Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Qual a melhor maneira de fazer a calibragem de pneus?

Sabia que a calibragem de pneus malfeita é um dos principais danos pelos quais os carros passam e as pessoas nem se dão conta? Não fazer essa manutenção rotineiramente e andar com o pneu descalibrado pode acarretar em diversos problemas.

calibragem de pneus

Esses problemas incluem a facilidade em furar, problemas com o desalinhamento do carro, mudança de direção sem que o motorista perceba, pois um pneu pode estar mais cheio do que o outro, perda de estabilidade e aumento da distância de frenagem, enfim, uma infinidade de problemas que podem ser facilmente evitados com a calibragem de pneus.

Não realizar a calibragem de pneus, além dos problemas citados acima, pode ainda causar problemas mecânicos de forma geral para o carro, como o gasto das pastilhas de freio mais rapidamente, pois o freio acaba não tendo uma boa estabilidade devido as variações que o carro faz por estar com os pneus descalibrados.

calibragem de pneus - pastilhas de freio

Quem tem carro precisa colocar essa manutenção como uma das prioridades do veículo. Comprar pneus requer um investimento considerável, ainda mais se formos levar em consideração o tamanho e se o carro tem roda de liga leve ou não, por isso, fazer a calibragem de pneus corretamente vai ajudar até no tempo de vida útil deles. Se a calibragem estiver errada, maior é a probabilidade de gastos, deixando os pneus carecas e propensos a não aderirem nas ruas, estradas e afins.

Além de todos esses pontos negativos que citamos, andar com os pneus abaixo da calibragem indicada aumenta o consumo de combustível. Ou seja, mais um ponto crítico que as pessoas nem sequer levam em consideração.

calibragem de pneus - pneus descalibrados

Alguns levantamentos apontam que os motoristas que não realizam a calibragem de pneus podem gastar até R$600 a mais no ano por conta dos pneus baixos. Tudo isso devido a dificuldade que os carros terão para obter um desempenho melhor. Se o veículo estiver mais pesado e com os pneus mais murchos, o gasto pode ser ainda maior.

Portanto, atente-se e faça a calibragem de pneus toda semana – e não, calibrar os pneus toda semana não é demais, pois é uma manutenção preventiva e que não irá interferir no desempenho do carro. Se o tempo estiver curto, o indicado é fazer a calibragem de pneus pelo menos a cada 15 dias.

calibragem de penus - gastos

E mais do que proteger o seu carro realizando a calibragem de pneus, fazer um seguro de carro também é um jeito de garantir mais tranquilidade ao guiá-lo por aí. Na Minuto Seguros, uma das maiores corretoras de seguro do Brasil, você pode fazer a cotação com mais de 10 seguradoras e escolher um plano que seja adequado ao seu perfil. Nós temos mais de 350 consultores para lhe atender da melhor forma possível e entender as suas necessidades e o seu perfil. Isso, certamente, pode ser um fator preponderante na precificação do seguro.

O seguro auto pode ser de grande ajuda em diversas situações, inclusive no caso de um pneu murcho ou furado. Além disso, situações como: batidas, roubos, assistências, e etc. podem estar inclusas no plano do seu seguro, basta adicionar no momento da contratação. Clique no botão abaixo para cotar seguro de carro grátis agora mesmo!

COTE GRÁTIS SEGURO AUTO!

Dica importante para quem vai fazer a calibragem de pneus]

calibragem de pneus - dicas

Para fazer a calibragem de pneus existem alguns macetes que podem ajudar, além de manter a qualidade dos pneus. Muita gente roda o dia inteiro com o carro e no final, quando vai abastecer ou fazer alguma parada no posto, lembra-se que precisa calibrar. Fazer a calibragem de pneus nesse momento um erro que prejudica o pneu, podendo até estourá-lo, dependendo da quantidade de libras que você colocar.

Mas por que isso acontece? Por que não posso calibrar os pneus nesse momento? Na verdade, há uma explicação bem simples para isso. Acontece, basicamente, por eles estarem quentes. A calibragem de pneus deve ocorrer no momento em que eles estiverem frios, praticamente gelados ao saírem da garagem. O ideal é não rodar mais do que 3 quilômetros em velocidade baixa para realizar o procedimento, pois isso garante uma calibragem perfeita sem que haja perigos do pneu, por exemplo, estourar.

Um dado interessante a ser considerado é que o pneu quente aumenta a calibragem. Por exemplo: se você coloca 30 libras com o pneu quente, a pressão tende a chegar até a 40 e, consequentemente, o pneu pode estourar, pois é uma discrepância muito grande do que o previsto.

Qual é a pressão que eu devo colocar ao fazer a calibragem de pneus?

calibragem de pneus - pressão

É bem comum as pessoas se questionarem sobre o quão cheios os pneus devem estar, quantas libras devem ser colocadas na calibragem, enfim…

Em muitos postos é comum você ouvir a pergunta dos frentistas ou de quem lhe atende para dar aquela ajuda na calibragem de pneus: “28 ou 30 libras?”. Primeiramente, saiba que é um erro ir por esse questionamento, pois, cada carro e cada situação necessitam de uma calibragem específica. Mesmo que os modelos sejam parecidos, cada carro tem uma pressão ideal, tanto para os pneus dianteiros quanto os traseiros. E essa numeração envolve diversos fatores, como: potência do motor, tamanho do carro, se ele está carregado ou não… Tudo isso interfere e não pode ser deixado de lado. Quem vai viajar de carro e aproveitar rotas pelo Brasil calibra de um jeito diferente de quem vai andar de carro só aos finais de semana.

Para saber qual é a pressão ideal do seu carro, consulte o manual. Essa, na verdade, é a melhor informação que alguém pode ler, pois lá constarão todas as informações precisas sobre a calibragem de pneus do seu carro. Caso não esteja lá essa informação, em alguns veículos, um adesivo está colado na parte interna da porta ou na tampa do combustível. Verifique para saber se é o caso do seu carro e obtenha as informações necessárias para calibrar os pneus.

Não esqueça do estepe no momento da calibragem de pneus

calibragem de pneus - não esqueça do step

Se os motoristas não têm o hábito de realizar a calibragem de pneus, imagina o estepe. Tão importante quanto deixar todos os pneus calibrados, fazer a manutenção do estepe é fundamental, pois você não sabe o que pode acontecer na próxima esquina.

Deixá-lo com a calibragem correta a cada vinte dias, pelo menos, é altamente indicado. E se um pneu fura no meio de uma viagem? Imagina se o estepe também está murcho e inapto a rodar? O problema de rodagem nesses casos pode ser resolvido caso você tenha um seguro de carro, pois há coberturas e assistências que englobam a troca de pneus, independentemente de onde você esteja.
Fazer a contratação de um seguro auto aliado a calibragem de pneus recorrente é a melhor atitude que qualquer motorista precavido pode tomar. Faça agora uma cotação de seguro auto clicando no botão abaixo. É grátis e você recebe os valores por e-mail.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS