Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Saiba como utilizar o câmbio automâtico

shutterstock_290498129O carro automático parece ser um sonho, principalmente para quem mora nas grandes metrópoles e sofre com o trânsito diário. Nada mais desagradável do que ficar pisando na embreagem e mudando a marcha a cada 2 metros. Por isso, essa facilidade acaba sendo uma opção tão desejada.

Mas, você conhece a utilização do câmbio automático? Sabe quais são os cuidados necessários para garantir uma vida útil prolongada? Mesmo, em tese, sendo um item simples, o câmbio pode causar alguns problemas por conta do uso incorreto. Além disso, o manuseio precisa ser ensinado, pois as letras dispostas no câmbio, como o D,R,N ou P podem confundir.

O que significam as letras que estão no câmbio?

Essa é a parte mais importante da utilização do câmbio automático e requer atenção, mesmo parecendo fácil. Normalmente, há 4 letras no câmbio e cada uma tem uma função específica:

N – Neutral: neutro, mais conhecido como ponto morto. Essa marcha é usada quando o carro está parado. Não é para ser usada em um farol, mas pode ser acionada quando estacionar por poucos minutos, num local de embarque e desembarque, por exemplo. Também é indicado que ao ligar ou desligar o carro, a marcha esteja nessa posição.  Não bloqueia as rodas de tração.

P – Park: é a letra usada quando o carro for estacionado. Após colocá-lo na vaga e parar por completo, mude a marcha para esta letra, puxe o freio de mão e desligue o motor do carro. Ela bloqueia as rodas de tração.

D – Drive: é a mais utilizada no câmbio. Quando o carro estiver em movimento, a marcha precisa estar posicionada no D, fazendo a função do motorista se resumir apenas frear e acelerar.

R – Reverse: marcha ré. Usada quando você precisa dar ré no veículo.

Como dirigir um carro automático

Agora que você já aprendeu as funções da marcha, chegou a hora de colocar os ensinamentos em prática. Para ligar o carro, pise no freio e dê a partida com a marcha ainda no P. Assim que o motor estiver ligado, mude a marcha de P para D.

Com a marcha no D, solte o freio de mão – que pode ser a alavanca normal, localizada entre os bancos, ou um pedal na parte esquerda. Tire o pé do freio e vá acelerando lentamente. Alguns carros, só por tirar o pé do freio, já começam a andar, por isso, atente-se ao modelo que você está guiando. Nunca solte o pé do freio parado num farol, no trânsito ou em situações parecidas, pois podem haver choques com o veículo da frente sem ao menos perceber.

Como estacionar o carro automático?

Outro processo bastante comum realizado com o carro automático e que causa dúvidas é na hora de estacionar. Para realizar esse procedimento, vá freando lentamente até o carro estar totalmente parado. Feito isso, coloque a marcha na posição N e depois P, acione o freio de mão e desligue a chave.

Utilizando a marcha ré

O uso dessa marcha é simples e se restringe apenas ao carro estar totalmente parado para executar a mudança de marcha. Por exemplo, na hora de fazer uma baliza. Pare o carro completamente e mude do D para o R. Não mude as marchas com o carro em movimento, pois podem causar danos futuros na caixa de transmissão.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS