Home » Institucional

Outubro Rosa: a prevenção pode salvar vidas!

Outubro é um mês extremamente representativo para o mundo. É nele que a campanha do Outubro Rosa, voltada à conscientização e prevenção ao câncer de mama, começa.

O câncer de mama é uma das doenças que mais atingem mulheres no Brasil e no mundo. Em 2018, de acordo com estimativas do INCA (Instituto Nacional de Câncer), há uma previsão de que quase 60 mil mulheres sejam diagnosticadas com a doença no País.  A cada ano, cerca de 28% das mulheres que descobrem ter câncer estão com câncer de mama.

Para que a chance de cura da doença seja maior, o diagnóstico precoce é essencial. Por isso, é indicada a realização do autoexame uma vez por mês, para verificar a existência de alguma mudança, como a presença de nódulos, que podem ser sintomas do câncer de mama.

Além do autoexame recorrente, segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia, mulheres com mais de 40 anos devem realizar a mamografia anualmente. A idade é um fator de risco, visto que a maior incidência nos casos do câncer de mama acontece na faixa etária entre 50 e 69 anos. Ainda assim, cerca de 5% dos casos são de mulheres com menos de 35 anos.

O histórico familiar também é um fator preponderante, pois em casos de câncer de mama na família, o risco triplica. Quanto maior a proximidade do parentesco, mais alto o risco de desenvolver a doença.

Curiosidades do Outubro Rosa

A campanha nasceu nos Estados Unidos, em 1990, com uma corrida de rua em Nova York. Um laço rosa foi distribuído aos participantes, tornando-se símbolo do movimento. Anos depois, cidades da região começaram a promover atividades visando a prevenção e o diagnostico da doença.

Muitas empresas, de lá para cá, passaram a compartilhar da preocupação com a saúde de suas colaboradoras. Entidades aderiram ao movimento, que atingiu diversas camadas e segmentos, tornando-se uma campanha mundial.

Prevenção pode salvar vidas

A Minuto Seguros apoia o Outubro Rosa e reforça a importância de que você esteja sempre atenta à sua saúde.

Faça uma vez por mês o autoexame, que auxilia na detecção de alguma anomalia nos seios. Além disso, mantenha sempre contato com o seu médico, especialmente se já houve outros casos de câncer na família.

4.33 / 6 votos

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *