Home » Carro » Dicas

Rolamento automotivo: quais cuidados tomar e quando é necessário trocá-lo?

Cada peça do veículo tem uma função específica e é muito importante para o funcionamento da mecânica como um todo. Entre essas peças do carro, o rolamento automotivo, localizado no eixo traseiro dos automóveis, tem grande importância e sua manutenção deve ocorrer a cada 20 mil quilômetros. Em média, os rolamentos têm vida útil de 70 mil quilômetros rodados, mas, com a manutenção preventiva no tempo recomendado, esse prazo pode se estender.

rolamento automotivo -

A função do rolamento esportivo é permitir que a roda gire de forma livre e sem atritos. Com as vias em más condições, comuns no Brasil, os rolamentos são mais desgastados do que o normal. Isso ocorre porque as rodas estão em contato direto com o solo e o impacto é absorvido pelas esferas, que ficam alocadas no cubo da roda.

Por conta das condições das vias, a manutenção preventiva do automóvel deve ser realizada periodicamente, garantindo o perfeito funcionamento do veículo e, principalmente, a segurança do motorista e passageiros.

Outra dica para evitar que você tenha problemas com o automóvel é fazer a contratação de um seguro auto. Todo motorista sabe os problemas em ter um veículo no Brasil, como o alto índice de roubo e furto. Zelar pelo seu bem é essencial, por isso, entre em contato com a Minuto Seguros para fazer uma cotação entre as mais de 10 seguradoras. Clique no botão abaixo e preencha nosso formulário ou, se preferir, ligue grátis para 0800 773 3000 e fale diretamente com um consultor.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Voltando a falar sobre o rolamento automotivo, confira informações sobre essa peça para saber quando ela pode estar danificada e evitar altos gastos com manutenção.

Qual o momento certo de trocar o rolamento automotivo?

rolamento automotivo - Qual o momento certo de trocar os rolamentos?

A troca de um rolamento automotivo deve ocorrer, em média, aos 70 mil quilômetros rodados. Mas, condições adversas podem ocasionar sobrecarga na peça, causando danos e exigindo a troca antes desse prazo. A falta da manutenção preventiva, alinhamentoincorreto ou não realizado, pneus precisando de troca, amortecedores com problemas, suspensão danificada etc. Atentando-se a esses itens, o rolamento automotivo pode chegar até aos 100 mil quilômetros sem comprometer a sua segurança na condução.

O condutor pode notar sinais que a peça precisa ser trocada. Caso escute barulhos específicos nas rodas, como sons de atritos entre metais, o motorista pode levantar o carro com o macaco e girá-las com as próprias mãos para localizar a origem. Muitas vezes, é preciso trocar apenas o óleo do rolamento automotivo, mas, de qualquer forma, recomendamos que leve o veículo para um mecânico checar com mais precisão.

Como aumentar a vida útil do rolamento automotivo?

rolamento automotivo - Aumentar a vida útil dos rolamentos é possível

É possível, com algumas medidas, aumentar o tempo útil do rolamento automotivo, fazendo com que ele dure por cerca de 100 mil quilômetros rodados. Mas, para entender um pouco mais, vamos explicar outros pontos que precisam ser verificados.

Por ser uma peça de metal, a temperatura tem forte impacto no material. Portanto, os seus maiores inimigos são o calor e a umidade que o atinge. Assim, é possível ver a importância da lubrificação, pois ela ajuda muito na preservação contra causas que, na maioria das vezes, não podemos evitar.

Quanto a água, os fabricantes já fazem o rolamento automotivo atual com vedação e lacre, que cria resistência contra líquidos. Caso seja rompido, também causará ruídos perceptíveis ao condutor.

O cuidado deve ser redobrado com modelos mais antigos

rolamento automotivo - O cuidado deve ser redobrado com modelos mais antigos

Para aqueles que são donos de veículos mais antigos, o cuidado deve ser maior do que o normal. Alguns modelos exigem que trocas nas pontas dos eixos devem ser feitas quando apresentarem desgaste, se isso não for feito, a durabilidade do rolamento será bem menor.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *