Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Qual é o momento certo para trocar o óleo do motor?

shutterstock_129409868Já ouviu a expressão: “ter um carro é como ter um filho”? Acredite, é por aí. Ele precisa de cuidados frequentes para não acusar problemas que podem se tornar mais graves com a falta de manutenção. E, uma dúvida frequente de motoristas é quando trocar o óleo do motor. Esse serviço é de extrema importância para uma vida útil prolongada e, às vezes, as pessoas acabam esquecendo de fazê-lo.

Carros que andam mais precisam de um cuidado especial, se você anda menos necessita de uma manutenção preventiva… Tudo é questão de análise!

Manutenção preventiva para carros de passeio

Se você é daqueles motoristas que rodam pouco, utilizam o carro mais para lazer e não chegam a 1.000 quilômetros por mês – ou algo próximo a isso –, a troca deve ser realizada a cada 10.000 quilômetros ou a cada ano, dependendo do que chegar primeiro. Isso garante um motor qualificado e uma rodagem tranquila. Aproveite para ver os problemas mais comuns e caros nos consertos dos carros.

Também é indicado que o nível do óleo seja verificado juntamente com situação do líquido a cada abastecimento. Lembre-se que, para isso, o carro precisa estar numa superfície plana e desligado por, pelo menos, 5 minutos. Isso garante impossibilidade de erros na análise do óleo.

Carros usados frequentemente

Agora, se você utiliza o carro diariamente, sofre com o trânsito caótico das grandes cidades, altas temperaturas, passa por muitas ruas e estradas esburacadas, essa troca de óleo deve cair para 5 ou 7 mil quilômetros. Situações adversas podem diminuir a vida útil do seu carro se ele não passar por manutenções regularmente, afinal, o óleo é o responsável por lubrificar todas as peças que fazem o motor funcionar corretamente.

Sempre consulte o manual do carro ou entre em contato com a montadora para saber mais informações sobre essas trocas. Isso vai ser de grande valia para o seu veículo.

Óleo mineral x óleo sintético

Cada tipo tem a sua especificação, por isso, esteja atento ao óleo usado no veículo. Há uma boa variação entre os dois produtos. Para óleo mineral, a troca deve ser realizada a cada 5 mil quilômetros, já para o óleo sintético, a cada 10 mil.

O óleo mineral costuma ser usado em carros com mais de três anos de uso. Isso deve-se ao fato das peças estarem desgastadas, necessitando de um óleo mais grosso.

Já o óleo sintético acaba sendo utilizado nos carros mais novos, pois ele oferece partículas que realizam a limpeza do motor, mas é um produto menos espesso. Se ele for usado em um motor mais antigo, por exemplo, podem ocorrer vazamentos nas juntas.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS