Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

Conheça alguns mitos sobre hábitos automotivos

 

mitos sobre hábitos automotivosIr ao mecânico e ouvir aquelas velhas frases sobre o que pode e o que não pode ser feito no carro é bem costumeiro. Algumas dessas teses são baseadas em achismos, outras são, de fato, manutenções e precauções que precisam ser tomadas para ampliar a vida útil do carro.  Mas, como conhecer os mitos sobre hábitos automotivos? Bom, pensando em auxiliar todos os motoristas, pesquisamos alguns que não são tão necessários assim. Desse modo, você economiza e evita que o carro passe por desgastes por falta de conhecimento.

Colocar o carro no ponto morto em ladeiras, deixar o carro com o motor ligado em dias frios, abastecimento revezando álcool e gasolina… Enfim, certamente você deve fazer algo nesse sentido. Mas, iremos mostrar se isso é bom, ruim ou indiferente.

Descer uma ladeira com o carro no ponto morto

Muito comum nos carros de antigamente, que dispõem de carburador, descer no ponto morto, de fato, era uma ajuda importante. No entanto, como os carros atuais oferecem a injeção de combustível, esse processo, na verdade não ajuda muito. Quando se está em uma descida, ela é automaticamente cortada, pois o movimento das rodas é suficiente para fazer o motor rodar.

Então, sendo mais especifico, se o motorista desengatar o carro, o motor será acionado pela injeção de combustível, invertendo o processo. Ou seja: descer ladeiras desengatado gasta mais combustível do que se ele estivesse engatado, além de não ser recomendado por questões de segurança.

Aquecer o motor em dias frios

Mesmo conceito citado acima. Aquecer o carro em dias frios era bem usual em modelos antigos, mas, com a injeção eletrônica, esse hábito é considerado desnecessário e caiu em desuso. A maior eficiência das atuais bombas de óleo e combustível resulta em uma lubrificação do sistema e a dosagem da mistura de ar e combustível já estão programadas para a partida sem que haja problemas.

Atualmente, o motor deve se aquecer somente em movimento. Mas, é importante checar, semanalmente, o reservatório de partida a frio.

Esterçar o volante com o carro parado é prejudicial

Você vai ter um esforço muito maior para virar o volante com o sistema desligado e, a longo prazo, isso pode aumentar o desgaste no conjunto. Mas, é possível afirmar que esterçar o volante com o carro parado não causará danos de imediato. O indicado, na verdade, é realizar os movimentos pouco a pouco.

Só que quando falamos de volante e direção, algo, definitivamente, não pode ser feito. Jamais segure o volante quando ele atingir o ponto máximo, pois isso danifica a bomba. E também nunca estacione com as rodas apoiadas na calçada.

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS