1. Home
  2. »
  3. Carro
  4. »
  5. Seguro

Quais as vantagens de usar o carro reserva do seguro?

Nem sempre os consertos do veículo são rápidos, pelo contrário, dependendo do caso, isso pode levar dias e até semanas. É aí que surge a ideia de usar um carro reserva do seguro, já que ficar sem um pode ser inviável para muitas pessoas seguirem sua rotina. Mas, afinal, será o carro reserva que vale a pena?

 Para que você possa chegar a uma conclusão, explicamos abaixo todos os detalhes que envolvem o carro reserva no seguro. 

Continue lendo este texto e entenda como funciona!

O carro reserva está incluso em todos os seguros? 

Na verdade, essa cobertura pode variar de acordo com cada seguradora. Quando incluso, o carro reserva costuma ser disponibilizado em casos de perda parcial ou total, roubo e furto. 

Quer dizer que deverá ser possível usar esse recurso em ocorrências que a sua apólice cobre.

Para saber se o seu seguro conta com a cobertura de carro reserva é preciso verificar no contrato. Afinal, é no momento da contratação que você opta por incluir o serviço. No entanto, também é possível incluir após o contrato ser fechado. 

Quando, por exemplo, você precisar de um segundo veículo basta contatar o corretor.

Como funciona a solicitação do carro reserva? 

Se o seu seguro conta com o carro reserva, você precisa acionar a seguradora para solicitar o recurso. Nesse caso, ela deve indicar o local em que você deve retirar o veículo. 

Para retirá-lo, será preciso alguns documentos importantes, como a apresentação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o cartão de crédito. Este último é um procedimento padrão para casos de sinistros, em que é preciso pagar a franquia.

O período de locação pode ser por períodos como 7, 15 ou 30 dias, mas é preciso conferir no contrato, já que, se você incluiu o carro reserva na sua apólice, então também teve de optar pelo tempo que usaria o veículo. 

Aliás, é possível usá-lo por mais tempo se você precisar estender o prazo contratado, mas provavelmente terá que arcar com os custos da prorrogação.

Pode ser possível também modificar a categoria do veículo no momento da locação, porém, isso vai variar de seguradora para seguradora. Nesse caso, a diferença do valor deverá ser paga pelo segurado. 

É cobrado algum valor para usar o carro reserva? 

Isso precisa ser verificado nas cláusulas do contrato. O que normalmente acontece é o segurado ter que disponibilizar uma garantia, como cartão de crédito ou um cheque caução para alugar o veículo, mesmo que o custo seja assumido pela seguradora.

O carro reserva vai ser igual ao meu? 

Em geral, não. 

Normalmente, é disponibilizado um modelo mais básico (sem atributos como ar-condicionado e direção hidráulica). 

Caso o segurado queira um modelo mais equipado, terá que negociar com a seguradora e, claro, arcar com os custos adicionais.

Vale lembrar que as características do automóvel devem constar também na sua apólice, sendo possível consultá-las e saber se o veículo é similar ou não ao seu. 

Dependendo da apólice, há a possibilidade de você receber outros modelos de automóveis, como do tipo médio: veículos de passeio com motor até 1.4, ar-condicionado e direção hidráulica.

É realmente vantajoso pedir o carro reserva? 

Primeiro, é preciso saber que o carro reserva não pode ser usado de forma indiscriminada. 

Os casos em que ele pode ser solicitado podem variar, mas, geralmente, são conforme mencionamos:

  • roubo ou furto do carro principal;
  • quando o veículo segurado precisar de conserto ou manutenção;
  • se o carro for acometido a um dano irreparável (o que ocasiona em perda total);
  • em casos de sinistros gerados por fenômenos naturais (é preciso verificar se está coberto pela apólice).


Dito isto, é preciso avaliar bem se vale a pena para o seu caso, conferindo todas as informações sobre o carro reserva na documentação do contrato, como questões da disponibilidade, cobertura e categoria de automóvel, que geralmente é popular.

A maior vantagem de contar com o recurso é poder ter uma alternativa viável quando ficar sem o seu veículo principal, o que pode ser muito benéfico dependendo do caso. Por exemplo, se seu carro precisar de mais de 5 dias, por exemplo, para ficar pronto do reparo, sem dúvida ter um reserva fará muita diferença no momento.

Ainda assim, é preciso lembrar que, por via de regra, o carro reserva só é disponibilizado uma vez por vigência de contrato, então é preciso considerar essa questão também quando for usar o benefício ou se você tiver dúvidas sobre contratá-lo ou não.

Outro ponto que pode ser pensado é com relação ao custo de alugar veículo em uma locadora, caso precise de um segundo e não tenha contratado ainda o carro reserva do seguro. 

Se o valor adicional do recurso na apólice for menor que a quantia cobrada por uma locadora, então é mais viável incluí-lo no seguro.

Por fim, agora que você já entendeu como funciona a cobertura do carro reserva, saiba que a Minuto está aqui para ajudar você com as suas principais dúvidas sobre o Seguro Auto.

Afinal, é muito importante que você saiba exatamente o que está contratando para que sua necessidade seja atendida.

Inclusive, se você ainda não encontrou o melhor plano para você, use o simulador gratuito da Minuto para verificar as opções e benefícios de proteção para o seu veículo! 

SIMULE VALOR DO SEGURO AUTO

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile