Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Carro invade prédio nos EUA – o seguro cobre?

Carro se envolve em acidenteNo início deste mês de agosto, funcionários de um prédio governamental de Baltimore, nos Estados Unidos, levaram um susto.

Uma motorista perdeu o controle do seu carro, um SUV, bateu no meio-fio e foi parar com metade do veículo dentro do estabelecimento.

A imagem impressiona, mas ninguém sofreu danos graves. A motorista e mais um passageiro sofreram ferimentos leves, assim como um funcionário do Drumcastle Government Center.

De acordo com portais de notícias dos Estados Unidos, a polícia culpou a motorista pelo incidente. Ela estaria tentando estacionar o veículo, mas acabou acelerando e provocando a batida no muro.

Seguindo nossa série de postagens sobre análises de caso, perguntamos: um eventual seguro do carro cobriria os danos, sabendo que a motorista provocou a batida?

E quanto ao estabelecimento? O seguro dela indenizaria os prejuízos? Analisamos abaixo:

Sob a ótica do seguro auto, pela descrição do acidente, caberia indenização dos danos do veículo (cobertura do casco), pois se trata de um evento involuntário e imprevisto.

O prejuízo no estabelecimento do governo estaria coberto pela cobertura de Responsabilidade Civil, que cobre os danos a terceiros. É importante lembrar que essa indenização responderá até o limite do capital segurado (daí a importância em contratar um valor razoável para a cobertura).

Já sob a ótica do prédio, é importante contratar e manter a cobertura adicional de impacto de veículos. Apesar de não ser um fato usual, um episódio como esse pode acontecer. Será que o carro “culpado” vai ter seguro?

No Brasil, por exemplo, apenas um terço dos automóveis está protegido. Para não assumir os prejuízos, vale a contratação da cobertura adicional de impacto por parte do estabelecimento.

Se você tem alguma dúvida quanto a cobertura de seguros, deixe nos comentários um case para analisarmos!

Foto: Baltimore County Fire Dept / CBS Baltimore

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS