Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Vibração estranha quando o carro arranca? Pode ser o coxim do motor

Seu carro está muito barulhento ou com uma vibração no motor fora do comum? Atente-se, pois pode ser um problema decorrente do desgaste do coxim do motor. E, para quem não sabe, o coxim é uma peça feita de borracha, com a utilidade, basicamente, de tirar a vibração do chassi do carro. Ele também funciona para diminuir qualquer vibração estranha do motor ou do câmbio na carroceria. Sem ele, os carros iriam trepidar muito e deixar praticamente insustentável o ato de dirigir.

Os coxins, geralmente, estão localizados em alguns pontos específicos do carro: no escapamento, no motor, no câmbio e na suspensão. Quando falamos do coxim do motor, em carros populares, geralmente são usadas três peças. Já em carros importados podem passar de cinco e, normalmente, são feitas de um material mais nobre, tornando quase imperceptível os sons e a vibração do motor do carro.

O barulho ou a vibração do coxim do motor costuma aparecer quando a peça está muito desgastada. E para que o carro não fique extremamente vulnerável com o coxim ressecado ou rachado, a sua troca é essencial. Mesmo que a maioria dos motoristas nem saibam da existência dessa peça ou simplesmente se esquecem de realizar esse reparo no veículo, deixar o coxim do motor em péssimas condições pode acarretar alguns problemas sérios com o carro, principalmente no que diz respeito à suspensão.

Para identificar a necessidade da troca do coxim, trafegue com o carro por pistas e ruas um pouco mais irregulares. Há grandes chances de vibrações na alavanca do câmbio e no assoalho do carro, além das costumeiras dificuldades para engatar a marcha ou o volante puxando para algum dos lados. Esse sintoma também pode ser por falta de calibragem dos pneus, por isso, execute essa manutenção semanalmente.

Mas, mais do que fazer manutenções frequentes no carro, proteger o seu bem com um seguro auto é fundamental. Na Minuto Seguros, você pode fazer uma cotação online, totalmente gratuita e receber o valor de mais de 10 seguradoras. O atendimento humano é um diferencial que vai ajudá-lo na negociação. Um de nossos consultores entra em contato para explicar o plano e entender as suas necessidades para fazer um plano de acordo com o seu perfil.

Faça uma cotação agora mesmo!

Carro saindo com muito barulho? Cheque o coxim do motor!

Um momento muito simples para perceber que o coxim do motor precisa ser trocado é quando, por exemplo, o motorista está parado no farol ou no trânsito e, ao arrancar, há um barulho muito forte no carro, o coxim do motor ou do câmbio pode estar bem desgastado.

Leve o carro ao seu mecânico de confiança para que ele possa fazer uma análise mais detalhada dessa peça. A troca, se necessária, não demora muito tempo quando feita por especialistas. Lembre-se de usar coxins originais, pois, como é uma peça importante para o carro, o uso de peças paralelas pode danificar o carro.

Evite fortes arrancadas com o carro para preservar o coxim do motor

Para preservar o coxim do motor e fazer com que ele dure mais tempo, evite dar arrancadas muito fortes com o carro, principalmente em subidas, valetas, lombadas e obstáculos que exijam muita potência do carro.

Para quem está pensando em mexer na suspensão ou rebaixar o carro, por exemplo, saiba que a manutenção do coxim do motor pode se tornar mais constante, pois ele será bem exigido. Carros originais e mais distantes do chão possibilitam uma vida útil maior ao coxim, já os carros rebaixados ou com suspensão a ar, diminuem o tempo de vida útil do coxim do motor e também da suspensão e câmbio. Atente-se a esses detalhes quando pensar em fazer qualquer modificação no veículo. Além do que, carros modificados têm aceitações mais complexas no momento de fechamento do seguro. Entenda aqui o motivo.

Quando o coxim do motor deve ser trocado?

Isso varia um pouco da utilização de cada motorista. Em média, o coxim do motor deve ser trocado a cada 30 mil quilômetros ou 3 anos, mas esse tempo pode diminuir caso o motorista não tenha cuidado ao passar em valetas, lombadas, acelere o carro com muita veemência ao sair de um farol ou mesmo do trânsito.

Quando o carro estiver próximo do período ou da quilometragem recomendada para a troca do coxim do motor, leve-o para uma revisão, focando principalmente nos coxins de motor, câmbio e os que estão localizados nos amortecedores.

Por isso, sempre que for passar em valetas ou em lombadas, diminua a velocidade drasticamente e passe com muito cuidado. Uma dica importante é: ao passar por esses lugares, não fique com o pé no freio, pois é um dos hábitos que os motoristas cultivam e que são prejudiciais ao veículo. Passe com a velocidade reduzida, apenas. Isso vai ser muito importante.

Ao sair de faróis e trânsito carregado, engate a primeira marcha com calma e pise calmamente no acelerador. Isso vai fazer com que o coxim do motor dure mais tempo e não necessite de uma troca constante. A manutenção do carro é muito por conta do motorista. Lembre-se disso.

Preço do coxim do motor

O preço dessa peça também é variável. Carros populares têm peças mais baratas e custam, em média, R$80 reais. Modelos de carros importados, com motores mais potentes e maiores, como as SUVs, em geral, têm peças mais caras, podendo ultrapassar fácil os R$160.

Quem ficou na dúvida sobre o porquê de o coxim do motor de carros mais potentes serem mais caros, a gente explica: quanto mais potente o motor, mais torção ele produz, ou seja, exige mais apoio da peça.

Mas, além do preço das peças que precisarão ser trocadas, reserve um valor para a mão de obra do mecânico, que não é muita barata, girando em torno de R$200 a R$500. O preço mais elevado é devido ao cuidado para a troca do coxim do motor, já que o motor precisa ser deslocado para a substituição, que não é simples.

Do que é feito o coxim do motor?

Como dito anteriormente, o coxim do motor é produzido em aço e borracha e com uma quantidade pequena de vinil que, apesar de não ser muito flexível, aguenta altas temperaturas. Isso é muito importante, ainda mais pela localização da peça, próxima ao motor do veículo que, quando ligado, fica extremamente quente.

Gostou das dicas? Então compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS