Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Quer saber como viajar de graça? Te ensinamos em 4 passos

Essa é uma pergunta que, provavelmente, você já deve ter se feito em algum momento da vida, afinal, como viajar de graça deve ser bom, né? Para quem navega bastante pelas redes sociais, vira e mexe, vê alguma matéria de pessoas que vão em busca do desconhecido pelo mundo. Só que aí bate aquela dúvida: a pessoa tem tanto dinheiro assim ou existem maneiras de viajar de graça que são desconhecidas?

Bom, tem um pouco dos dois, dependendo da história ou do perfil do viajante. Mas, acredite: existem, sim, maneiras para viajar de graça e aproveitar o que há de melhor pelo mundo. Um pouco de criatividade e coragem, certamente, vão ajudar.

Normalmente, as pessoas se perguntam se pacotes turísticos ou viagem por conta é o mais indicado. Obviamente, no caso de conseguir viajar de graça, a escolha pelo método “viajar por conta” é necessária, afinal, pacotes turísticos custarão algum dinheiro, mesmo que você faça pesquisas detalhadas e busque pelos melhores descontos.

Viajar de graça, na verdade, pode ser uma possibilidade que está mais próxima do que as pessoas imaginam. E isso não engloba apenas um meio de transporte: carro, ônibus e avião estão englobados nas possibilidades de como viajar de graça. Basta descobrir o jeito que mais está ao seu alcance.

Vale ressaltar que viajar de graça é uma possibilidade real, mas, sem proteção é muito perigoso. O seguro viagem tem baixo custo e pode te ajudar em diversas situações que você nem imagina. Por isso, antes de sair explorando o mundo e ir atrás de alternativas sobre como viajar de graça, faça o seu seguro na Minuto Seguros e faça suas rotas com muito mais tranquilidade. A cotação é simples, rápida e gratuita!

Como viajar de graça?

A palavra-chave para viajar de graça e conhecer diversos lugares é: atitude. A menos que você tenha muita sorte de alguém lhe dar uma viagem do nada, você não conseguirá explorar alguns destinos sem muita atitude e pagando zero – ou quase nada. Isso, é claro, mesclado a bastante criatividade e coragem, vãi ser o ponto essencial.

Para efeito de conhecimento, por exemplo, existe a possibilidade de viajar de graça com a FAB (Força Aérea Brasileira), em ônibus e trens interestaduais pelo Brasil, aproveitar milhas aéreas, a criatividade… Enfim, são diversos tópicos que serão tratados no detalhe para ajudar na hora de buscar ideias realmente possíveis de como viajar de graça.

E se você ainda não tem nenhuma viagem em mente, que tal algumas ideias dos melhores destinos para curtir a dois ou de lugares que parecem ter saído da ficção? Para ajudar na economia, escolha países que não precisam de visto. Vai ser menos um custo para você se preocupar.

Viaje com a Força Aérea Brasileira

Sabia que para viajar com a FAB não é necessário ser uma autoridade política ou militar? Sim, qualquer pessoa pode viajar pelo país de graça. Inclusive, no site da FAB, você pode coletar algumas informações sobre esse procedimento. Mas, diariamente, diversos aviões da FAB, de diversos portes, alçam  voos com assentos vagos que podem ser usados por qualquer brasileiro. Para garantir o voo, siga essas instruções:

– Faça cadastro no Correio Aéreo Nacional mais próximo de sua residência ou em algum local que você deseja embarcar.

– Peça um assento para o destino disponível ou desejado. Provavelmente, você não vai conseguir, logo de cara, um lugar para curtir as dunas em Natal ou o clima frio de Porto Alegre. Aproveite e questione o pessoal da FAB sobre os destinos mais frequentes saindo daquela base aérea. Talvez isso ajude na programação da sua viagem.

Acumule milhas e pontos de fidelidade

Essa, talvez, seja uma das maneiras mais conhecidas pelas pessoas para viajar de graça. Milhas e os famosos pontos de fidelidade do cartão de crédito são formas de deixar a viagem muito mais barata, ou até de graça em alguns casos. Se você já voa bastante, já está um passo a frente para esse acúmulo de milhas. Mas, se você nunca viajou de avião, fique tranquilo, pois você também pode acumular alguns como e descobrir como viajar de graça pode ser extremamente prazeroso – e melhor que muito presente por aí.

Se você é daquelas pessoas que está sempre nos ares, não deixe de se inscrever no programa de milhas das companhias ou nos programas dos parceiros. Somente o fato de ter um cartão de milhagem da companhia pode te dar diversas vantagens, como um upgrade na classe do voo.

Já para quem usa muito cartão de crédito, também pode se aproveitar dessa vantagem. Os cartões das companhias aéreas oferecem mais vantagens, contam com uma anuidade um pouco mais alta, mas se você coloca tudo no cartão, vai valer a pena. Um contato com a administradora do cartão, do banco ou da agência responsável pode ajudar a isentar essa taxa.Porém, mesmo operadores de cartões normais (aqueles que você pega no banco mesmo) também costumam oferecer esses benefícios. Procure sua agência e tire suas dúvidas.

Amizades e familiares em companhias aéreas podem ajudar

Sabia que funcionários de companhias aéreas podem incluir em uma lista algumas pessoas para terem descontos em passagens? Só será necessário pagar as taxas. Claro que, talvez, o voo desejado não esteja disponível ou não tenha assentos vagos, mas, sendo praticamente de graça, não há o que reclamar né?

Há variações de companhia para companhia, por exemplo: algumas companhias podem tirar a sua reserva um pouco antes do embarque, outras, no momento da reserva, já garantem o seu voo. Se você conhecer alguém que trabalhe nessa área, vale se informar.

Viagens de graça em ônibus e trens interestaduais

Jovens entre 15 e 29 anos e que tenham renda familiar menor do que dois salários mínimos têm, por Lei, o direito de viajar de graça. Para isso, eles precisam estar cadastrados no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal).

A solicitação deve ser feita com, pelo menos, três horas de antecedência do ponto de partida. Depois desse prazo, os bilhetes que são reservados para essa finalidade são colocados à venda, mas, enquanto não forem vendidos, quem tiver direito, pode solicitar. O mesmo vale para assentos que contam com desconto.

Se a companhia de transporte recusar, o beneficiário poderá solicitar um documento que conste a data, horário e os motivos da recusa. Se estiver com qualquer dúvida sobre a recusa, entre em contato com a Ouvidoria da ANTT.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS