1. Home
  2. »
  3. Seguro Residencial

Seguro residencial cobre desmoronamento? Veja detalhes da cobertura

O seguro residencial é o produto que melhor protege o proprietário de uma casa. Existem coberturas contra os mais diversos riscos que não são possíveis prever quando acontecerão, como: roubo e furto, queda de raio, queda de árvore, enchentes etc. Mas uma dúvida de grande parte dos proprietários é se o seguro residencial cobre desmoronamento. Veja detalhes sobre o assunto ao longo do texto!

Em casos de desmoronamento, na maioria das vezes, o prejuízo ao proprietário é enorme.  Afinal, quando paredes e telhado caem, por exemplo, as chances de outras partes da residência serem atingidas aumenta.

Imagine uma situação: está ocorrendo uma reforma em uma parede na sala de estar. Ela acaba caindo e causando estrago em objetos como a televisão, mesa e aparelho de som. Além do prejuízo com a estrutura da residência, ainda há os gastos com os aparelhos danificados.

Ainda sem seguro para seu carro?
Cote grátis seu seguro auto com a Minuto Seguros, a maior corretora online do Brasil, e receba cotações de até 16 seguradoras de uma só vez. COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Contratação do seguro residencial

Portanto, fazer a contratação de um seguro residencial é uma escolha inteligente que pode fazer o dono da casa economizar muito em ocasiões diversas. Seja por conta de desmoronamento ou qualquer outro tipo de sinistro, estar preparado e com o seguro contratado é essencial.

Por isso, faça uma cotação conosco da Minuto Seguros. Afinal, somos a maior corretora online do país e trabalhamos com as principais seguradoras do mercado.

Para cotar, basta preencher o formulário em nosso site ou, se preferir, ligue grátis para 0800 773 3000 e fale diretamente com um consultor.

COTE SEGURO RESIDENCIAL

Entenda o seguro residencial

Antes de explicarmos detalhadamente se o seguro para casa cobre desmoronamento, é indicado falar deste produto e como ele funciona de forma geral. 

O seguro residencial proporciona a proteção tanto da estrutura da casa quanto dos bens no interior dela. Dessa forma, de acordo com as coberturas contratadas na apólice, em casos de sinistros haverá o pagamento da indenização pela seguradora. Assim, o dono pode ficar tranquilo sabendo que as perdas serão ressarcidas. 

Na hora de fechar o seguro, o proprietário pode personalizar as proteções e limites de indenização conforme sua necessidade. Porém, invariavelmente, isto influenciará no preço final do seguro. Por isso, é importante entender os dois grupos de coberturas: básica e adicionais.

Coberturas básicas 

As coberturas básicas são proteções que devem, obrigatoriamente, estar inclusas nas apólices comercializadas pelas seguradoras. Isso significa que em qualquer tipo de seguro contratado elas devem estar presentes. São elas: riscos originados por incêndio, queda de raio e explosão.

Coberturas adicionais 

Já as coberturas adicionais são inclusas de forma extra na apólice somente de acordo com a vontade do proprietário. Elas proporcionam uma maior proteção para a residência, porém influenciam no valor final do prêmio.

Entre todas essas coberturas extras, as principais que podemos mencionar são: contra furto e roubo, vazamento de tubulações, responsabilidade civil familiar, escritório em residência, vendaval, recomposição de documentos e impacto de veículos.

Afinal, seguro residencial cobre desmoronamento?

Agora, falando mais especificamente sobre a questão do seguro residencial cobrir desmoronamento, devemos deixar claro que isso dependerá da contratação que o dono do imóvel fizer.

Como já mostramos anteriormente, o plano com as coberturas básicas desta categoria do seguro não possui a proteção contra desmoronamento inclusa. No entanto, o proprietário poderá adicioná-la caso seja de sua vontade.

Ao solicitar para o corretor a cobertura contra desmoronamento de forma extra, a casa ficará protegida contra este risco que pode causar prejuízos por danos materiais que ocorrem de maneira súbita, acidental e imprevista à residência.

Como funciona a cobertura?

Com esta cobertura contratada, o seguro residencial cobre desmoronamento parcial ou total, reconstrução por ameaça de mais um desmoronamento ou demolição e ainda despesas por manutenções para prevenir novos prejuízos.

Para exemplificar, suponha que o proprietário contratou uma cobertura de indenização em R$ 30 mil. Durante a vigência do contrato em questão, uma parede e o muro da casa caíram sem qualquer explicação. Neste caso específico, é caracterizado um desmoronamento parcial e a companhia deve indenizar em até R$30 mil para reforma e reconstrução.

Como solicitar indenização do seguro residencial?

Para abrir o processo do sinistro e receber a indenização, é necessário que o titular do seguro entre em contato com a sua seguradora ou corretora. Dessa forma, todos os dados necessários devem ser informados, como data e horário do ocorrido, as circunstâncias do sinistro e a ocorrência.

Tudo isso deve e pode ser passado para a seguradora por telefone ou por e-mail. Além disso, alguns outros documentos devem ser enviados para análise do pedido feito pelo segurado. O que as seguradoras costumam pedir são:

  • – Especificação de tudo o que foi destruído, todos os prejuízos sofridos no desmoronamento;
  • – Nota fiscal ou fatura de tudo que foi recomposto após o acidente;
  • – Orçamento para os reparos e substituição do que foi perdido;
  • – Comprovação de equipamento danificado ou de propriedade.

Vale lembrar que este último item também é conhecido como inventário do seguro. Ele é feito logo após a aquisição do produto e garante que o segurado possui todos os itens que ele mencionou no sinistro. Isto ajuda no combate de fraudes nessa categoria de seguro.

Pronto, agora você já sabe se o seguro residencial cobre desmoronamento e todos os detalhes sobre essa cobertura. Caso tenha dúvidas ou sugestões, deixe nos comentários abaixo!

[addtoany]

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile