1. Home
  2. »
  3. Carro

Por que o Certificado de Registro de Veículos (CRV) é tão importante?

Quer saber mais sobre o Certificado de Registro de Veículos, ou CRV? Então você está no lugar certo. Na matéria de hoje vou explicar o que ele é, qual sua importância e onde consultar o antigo DUT.

O Certificado de Registro de Veículos é um documento do carro que descreve suas características. Ele traz informações essenciais que identificam o veículo de uma maneira única. Assim, ajuda a diferenciá-lo de outro, inclusive em situações mais sérias, como a de roubo e clonagem.

Neste conteúdo, você irá entender melhor os dados que constam nele. Também vai ver quais as principais diferenças em relação ao CRLV, outro documento muito importante para quem tem um veículo.

Ainda sem seguro para seu carro?
Cote grátis seu seguro auto com a Minuto Seguros, a maior corretora online do Brasil, e receba cotações de até 16 seguradoras de uma só vez. COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Aproveite para compreender essa função e a importância de estar com tudo regularizado, já que a ausência disso pode submeter o motorista a sanções!

Confira adiante.

O que é o Certificado de Registro de Veículos – CRV? 

O Certificado de Registro de Veículos, CRV é o que antigamente se conhecia por DUT. Você já deve ter ouvido falar nesta sigla. Especialmente em situações de compra e venda é natural que as pessoas procurem por ele.

Ao contrário do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (o popular “documento do carro”, que deve sempre estar com o motorista, assim como a CNH para o caso de a polícia parar o veículo em uma blitz), o CRV não apresenta a obrigatoriedade de se estar com ele o tempo todo.

Ele serve mais para momentos específicos, em que se é necessário comprovar informações sobre o carro. Geralmente, é utilizado na hora da transferência de dono do veículo. Por isso, é comum que as pessoas guardem-no em um local seguro e só recorram a ele quando vendem o seu carro ou precisam transferi-lo de nome.

Qual a importância do CRV? 

O Certificado de Registro de Veículos, CRV é muito importante, pois ele atesta a “individualidade” de um veículo.

Pesquisas e dados indicam que o Brasil tem a sexta maior frota de veículos do mundo. Já em 2021, a soma era de 46,2 milhões, incluindo os comerciais leves, os ônibus e caminhões. Em função de alguns fatores, como a diminuição da entrada de carros novos no mercado, inclusive observa-se o maior envelhecimento dessa frota.

Mesmo com a pandemia e a crise, em alguns estados, a frota inclusive tem crescido até 20%, para se ter uma ideia. Com isso, a realidade é que seria muito difícil assegurar a veracidade e regularidade de um veículo sem um documento tão particular quanto esse. Infelizmente, o número de fraudes envolvendo automóveis também pode aumentar.

Na ausência do Certificado de Registro de Veículos, CRV ou no caso de irregularidade, o motorista poderá estar sujeito a sanções. Dentre elas, pode haver o bloqueio do veículo. Então se acontecer de você notar que perdeu seu Certificado de Registro de Veículos, CRV, é preciso fazer um boletim com urgência e solicitar a 2ª via do documento no Detran.

Quais as diferenças entre CRV e CRLV? 

Agora, se você pensa que o Certificado de Registro de Veículos, CRV e o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, CRLV, são a mesma coisa, vale entender as diferenças.

O primeiro é o documento para transferência, como dito. É sempre o mesmo, informando os dados essenciais do veículo. Traz características como cor e outras que o identificam, para conferência da idoneidade e legitimidade desse bem.

Já o CRLV é o certificado de licenciamento, anualmente renovado, necessário para a circulação do carro. Ele garante que aquele veículo tem condições de trafegar. Para isso, atende às exigências de segurança (lembrando que também é muito importante se atentar aos principais cuidados com o carro e ter um seguro, para direção mais tranquila).

Mas, compreendendo tudo isso, é possível ver que os dois documentos se complementam. Por essa razão, jamais pode-se dizer que um substitui o outro. Mas a regularização e manutenção de ambos é de extrema importância para o motorista e proprietário do veículo.

O que consta no Certificado de Registro de Veículos, CRV

O Certificado de Registro de Veículos, CRV traz dados como a cor predominante (que também é citada no documento de licenciamento). Só que ele detalha também informações como número do chassi e da placa (por isso, é usado no emplacamento), qual combustível é usado, Renavam, o modelo e o ano.

Então, além de utilizar o Certificado de Registro de Veículos, CRV, para ocasiões de transferência de titularidade do carro como compra e venda, é preciso considerá-lo na hora de fazer modificações significativas no veículo.

Nesse sentido, não é permitido alterações sem a respectiva alteração desse documento, o que pode envolver custos e limitações.

O Certificado de Registro de Veículos, CRV então não é como o documento de porte obrigatório, que tem validade e precisa passar por renovação periodicamente. Ele só é alterado em situações pontuais, como as descritas acima. 

O que consta no Certificado de Registro e Licenciamento, CRLV?

O certificado de licenciamento, CRLV, por outro lado, especifica a regularidade do veículo em seu estado atual para trafegar. Ali consta a comprovação do pagamento do seguro obrigatório, DPVAT e que o IPVA do carro está em dia. 

Sem essa regularização, o motorista não pode conduzir o veículo. Caso seja apreendido em situação não regularizada, o carro é apreendido. Então é muito importante estar atento às datas divulgadas em calendário anualmente, pelo Detran, para realização dessa renovação, que inclui as taxas necessárias.

Outra informação importante é a inspeção veicular. Ela é feita no momento do licenciamento e atesta a segurança do automóvel. 

Importância de atentar-se às condições do carro

Por isso é sempre essencial protegê-lo também contra situações de abalroamento e danos causados por sol, chuva ou granizo, além de checar sempre condições como as de junta de cabeçote e caixa de direção, para que não haja problemas. Quanto mais conservado o carro, maior probabilidade de ser aprovado na vistoria

Cabe lembrar, contudo, que até mesmo itens considerados “secundários”, como o ar-condicionado, precisam receber atenção, pois tudo isso pode indicar um problema maior no veículo.

Como consultar o certificado de registro de um automóvel?

Se você estiver prestes a adquirir um novo veículo, consultar o Certificado de Registro de Veículos, CRV se tornará necessário. 

Ele é requisitado também em momentos de mudança de domicílio e município para transferir o veículo a outra localidade e mudança de categoria. Para fazer a consulta, é preciso acessar o site do Detran do seu estado. Ali deverá haver uma área de consulta e você irá inserir dados de placa e número do Renavam.

Na sequência o CPF também será solicitado (esse é um dado que consta no CRV). A partir de então, você terá acesso às informações do veículo.

Mas cabe lembrar que essa consulta virtual serve para facilitar o dia a dia do motorista. Se preferir ou sentir qualquer dificuldade em fazer isso sozinho, você também pode ir até o Detran mais próximo e pedir auxílio com o procedimento. Uma vez com o CRV em mãos, procure sempre tê-lo em local de fácil acesso, mesmo que não carregue-o no veículo.

Novo certificado digital 

Em 2021, uma nova facilidade foi implementada e agora é possível ter a integração de diferentes documentos em um só. Tudo isso foi previsto em Resolução do CONTRAN, dispondo sobre condições para utilização do certificado em meio digital.

A partir de então, o Certificado de Registro de Veículos, CRV, também pode passar a ser substituído pela ATPV-e (Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo) eletrônica.

Com isso, elimina-se a necessidade de portar o documento físico, caso no momento de comprovação e eventual parada seja possível consultar essa versão digital. Na realidade, desde 2016, já havia previsão de que o porte obrigatório de forma impressa do CRLV, por exemplo, não era necessário, desde que a consulta pudesse ser eletrônica.

O que houve é que agora, com integração, tudo ficou ainda mais simples!

O que fazer para consegui-lo?

Para garantir que você tenha sempre à disposição o certificado digital, é preciso cadastrar e baixar esse registro. Existe um passo a passo que pode te ajudar a não se perder pelas etapas e resolver isso.

Para tanto, você vai precisar abrir a loja de aplicativos de seu dispositivo móvel. Caso tenha um smartphone Android, baixe o aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”, ou CDT, na Play Store.. Se você tiver um iOS, deve baixar na  App Store. Quando fizer o download da aplicação, você poderá fazer o seu cadastro de usuário, ativar sua conta acessando um link que será enviado por e-mail e validar esse cadastro pelo Portal de Serviços usando certificado digital ou junto ao Detran. Informando o número do Renavam e o código de segurança do CRV, você adiciona o CRLV Digital.

Dessa forma, você tem muito mais tranquilidade para que esses documentos estejam sempre de prontidão. Uma chave de acesso (PIN) é gerada em seguida e sempre que você precisar, terá como visualizar e consultar os documentos.

Conseguiu compreender para que serve o Certificado de Registro de Veículos, CRV e sua importância? Se ainda tiver dúvidas, deixe seu comentário.

Evite dor de cabeça: cote seu seguro na Minuto Seguros

Mais do que proteger o seu carro com manutenções e revisões, fazer um seguro auto é essencial para garantir que ele esteja coberto nas mais diversas situações. Na Minuto Seguros, cotamos com mais de 16 seguradoras e montamos um plano de acordo com a sua necessidade e o seu perfil.

[addtoany]

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile