Aqui no blog da Minuto Seguros você encontra dicas e notícias sobre seguros, carros, casas, eletrônicos, viagens e muito mais. Acesse e confira nosso conteúdo.

5 carros nacionais que você provavelmente não conhecia

Gurgel_Itaipu_E150Há muitos anos, o carro já ganhou grande importância no mercado e no coração do brasileiro. Porém, mesmo tendo montadoras e modelos bem conhecidos, não é incomum andar por ruas e estradas e avistar carros nacionais bem peculiares e desconhecidos até então.

Isso não se restringe apenas às montadoras que você nunca ouvir falar. Mesmo as mais tradicionais, como a Citroen e Fiat, por exemplo, podem apresentar raridades no que diz respeito a modelos, digamos, que não caíram no gosto popular.

Desde a chegada do primeiro carro no Brasil, um Peugeot, que – segundo relatos históricos – pertencia a Santos Dummont, os carros nacionais passaram por grandes transformações até chegarem ao que vemos hoje nas concessionárias. Por isso, não é incomum se você olhar um carro na rua e não saber nada sobre ele.

A lista foi baseada em modelos com pouquíssimo apreço popular, além, é claro, do conhecimento que as pessoas apresentam sobre os veículos. Pode ser que você, apreciador de carros, conheça toda a lista e não ache-a estranha. Mas, se você não é um aficionado, vai se surpreender com os carros nacionais que passam ou já passaram por nossas estradas.

E que tal aproveitar e fazer uma cotação para o seu carro? Andar com o seu bem protegido lhe dá mais segurança e tranquilidade. Cote com mais de 10 seguradoras e tenha diversas opções de planos e preços que se enquadram no seu perfil.

Fiat Oggi

oggi carros nacionais

Uma das montadoras mais tradicionais do país também pode oferecer carros nacionais desconhecidos – mesmo esse sendo, possivelmente, o modelo mais conhecido da lista. O Oggi foi o sedã do popular Fiat 147 e o seu lançamento tardio, em 1983, foi um dos motivos que o fizeram não emplacar.

A forte concorrência do Voyage e do Corcel também pesou na descontinuação do modelo, tornando-o menos conhecido.

Após dois anos do seu lançamento, foi substituído pelo Prêmio, uma versão menos estilizada do que seria o Uno.

Em pouco mais de dois anos sendo comercializado, o Fiat Oggi teve apenas 20.419 unidades vendidas. Um número bem abaixo, se pensarmos que o Onix, líder em comercialização nos últimos meses, vende, em média, 12 mil unidades por mês.

Citroen AX

OLYMPUS DIGITAL CAMERA carros nacionais

O pequeno hatch da montadora francesa também não caiu do gosto popular. O AX foi idealizado para as pequenas e estreitas ruas europeias, talvez um dos pontos influenciaram na pouca popularização. Ele era vendido via importação independente.

O seu design bem diferente dos carros nacionais que costumamos observar pelas ruas chama a atenção, mas a pouquíssima quantidade de unidades vendidas não nega que o Citroen Ax deveria estar na lista dos carros desconhecidos que já circularam pelo país.

Gurgel Itaipu

Gurgel_Itaipu_E150 carros nacionais

Outra montadora que fez muito sucesso há alguns anos atrás também teve um modelo para esquecer. O Itaipu tinha um conceito bem bacana: foi o primeiro carro elétrico do Brasil, produzido em 1974. O seu nome foi uma homenagem a usina, mas teve poucas unidades vendidas e não se popularizou.

O sistema não era tão moderno como os carros híbridos ou elétricos atuais, por exemplo, mas tinha garantia de 0 emissões de CO² na atmosfera.

Fiat Coupé

Fiat_Coupe_vl_blue

 

Outro modelo da tradicional montadora italiana, mas com um design mais esportivo. Foi idealizado pela Fiat no começo da década de 90 e chegou oficialmente ao país em 1995.

O seu estilo diferenciado e que remetia a uma Ferrari quase de imediato era o grande chamariz do veículo. A dianteira esportiva e a traseira com duas lanternas em cada lado marcou uma linha de modelos no Brasil. Mas, mesmo com todos esses atributos, o modelo não deslanchou e figura na lista dos carros nacionais menos conhecidos.

Suzuki Swift Sedan

Suzuki_SX4_Sport

Um dos primeiros japoneses a chegar no Brasil, o Swift foi um veículo que caiu no gosto popular dos jovens devido ao seu espaço e preço, razoavelmente, acessível.

No entanto, a versão sedã não teve o mesmo sucesso. Alguns indicam que a mescla de estilos não favoreceu o modelo. Mas, o que se sabe é que ele foi mais um dos carros nacionais que não tiveram aceitação pela população.

Conhecia todos os modelos da nossa lista? Qual você acrescentaria aqui? Deixe nos comentários, queremos saber!

 

Deixe uma resposta

É permitido HTML básico. O seu endereço de email não será publicado.

Assinar o feed deste comentário por RSS