Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Meu motor ferveu! O que fazer?

motorJá passou por isso ou conhece alguém que teve esse probleminha com o motor do carro, né? Ver aquela fumaceira saindo do capô realmente é desesperador e as pessoas já pensam: “Meu Deus, tenho um problema muito grave”. Mas, vá com calma, não é bem assim. Normalmente, o motor ferveu por falta de manutenção ou peças desgastadas, devido ao tempo de uso carro.

Assim que notar o motor fervendo, encoste o mais rápido que puder para não causar danos graves, como um motor fundido ou o sistema de arrefecimento comprometido. Previna-se contra esses acontecimentos com dicas bem simples e um pouco de conhecimento:

Entenda o sistema de arrefecimento

Esse sistema é responsável pelo controle da temperatura do motor. Ele é quem faz a troca de calor do motor com o meio ambiente. As peças que o compõe são: radiador, bomba d’ água, mangueira, válvula termostática, sensores de temperatura e vaso expansor.

Por que o motor ferve?

Existem inúmeras causas que podem provocar o superaquecimento do motor, como: defeito no radiador, mangueira furada, selo de bloco e cabeçote furado, válvula termostática travada, vaso expansor danificada, enfim… Incontáveis adversidades ocasionadas, principalmente, por falta da necessária – e quase obrigatória – manutenção preventiva.

Uma das explicações mais comuns está relacionada à bomba d’ água, que pode estar com furos, causando o vazamento do líquido de arrefecimento pelo selo de bloco.

Cuidados para evitar que o motor ferva

Primeiramente, você deve realizar uma limpeza do sistema de arrefecimento para garantir maior durabilidade, além, é claro, da utilização do aditivo, conforme a recomendação da montadora do seu veículo.

Lembre-se também de não usar água sem o aditivo, pois pode causar problemas na bomba e no motor.

A prática de limpeza e troca do aditivo deve ser feito, pelo menos, uma vez por ano, garantindo que o “azar” não bata à sua porta com um motor cheio de fumaça e uma dor de cabeça sem tamanho.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS