Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Seguro para iPhone e dicas de segurança

seguro para iPhoneUm dos aparelhos mais cobiçados do mundo, o iPhone revolucionou o mercado de smartphones com sua chegada. Por estar sempre em evidência, é natural que os donos desse celular se preocupem com a segurança.

Diante de tantos problemas de roubo e furto, ter um seguro para iPhone é uma boa alternativa. Com ele, você receberá todo suporte em caso de um desagradável episódio.

Mas é claro que, mesmo com o seguro, não estamos livres do risco. Pensando nisso, o Olhar Digital divulgou uma lista feita pela Kaspersky Lab, conhecida empresa de software de segurança, com 10 dicas para proteger um pouco mais seus dados no iPhone:

1) Amplie sua senha: não use apenas a proteção básica com 4 dígitos. Use um código mais complexo, combinando senhas e números. Se preferir, adicione a opção “apagar dados” após 10 tentativas.

2) Desative notificações: evite mostrar informações na tela bloqueada do seu iPhone. Quanto menor a exposição, menores são as chances de um desconhecido ou um ladrão ver coisas pessoais.

3) Verificação dois fatores: Se possível, ative essa verificação nos serviços do iCloud e AppleID. Além da sua senha padrão, um número de quatro dígitos é acrescentado ao processo, aumentando a segurança.

4) Siri: O famoso serviço de voz do iPhone pode expor alguns dados pessoais, ainda que na tela bloqueada do smartphone. Por isso, desabilite a opção do Siri na tela bloqueada para ficar mais seguro.

5) Sincronização automática: Sincrozinado, os dados do dono são jogados para outros canais, como o iCloud, espalhando as possibilidades de serem violados. É melhor limitar essa exposição. Desative a sincronização.

6) Wifi automático: Existem muitas redes falsas e maliciosas que ficam abertas esperando para pegar dados pessoais. Desative a opção de conexão automática em caso de rede sem senha e não se exponha ao risco.

7) Uso de VPN: Esse serviço codifica o tráfego de entrada e saída dos dados da Internet, impossibilitando o roubo de informações. Ainda que a maioria seja paga, utilizar o VPN é uma recomendação útil.

8) Cookies: Os cookies armazenam tipos de dados de navegação (dados pessoais, de acesso, navegação, etc) para carregar mais rapidamente em um próximo acesso. No entanto, isso pode ser interceptado.  Desative!

9) Autopreenchimento: As vezes deixamos a função para facilitar a digitação de dados constantes. No entanto, se seu iPhone cair em mãos erradas, algumas informações podem ficar facilmente expostas.

10) Acesso de dados: Cada aplicativo baixado pede, antes do download, acesso a diversas informações. Avalie bem cada alerta e tome cuidado pois, uma vez aceito, você esta concordando com uma possível invasão nos seus dados.

Na matéria do Olhar Digital, existem mais detalhes das recomendações e, principalmente, instruções para ativar ou desativar as funções citadas. Leia e cuide desse bem tão valioso!

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS