Home » Carro » Dicas

Como fazer higienização automotiva em casa?

A higienização automotiva tem papel fundamental para seu bem-estar. Afinal, quem não gosta de estar dentro do seu automóvel com aquela sensação boa e cheirinho de novo?

higienização automotiva

Manter o carro limpo nem sempre é uma tarefa fácil. Além de cuidar da parte externa do veículo, para que ele fique com a lataria brilhando e os vidros reluzentes, é preciso ficar atento também com a limpeza interna.

Além da sensação boa de estar em um carro limpo, há outro fator muito importante: a saúde. Um estudo realizado em 2017 pela Faculdade de Medicina da Devry Metrocamp, com 76 partes internas de veículos, concluiu que havia contaminação de cerca de 10 mil fungos e bactérias. Eles causam micoses, rinites, desinterias, infecções de urina e de pulmão, entre outras enfermidades.

Para evitar essa contaminação, realizar a higienização automotiva de forma constante é o melhor caminho. Proteger o seu veículo contra a proliferação de fungos e bactérias é importante, assim como proteger-se de eventuais imprevistos que podem acontecer no dia a dia. Para isso, a contratação de um seguro auto é o mais recomendado.

A Minuto Seguros, uma das maiores corretoras do Brasil e líder do segmento online, trabalha com mais de 10 seguradoras, que estão entre as principais do País. Garantimos uma proposta que seja a mais adequada às suas necessidades. Para realizar a cotação, preencha o formulário. Caso prefira, ligue 0800 773 3000 e fale com um de nossos consultores.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Itens utilizados na higienização automotiva

Fazer a higienização automotiva do seu veículo demanda atenção com relação a vários fatores. Um deles diz respeito aos itens que serão utilizados nessa limpeza mais profunda. Afinal, é preciso saber se as soluções que você usará serão efetivas e contribuirão para remover os micro-organismos indesejados. Além disso, é preciso cuidado para não aplicar produtos que possam causar danos ao veículo.

Um item que será de muita utilidade é o aspirador. Para remover o pó e outros resíduos como restos de alimentos e outras sujeiras que acabam entrando no carro durante o uso no dia a dia.

Caso você tenha um específico para uso automotivo, melhor. Com variados tamanhos de bicos, fica mais fácil limpar cantos e outros locais de acesso mais difícil.

Além do aspirador, tenha em mãos dois panos de flanela (um para usar seco e o outro úmido), esponja, água, detergente, sabão neutro e sabão em pó. Estes são os itens básicos para a higienização automotiva. Para casos específicos, talvez seja necessário contar com outros produtos que descreveremos no decorrer do texto.  

Passo a passo para a higienização automotiva

higienização automotiva Para fazer uma boa higienização automotiva é necessário ter atenção aos detalhes e usar os produtos corretos.

Para facilitar, vamos falar do passo a passo que você precisa fazer para higienizar seu veículo por completo. Lembre-se de ser minucioso em cada uma das partes dele.

O objetivo da higienização automotiva, além de deixar o carro com um bom aspecto, é remover o máximo possível de micro-organismos que podem prejudicar a sua saúde e de quem mais andar no seu automóvel.

Para começar, retire toda a sujeira maior que encontrar, como restos de lixo, e também os tapetes.

Painel

Iniciamos o processo de higienização automotiva pelo painel. Apesar de não ser uma das partes do carro em que se pensa primeiro na hora da limpeza, também é importante mantê-la bem cuidada. Para isso, utilize um pano úmido com detergente neutro. Passe de forma suave suave por todas as partes, tomando cuidado para não riscar.

Não se esqueça do volante e do câmbio também. Afinal, essas são duas das partes em que fungos e bactérias alojam-se e proliferam-se, pelo fato de serem as que mais entram em contato com as mãos do motorista. Portanto, procure ser minucioso na limpeza destes itens. O mesmo pode-se dizer do sistema de som e da central multimídia, caso o veículo possua.    

Os difusores de ar também devem ser limpos com todo o cuidado. Neste caso, você pode cuidar da limpeza da parte externa, e realizar uma higienização de ar-condicionado para dar conta da parte interna. Quando chegar no porta-luvas, esvazie-o e passe o pano em todos os cantos.

Teto

Para higienizar o teto, você pode utilizar o aspirador para remover a maior parte da sujeira, primeiramente. Em seguida, faça uma mistura composta por água, desinfetante e detergente neutro. Borrife a solução no teto e, na sequência, use o pano para passar e realizar a parte final da limpeza.

Caso haja alguma mancha, é possível usar um spray de limpeza automotiva interna. Basta aplicar na área, aguardar alguns instantes, passar o pano e aguardar secar.

Bancos

Essa é uma das partes mais importantes da higienização automotiva. Nesse momento, assim como no teto, o aspirador deve entrar em ação. Certifique-se de remover toda e qualquer sujeira que encontrar no estofado do veículo, tanto nos bancos dianteiros quanto nos traseiros. Em seguida, misture água e sabão neutro, e passe com um pano por toda a superfície.

Caso o banco do seu carro seja de couro, tome cuidado redobrado. Algumas soluções podem danificar o estofado composto por este material. Por isso, somente a solução de água com sabão neutro deve ser utilizada. É ideal, também, realizar a hidratação do couro a cada seis meses. Assim, evita-se o seu ressecamento.

Cintos de Segurança

Não se esqueça também de higienizar os cintos de segurança. Afinal, são partes que estão em contato direto com o corpo e podem proliferar fungos e bactérias. Para limpá-lo, puxe-o até o final e aplique uma solução de água morna e sabão neutro. É importante mantê-lo esticado até que fique seco por completo.

Assim como dito sobre o couro, a utilização de outros produtos com agentes químicos podem causar danos ao cinto e, consequentemente, prejudicar a segurança de quem o usa.

Tapetes

Como mencionado anteriormente, antes de iniciar a higienização automotiva, você deve retirar os tapetes do veículo. Para remover a sujeira superficial, sacuda-os por cima de uma sacola ou lixeira para descartar posteriormente. Feito isso, caso os tapetes sejam de borracha, lave-os com água e sabão neutro.

Se preferir, pode utilizar detergente também Esfregue bem com uma escova, certificando-se que todos os resíduos tenham sido retirados.

Cuidados diferenciados

Algumas situações ou partes do veículo merecem cuidados especiais na hora da higienização automotiva. Um exemplo é a limpeza dos vidros do veículo. Neste caso, o ideal é utilizar um produto limpa-vidros de uma marca de sua confiança. Após aplicá-lo na superfície, passe um pano seco para remover a sujeira.

O que também pode acontecer é encontrar manchas de graxa na parte interna do veículo. Caso isso ocorra, você pode misturar uma colher de sopa de lustra-móveis, uma colher de sopa de sabão em pó e uma de detergente para limpeza pesada.

Feito isso, aplique a solução sobre as manchas e esfregue com uma pequena escova. Quando a mancha sair, basta enxaguar o local e pronto! Sua higienização automotiva está completa!

Agora que você já sabe tudo sobre higienização automotiva, compartilhe esse artigo em suas redes sociais e informe seus amigos!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *