1. Home
  2. »
  3. Manutenção

Qual a diferença entre reboque e semi-reboque? Veja aqui

Quer saber tudo sobre a diferença entre reboque e semi-reboque? Então você está no lugar certo. Na matéria de hoje vou explicar o que são cada um deles e como você pode diferenciar os dois.

Quem passa boa parte do tempo na rua, dentro de um carro, vê muitos veículos transitando. As diferenças entre eles, no entanto, chamam a atenção para saber qual tipo de modelo se trata. Possivelmente, uma das dúvidas mais comum diz respeito a diferença entre reboque e semi-reboque. Até o guincho, equipamento utilizado para rebocar carros, entra nessa “confusão” de modelos. Mas, no final das contas, a diferença entre eles é bem simples, apesar de serem modelos com fortes semelhanças.

Entendendo a diferença entre reboque e semi-reboque

A diferença entre reboque e semi-reboque, primeiramente, precisa ser entendida na distinção dos dois equipamentos. Posteriormente, apresentaremos a real diferença entre eles e o que muda de um para outro. Separamos abaixo dois tópicos que tratam especificamente cada produto e depois mostramos o que difere um do outro.

Ainda sem seguro para seu carro?
Cote grátis seu seguro auto com a Minuto Seguros, a maior corretora online do Brasil, e receba cotações de até 16 seguradoras de uma só vez. COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

O que é um reboque?

Para entender a diferença entre reboque e semi-reboque é importante distinguir os dois e elucidar as respectivas características. Para começar, iremos falar sobre o reboque, que é um veículo independente que serve para transporte de carga quando engatado ao veículo motor. Ele possui dois ou mais eixos o que permite que ele se equilibre sozinho.

Sabendo disso, entender como funciona sua movimentação também faz parte da diferença entre reboque e semi-reboque. Ela é articulada por meio de um veículo automotor, um caminhão simples ou caminhão trator, mais robusto e preparado. O interessante do reboque é que ele também pode ser engatado na parte traseira de um semi-reboque, que iremos explicar mais abaixo. Essa junção, por exemplo, é muito realizada em atividades agrícolas para plantações de diversos tipos.

Também é essencial entender que o reboque é uma unidade de carga independente, ou seja, um único veículo que consegue se “manter” sozinho. Exemplificando de maneira mais clara, embora não possua um motor para que possa andar sozinho, ele é capaz de equilibrar-se sozinho. Por isso, há os dois eixos, minimamente.

O reboque pode ser ligado a um motor ou algum outro veículo trator, que tenha a função de gerar tração para o reboque. Além de ser engatado a um motor ou veículo trator, pode ser colocado em outras unidades de carga,

Se ainda tiver dúvidas sobre reboque é só deixar seu comentário que vamos te ajudar.

O que é um semi-reboque?

Agora, falando sobre o semi-reboque, ele apresenta características bem parecidas com o reboque, mas com algumas particularidades que diferenciam do reboque:

  • A tração só pode ser realizada por um caminhão trator;
  • Semi-reboque tem de um a três eixos, não permitindo que ele se estabilize sozinho.

O semi-reboque conecta-se ao caminhão trator por meio de um engate comum. Esse engate, por sua vez, conecta o pino ao prato de encaixe. Esse “processo” precisa estar ativo enquanto o semi-reboque estiver em funcionamento. Os semi-reboques mais comuns são:

  • Semi-reboque aberto, de cargas em geral e que não necessitam de proteção;
  • Semi-reboque fechado, de cargas em geral e que precisam de proteção;
  • Semi-reboque basculante, que carregam cargas a granel e que precisam ser despejadas;
  • Semi-reboques frigoríficos;
  • Semi-reboques tanques, que carregam cargas liquidas;
  • Semi-reboques cegonhas, conhecidos por transportar veículos.

Se ainda tiver dúvidas sobre semi-reboque é só deixar seu comentário que vamos te ajudar.

Qual a diferença entre reboque e semi-reboque?

Após ter explicado como cada um funciona é hora de falar da diferença entre reboque e semi-reboque. Como vimos acima, ambos são consideradas unidades de cargas independentes, que precisam de um veículo motor para serem articuladas. O que os diferencia são:

  • Distribuição de peso é diferente em relação ao engate;
  • Um reboque é uma unidade independente em relação a seu peso, que é puxada pelo trator ou por unidades automotoras. Mas, sem o engate, consegue se equilibrar por conta dos seus eixos – sempre mais do que dois.
  • Um semi-reboque precisa do engate do trator para apoiar, pelo menos, parte de seu peso. Caso não haja essa conexão, ele não é plenamente equilibrado por conta dos seus eixos.

Se ainda tiver dúvidas sobre a diferença entre eles é só deixar seu comentário que vamos te ajudar.

Carretinha é reboque ou semi-reboque?

Segundo o Código Brasileiro de Trânsito (CTB), a carretinha é um reboque. Isso porque ele é um veículo usado com o objetivo de transportar volumes além da capacidade do seu porta-malas ou caçamba.

Como funciona o seguro semi-reboque

Se você é dono de uma carreta, já deve ter se perguntado sobre como funciona o seguro de um semi-reboque, já que ele não é incluído no seguro do cavalo.

Tudo depende do momento da contratação do seguro, afinal algumas seguradas estendem a Responsabilidade Civil Facultativa Veículos (RCF-V) do rebocador aos semi-reboques atrelados a ele. Ou seja, em caso de acidente causado por um rebocador e no qual a colisão ocorrer em um dos semi-reboques causando danos a terceiros, a apólice a ser acionada será a do rebocador.

Em caso de dúvidas, entre em contato com sua seguradora.

Guincho e reboque não são a mesma coisa

Algumas pessoas ainda não têm total diferença desses equipamentos, podendo, inclusive, fazer confusão entre reboque, semi-reboque e guincho.

O guincho, um equipamento diferente dos reboques, é um veículo que, ao contrário dos exemplos, é feito para puxar ou elevar cargas por meio de tração. É um veículo só, independente de algo que necessite de tração na parte de trás.

O guincho é composto por um rolo, com um cabo de aço extremamente resistente, chamado de sarilho. Outros modelos que podem ser denominados como “guincho” são os que conseguem rebocar outros veículos.

O guincho, por exemplo, é um excelente uso para carros sinistrados e que não podem mais transitar, como no caso de uma pane elétrica ou de bateria arriada. O guincho, geralmente, está incluso no pacote de assistência 24 horas, comercializados no seguro auto.

Se restou alguma dúvida sobre a diferença entre reboque e semi-reboque nos mande nos comentários abaixo.

Evite dor de cabeça: cote seu seguro na Minuto Seguros

Mais do que proteger o seu carro com manutenções e revisões, fazer um seguro auto é essencial para garantir que ele esteja coberto nas mais diversas situações. Na Minuto Seguros, cotamos com mais de 16 seguradoras e montamos um plano de acordo com a sua necessidade e o seu perfil.

Quer proteger o seu carro contra qualquer imprevisto? Então faça agora mesmo uma cotação online sem compromisso com a Minuto Seguros, ou se preferir pode ligar gratuitamente para 0800 773 3000 e falar diretamente com um consultor.

3.44 / 9 votos

[addtoany]

Comentários

    1. Diego, como vai? Ótima notícia ler seu comentário, nos empenhamos para trazer o melhor conteúdo em nosso Blog, a propósito, não deixe de nos avaliar e ler outras matérias, viu?

  1. Não entendi, no reboque, falam que é um veículo com mais de dois eixos, mas ilustram com uma foto que contém um reboque de apenas UM eixo:

    “Para começar, iremos falar sobre o reboque, que é um veículo de carga independente, não tem meio próprio de tração e que possui dois ou mais eixos.”

    O mesmo ocorre na explicação do semi-reboque:
    “Sem contar que o semi-reboque pode possuir menos de dois eixos, o que o faz não se manter sozinho. Em geral, o semi-reboque tem de um a três eixos, não permitindo esse equilíbrio.”

    1. Michel, como vai? Lamentamos muito por esse problema em nosso conteúdo. Vamos procurar outras imagens para ilustrar mais claramente a situação. Agradecemos por sua observação.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile