chassi remarcado e o que as seguradoras podem fazer a respeito disso.

Chassi remarcado

Seguradoras aceitam?

Essa é uma questão bem complexa quando estamos falando de seguro auto. As seguradoras, particularmente, têm as suas próprias regras quanto às aceitações de seguro de carros com chassis remarcados. No entanto, todas precisam seguir um padrão que é indicado pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados). Este é o principal órgão que regulariza a venda de seguros no Brasil. Portanto, se a empresa não está autorizada pela SUSEP, recomendamos que analise melhor a possibilidade de fechar o seguro.

Mas, retornando ao assunto, no que diz respeito ao seguro de automóvel com chassi remarcado, a SUSEP é bastante transparente com as pessoas e seguradoras. O órgão determina que sim, caso a companhia desejar, ela pode recusar um veículo com chassi remarcado.

No final das contas, isso significa que, caso o carro tenha seguro, mas sofra um sinistro que precise de remarcação de chassi, a seguradora pode não aceitá-lo novamente. No entanto, isso vai depender de qual forma cada uma trabalha. Por isso, entender tudo sobre esses pontos particulares é importante, assim evita dor de cabeça independentemente da situação.

E por que as seguradoras não aceitam carros com chassi remarcado?

E por que as seguradoras não aceitam carros com chassi remarcado?

Essa questão já é um pouco mais simples de ser respondida. Isso, acontece pois é uma forma da seguradora se precaver contra possíveis problemas e fraudes. Veículos alterados ilegalmente são bem comuns com chassi remarcado. Para evitar o envolvimento com problemas ilegais e à margem da lei, as seguradoras simplesmente se abstêm dos casos.

Aliás, só para esclarecer: esse é um dos motivos que faz com que as seguradoras peçam uma vistoria prévia para carros que não são zero quilômetro.

Proteção veicular

A proteção veicular é um serviço encontrado e vendido como um seguro no mercado. Porém, as cooperativas e empresas que oferecem este serviço não possuem regulamentação da SUSEP. Portanto, caso quem ainda opte por contratar a proteção, saiba que não há uma garantia que em caso de sinistro.

É preciso atentar-se com este serviço. Geralmente, os clientes são atraídos pelos preços mais em conta e a aceitação total de automóveis. Mas, lembre: proteção veicular não é seguro! As cooperativas são alvos constantes de investigações da Polícia Federal.

Pronto, agora você já sabe tudo sobre chassi remarcado no seguro. Se houver dúvidas, deixe nos comentários abaixo!

3 / 5 votos

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *