Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Motorista sobe em carro: o seguro auto cobre?

Danos a terceirosDentro de uma apólice de seguro auto, é importante prestar atenção nas coberturas que são disponibilizadas. São elas as responsáveis por abranger ainda mais a proteção para você e seu veículo.

Entre as mais importantes, a cobertura de Danos a Terceiros é uma que deve ser olhada de forma especial. Com ela, você pode usar seu seguro para cobrir os prejuízos de um acidente onde o terceiro envolvido tem danos em seu automóvel.

Como já explicamos, quando ocorre um sinistro, você tem a possibilidade de acionar a sua franquia para consertar o carro. É como a participação do segurado no reparo em caso de uma batida. Numa ocorrência grave, com custos altíssimos, quem tem uma apólice pode acionar a seguradora solicitando o suporte. Ele pagará o valor da franquia e a companhia complementa com o restante.

Terceiro sem franquia

A cobertura Danos a Terceiros, no entanto, não segue essa lógica. Ela pode ser acionada a qualquer momento, para dar suporte ao terceiro envolvido no acidente, independente da gravidade do dano.

No fim do ano passado, uma motorista de Taiwan acabou provocando um acidente inusitado. Talvez distraída, ela perdeu o controle de seu carro e quase subiu em um táxi, parando em duas rodas em cima de outro veículo que estava atrás.

Veja:

Na matéria do Jornal do Carro, percebe-se que os estragos não foram grandes em todos os veículos. Sendo assim, não há necessidade da motorista, causadora do acidente, acionar a franquia para reparar o seu carro. Ela própria arcaria com os custos.

No entanto, tendo a cobertura de Danos a Terceiros, ela certamente avisará a seguradora para cuidar dos prejuízos do táxi e do veículo atingido posteriormente. Os terceiros não terão quaisquer despesas.

Desta forma, ao fazer um seguro de carro, lembre-se da cobertura de Danos a Terceiros para dar suporte e evitar gastos com possíveis envolvidos num sinistro de batida.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS