Home » Carro » Notícias

Velocidade das Marginais de São Paulo será alterada em janeiro

Uma das principais promessas de campanha do prefeito eleito em outubro, João Dória (PSDB), era elevar a velocidade nas Marginais. Dória havia prometido que no dia seguinte à sua posse, os limites subiriam, mas, devido a algumas mudanças, principalmente nas sinalizações, a data foi protelada para o dia 25 de janeiro.

velocidade nas marginais

No aniversário da capital paulista, os limites voltaram a ser o que eram. Nas pistas expressas da Marginal Tietê e Pinheiros, 90km/h, nas centrais da Tietê, 70km/h e nas locais de ambas, 60km/h. A única que irá permanecer com o limite de 50km/h são as faixas à direita, usadas por ônibus e para quem irá fazer conversões à direita.

Para os veículos de grande porte, como os ônibus e caminhões, não haverá mudanças: 60km/h nas expressas e 50km/h nas locais. Outro ponto que não sofrerá alterações é com relação às motocicletas, proibidas em toda extensão das pistas expressas da Marginal Tietê. O prefeito ainda prometeu que a fiscalização nesses casos será muito maior com o uso de radar-pistola. Há uma previsão de que 14 radares sejam instalados, 24 horas por dia, somente para fazer essa averiguação.

Redução havia apresentado resultados positivos

A gestão tucana terá que lidar com um dado bastante relevante. No primeiro semestre de 2015, juntas, as Marginais apresentaram 608 acidentes, além de 27 atropelamentos. Após a mudança, no primeiro semestre de 2016, o número caiu para 380 acidentes, com 9 atropelamentos, segundo dados da CET.

O retorno para o aumento das velocidades poderá causar impacto nesses números e gerar a primeira “dor de cabeça” para o prefeito Dória.

Programa Marginal Segura

Para complementar algumas das primeiras mudanças que irão ocorrer nas Marginais, a equipe que comandará o trafego da cidade anunciou que, além do aumento nos limites de velocidade, uma série de mudanças na sinalização irá ajudar os motoristas e pedestres a trafegarem de maneira mais segura.

As modificações começaram dia 2 de janeiro, com a instalação de gradis e lombadas elevadas, que também terão como finalidade a travessia de pedestres.  Guias rebaixadas para cadeirantes também estão incluídas nessas modificações.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *