Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Afinal, a reforma da roda do carro vale a pena?

Existem alguns detalhes no carro que realmente fazem a diferença: um amassadinho na porta, um risco na lataria ou um dano na roda são perceptíveis aos olhos e prejudicam a aparência do veículo, além de influenciar negativamente em uma possível venda. Quando falamos especificamente das rodas, ruas esburacadas ou um descuido na hora de estacionar ou fazer uma baliza são os principais causadores desses danos. Mas, a reforma da roda do carro vale a pena? Essa é uma questão levantada pelos motoristas que passaram por esse problema.

Há muitas oficinas especializadas em reparar danos causados por esses incidentes, mas, é claro, depende muito do dano, da extensão da roda ou do modelo do veículo, por exemplo. Em alguns casos não é vantagem arrumar a roda, aliás, pode ser que não seja indicado a reforma da roda do carro por motivos de segurança. Esses ajustes precisam ser feitos em oficinas especializadas por diversos motivos, entre eles, o fato de as rodas serem colocadas em máquinas que endireitam, lixam e as deixam diamantadas. O preço para este tipo de serviço também varia, mas em média pode custar algo em torno de R$300 a R$350. Vale ressaltar que esse é um custo para os carros baixos, como hatchs. Já para carros maiores, como as SUVs, o valor é algo aproximado de R$150 para cada roda.

Se a roda só estiver arranhada ou riscada, o processo na máquina de reparos tende a ser o mesmo e não sofrer alteração de preço. A única possibilidade de alteração de valores na reforma da roda do carro é em casos de caminhões, caminhonetes e carros mais altos e com rodas com aro maior.

Alguns especialistas recomendam que não haja a repintura nas rodas pelo simples fato de poder haver diferença de tonalidade. Normalmente, vale mais a pena deixar do jeito que está do que pintar e causar uma impressão muito distinta de cores.

Esses preços e sugestões são para rodas de liga leve, produzidas em alumínio. A roda de ferro e com utilização de calota, uma vez amassada, não compensa fazer o reparo. A reforma de roda em materiais de ferro, em tese, é mais simples, mas como são baratas, é melhor que sejam substituídas por novas. A vantagem fica por conta, em especial, da segurança do veículo.

Os amassados mais difíceis de serem identificados nas rodas são os internos, mas, ainda assim, podem ser reparados. Quem ainda está na dúvida sobre esses problemas, deve-se atentar à trepidação do volante, pois pode ser um sinal do problema na roda.

E, mais do que proteger as rodas e cuidar para que o seu carro esteja em ótimas condições, fazer um seguro auto não pode passar despercebido. Na Minuto Seguros, contamos com mais de 10 seguradoras, altamente conceituadas do mercado, prontas para oferecer diversos planos e preços de acordo com o seu perfil.

Faça uma cotação online grátis agora mesmo!

Vantagens da reforma da roda do carro

Para começar, a reforma de uma roda custa cerca de 30% do preço do jogo, ou seja, uma economia considerável. Um jogo de rodas de liga leve novo, por exemplo, pode chegar a custar  mais de R$5 mil. Por isso, os ajustes podem ser bem indicados. No entanto,  os especialistas precisam analisar a peça com cuidado. Alguns chegam a dizer que uma roda trincada pode oferecer o mesmo perigo que um freio com problemas, pois o motorista pode perder o controle do carro com enorme facilidade, ainda mais se passar em algum buraco ou valeta.

É importante mencionar também que algumas lojas especializadas no reparo podem até oferecem um jogo de rodas para o motorista colocar no carro enquanto as outras estão sendo reparadas. Isso é um jeito simples do cliente não ficar sem automóvel.

Como é um item que valoriza o veículo e deixa a aparência do mesmo muito mais bonita, fazer a reforma da roda do carro é um jeito econômico de deixá-lo impecável de novo. Como dito anteriormente, o preço de um jogo de roda é bem elevado, por isso, o custo de um reparo é mais indicado, voltando a valorizar o carro novamente. Pode parecer pouco, mas você pode ganhar um bom dinheiro na revenda do veículo com as rodas intactas.

Se após danificar uma roda de liga leve, você pensar em trocá-las por rodas de aço, repense a sua decisão. Essa reforma da roda é muito indicada, ainda mais pelo fato das rodas terem incontáveis benefícios, como o fato do alumínio esquentar menos que o aço, interferindo diretamente no desgaste do sistema de frenagem para aumentar o tempo de troca das pastilhas de freio. Isso também irá acontecer devido ao fato do peso menor da roda, pois a energia cinética dela em movimento é menor e, portanto, o freio precisa de menos força para parar o veículo.

O carro com rodas de liga leve também terá maior valor de revenda, afinal, é um item que atrai a atenção das pessoas, ainda mais para quem aprecia um veículo bem cuidado e com uma estética favorável.

Quanto tempo demora para reformar uma roda?

Isso varia muito do estrago da roda. Em média, o tempo é de dois ou três dias para que o item esteja totalmente recuperado. Mas, pode variar para mais ou para menos, de acordo com os danos na roda.

Por incrível que possa parecer, arrumar pequenos arranhões e riscos demanda mais tempo do que arrumar amassados. E o motivo disso é bem simples: como a roda tem acabamento de epóxi, é necessário que seja feita a decapagem, que nada mais é do que a retirada de impurezas e óxidos de superfícies metálicas, em um banho químico. Isso serve para que a tinta da pintura pegue melhor e não haja divergências de colorações entre as rodas, além de evitar que pequenas sujeiras interfiram na estética da roda. Após esse banho químico, é feito um jateamento para corrigir os defeitos e, por fim, finalizar a pintura.

Rodas amassadas precisam de um tempo para serem moldadas novamente devido ao superaquecimento que elas enfrentam. Por isso, demandam um tempo maior para esquentar, moldar e esfriar novamente para que elas fiquem rígidas e firmes novamente.

Desvantagens da reforma da roda do carro

Por ser um item que está ligado diretamente à segurança do veículo, fazer reparos nas rodas pode não ser uma boa indicação, ainda mais se os danos foram graves. Uma avaliação cuidadosa e detalhada é essencial antes de partir, efetivamente, para qualquer reforma de roda. Dependendo do tipo de dano, tentar arrumar a roda pode influenciar na boa dirigibilidade do carro, causando vibrações no volante e dificuldade em realizar manobras, afetando, novamente, a segurança de quem está no carro.

Alguns especialistas informar que se as rodas estão trincadas de forma mais acentuada ou se já sofreram algum tipo de reparo, não é indicado que seja feita uma nova reforma.

Já as fabricantes das rodas são contra quaisquer tipos de reparos ou reformas. A opinião delas é de que esses ajustes não podem ser medidos em termos qualitativos, além disso, a estrutura da roda pode ser alterada, ainda mais quando ele é submetida a altas temperaturas para que possa sofrer os ajustes necessários.

Já as intervenções cosméticas, para reparos de riscos ou pequenos arranhões, por exemplo, não influenciam diretamente na segurança, desde de que as deformações não atinjam mais do que 3mm de profundidade. Quando as rodas forem colocadas novamente no carro, há a necessidade do veículo passe por um processo de alinhamento e balanceamento. Portanto, será um custo adicional a ser inserido na hora de realizar o reparo das rodas. Para quem está com o orçamento comprometido, essas pequenas diferenças podem ser cruciais na hora de decidir ou não, fazer uma reforma da roda do carro.

Se o serviço não for bem feito, será perceptível que as rodas passaram por algum tipo de reforma e isso pode influenciar na precificação final do carro. Não leve as suas rodas em qualquer lugar, pois, o que, em tese, deveria ser barato, pode sair muito caro, em diversos aspectos.

Preços para reformar a roda do carro

O preço para reforma de roda para carro baixo gira em torno de R$300 a R$350. Para rodas maiores, de veículos maiores, considere um preço médio de R$150 por roda.

Agora, se você está pensando em reparar pequenos riscos ou arranhões, estime algo entre R$50 e R$70.

Em carros de luxo, essa reforma costuma ser mais salgada. Para fazer a pintura de quatro peças de uma Porsche Cayenne, o valor pode se aproximar de R$ 1.500.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS