Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Captur é a nova aposta da Renault para o segmento de SUVs

O Captur é a nova aposta da Renault no Brasil. Depois do sucesso no Salão do Automóvel, em São Paulo, o modelo chegou às concessionárias em fevereiro, mas ganhou destaque nas últimas semanas, quando os primeiros modelos foram vistos trafegando pelas ruas e estradas de algumas cidades.

O carro é fabricado em São José dos Pinhais, no Paraná, e é o segundo SUV da montadora, que já contava como Duster, dando mais um passo para a estratégia comercial da Renault, com foco em diferentes modelos de carros grandes. Prova disso é de que ainda neste ano mais dois carros, com porte de SUV, chegarão ao Brasil. O primeiro deles, provavelmente, será o Koleos, que tem previsão para meados de 2017. O modelo é um SUV médio, considerando o HR-V um SUV pequeno e o Audi Q7, um SUV grande. O segundo será o Kwid, um subcompacto com um design aventureiro, mas com uma roupagem bem próximo a um mini-SUV.

O Captur foi desenvolvido na França em parceria com o estúdio de design latino-americano da marca e será vendido no Brasil e no restante do continente. O Captur foi baseado e usa a mesma plataforma do Kaptur russo derivada do Duster.

Baseado no Kaptur europeu

A semelhança entre o modelo europeu e o latino são bem próximas, mas o modelo comercializado no Brasil conta com algumas diferenças importantes: o desenho das entradas de ar e das luzes auxiliares de leds. Outro ponto que chama a atenção é o vão livre em relação ao solo, que até parece exagerado em um primeiro momento, ainda mais quando o carro é visto de perfil. No entanto, isso deve ajudar diretamente a suportar lombadas, valetas e buracos, facilmente encontrados nas vias brasileiras. A única questão contra pode ser a dificuldade em acessar o interior do veículo.

Interior do Captur

O interior do carro traz alguns pontos bem interessantes, como a mistura do velocímetro digital com os mostradores analógicos do conta-giros, além do marcador de combustível. O Media Nav, usado nos modelos da Renault no Brasil é um dos poucos diferenciais da versão europeia.

Tamanho do Captur

Com 4,33 metros de comprimento, 1,62 de altura e 1,81 de largura, o veículo da Renault é maior que os SUVs compactos que dominam o mercado, como o Jeep Renegade, Tucson, HRV e etc. Outro ponto que favorece o Captur é o seu porta-malas, maior que o de seus rivais, com capacidade de 437 litros.

Versões do Captur

O carro será oferecido em duas versões de acabamento, duas opções de motor e dois tipos de câmbio, mas com uma ressalva, a caixa CVT será oferecida até o meio do ano, segundo a Renault.

A primeira versão, a Zen, custará R$78.900, virá com um motor 1.6 16V SCe (120cv/118cv a 5.500 rpm). Para esta versão, a transmissão adotada é a manual de cinco velocidades.

Já o Intense, segunda versão, utiliza o motor 2.0 16V (148 cv/143 cv a 5.750 rpm) do Duster e juntamente com caixa automática de quatro marchas. Esse modelo custa R$88.490.

captur - versões

Os dois carros contam com esses itens de série: quatro airbags, controles eletrônicos de estabilidade (ESP) e de tração (ASR), assistente de partida em rampas (HSA), suporte para cadeirinhas Isofix, direção eletro-hidráulica, coluna de direção com regulagem da altura, ar-condicionado, rodas de liga leve de 17 polegadas, vidros elétricos, alarme perimétrico, chave-cartão, comandos de áudio e celular na coluna de direção, banco do motorista com regulagem de altura, travamento automático das portas a 6 km/h, luzes diurnas em led, retrovisores rebatíveis e piloto automático com indicador e limitador de velocidade.

A versão Zen pode ganhar a central multimídia Media Nav e câmera de ré por R$ 1.990 e pintura em dois tons por mais R$ 1.400.

Para a versão mais cara, a Intense, outros itens são adicionados: rodas aro 17 com acabamento diamantado, apoio de braço, central multimídia Media Nav com tela de sete polegadas touchscreen, câmera de ré, ar condicionado digital, sensor de chuva, sensor crepuscular e faróis de neblina com função Cornering Light. Bancos revestidos em couro podem ser adicionados por R$ 1.500 e pintura em dois tons por mais R$ 1.400.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS